Entrevista com Doutrinador para o fórum PUABase

Segue abaixo, na íntegra, entrevista concedida alguns anos atrás para o pessoal do fórum PUABase.

***

Vos apresento o Doutrinador. Ele é apenas um cara comum, com uma visão incomum. É tido por muitos, MUITOS MESMO, como alpha. Já salvou a vida de um cara que pensava em se matar porque a mulher dele não o queria mais, o cara mudou de ideia após ler alguns textos no blog hehe.

Nas respostas simples e diretas dele às minhas perguntas, podemos extrair muita coisa boa. Tá tão bom que deixo aqui um conselho: apreciem com moderação! rsrs

JC#1: Para começar, uma pergunta bem leve: Casanova e outros gênios renomados concordam que devemos ser a chama, não a mariposa. Quais as dicas que você dá para alguém se tornar a tal “chama”?

Doutrinador: Significa investir em si mesmo, cagando e andando para o resto. Quando alguém começa a se interessar por sedução comete o erro de pensar excessivamente no sexo oposto e esquece que o ponto chave da sedução está em conhecer seus próprios valores e aprender como evidenciá-los.

JC#1: Como encara a promessa de fidelidade das mulheres em um relacionamento sério?

Doutrinador: Mulheres são políticas, assim como muitos homens também são. Portanto, não confie no que elas dizem, mas em como agem.

JC#1: Qual a sua visão acerca do homem moderno? O que precisa melhorar? O que fica bom do jeito que está?

Doutrinador: O homem moderno é muito dependente, confuso e sentimental, características que originalmente não remetem ao masculino, mas ao feminino. O homem é um líder por natureza. A sociedade em que vivemos é uma grande selva repleta de desafios e sem nossos instintos não conseguiremos vencer. Quando o homem moderno finalmente recorre ao instinto, não sabe como controlá-lo e se torna um homem violento e imbecil. A primitividade não tem relação com violência, mas com instinto de sobrevivência e características como liderança, força, desapego e honradez. Por incrível que pareça, temos muito a aprender com nossos ancestrais das cavernas.

JC#1: Segundo a doutrina da comunidade PU, as mulheres possuem dois fins básicos: sobrevivência e reprodução. Logo, são mais atraídas por homens que têm mais recursos para garantir esses fins. Como essa teoria é vista por você?

Doutrinador: Concordo. O erro delas não está em procurar homens com bons recursos, mas em enganá-los dizendo que os amam profundamente quando na verdade lutam para suportá-los.

JC#1: A teoria citada na pergunta anterior justifica o fato de as mulheres ignorarem os nerds no colegial e buscarem os fortões, tanto emocionalmente quanto fisicamente, para um relacionamento? Por quê?

Doutrinador: Não justifica, pois essa escolha não é motivada pela razão e sim pela emoção. A razão mostra que um nerd tem mais chances de ser um provedor adequado, mas a emoção as faz escolher o jogo sentimental justamente pela afirmação de tentar conquistar um homem indomável/destacado.

JC#1: Li no seu blog diversos artigos sobre a importância de ser um homem honrado e como tornar-se um. No mundo em que vivemos a maioria dos indivíduos não segue um código de honra. Não são totalmente confiáveis em se tratando de relacionamento seja ele em que nível for. Maquiavel dizia: “o homem bom está fadado à ruína entre os inúmeros outros que não são bons.” Isso naquele tempo rsrs, imagina se ele vivesse nos dias de hoje. Então, quem ou o que poderá nos salvar?

Doutrinador: Eu… o Chapolin Colorado. Brincadeiras a parte, não vejo uma solução a nível mundial. Não adianta querer mudar o mundo ou querer bancar o super-herói paspalhão. Se você conseguir mudar a si mesmo já será uma grande vitória. E se todos os homens fizessem isso, não precisaríamos de um salvador.

JC#1:Mande a real: é melhor o sujeito estar virgem aos 30 anos e com um excelente emprego, ou é melhor ter investido tempo tentando melhorar com mulheres, ter tido boas experiências e ter um emprego de merda em plena idade do renascimento? Por quais motivos?

Doutrinador: Nenhum dos dois extremos. Não precisa ser cabaço, mas também não precisa ficar correndo atrás de mulher 24hs por dia e acabar na merda. Como sempre digo, sexo é bom, mas se homem fica dependente, mulher vira traficante. É complicado falar disso porque o ser humano é imediatista, em especial os adolescentes e adultos até os 25 anos. Eles acham que vão morrer amanhã ou que o pau deles vai cair quando chegar aos 30 e por isso devem trepar ao máximo hoje, abrindo mão de focar em coisas essenciais nessa fase como o trabalho e estudo. Não é por aí. O auge masculino dura por muito mais tempo que o feminino, e é aos 30 que a coisa começa a ficar boa de fato. Aos 30 você é mais respeitado, está mais maduro emocionalmente e já aprendeu a controlar os inquietantes picos de testosterona. A mulher tem um auge muito alto durante a pós-adolescência, mas é um tiro bastante curto. Já o homem não tem um auge tão explosivo quanto o da mulher, porém é um auge mais duradouro.

JC#1: Mande a real com gosto aqui: na sua honrada opinião, o casamento com a mulher amada é uma forma de o homem constituir uma família feliz e ficar satisfeito sexualmente e emocionalmente, ou nada mais é do que uma prisão com apenas duas rotas de fuga: divórcio e satisfação com uma vida de merda, além de ser uma pré-candidatura a corno no caso de a querida esposa ser autoconfiante e gostar de sexo selvagem?

Doutrinador: A insatisfação do homem no casamento está diretamente associada às falsas expectativas. É a mesma coisa que comprar uma moto e depois ficar chorando porque ela não lhe protege da chuva. O problema não é da moto, mas de sua falsa expectativa com relação a ela. Você não casa pra meter e transar todo dia de graça (embora isso possa estar envolvido), mas para formar uma família e estruturar um ambiente adequado para a criação de filhos.

Se o teu negócio é meter, transar todo dia e ser um “porra-louca” o casamento não é para você. Case e vai acabar num divórcio atolado na merda, e com louvor. Pra casar hoje em dia é preciso abrir mão de uma série de coisas e estar disposto a enfrentar desafios gigantes. Por isso, casamento é só para aqueles poucos que possuem o alvo de constituírem uma família, sabendo dos riscos, privações e desafios dessa decisão. Caso esse não seja seu pensamento volte para a balada e esqueça.

Sobre ser corno, não vejo motivos para vestir o chapéu por antecipação como tantos fazem. Gostar de sexo selvagem por si só não indica que a mulher seja uma traidora, pelo contrário, o fato dela trepar selvagemente com você é um ótimo sinal. A fidelidade dela você avalia antes de assumir o compromisso, e não depois. Para ilustrar, de que adianta analisar o prazo de validade de um produto depois que você já o comprou?

JC#1:Pense em 10 homens que pegaria se você fosse uma mulher. Sem viadagem aqui hehe.( Já tem sua lista?)……. E agora, munido da sua mais alta sinceridade, argumente por que um cara igual a você não foi o primeiro que veio a cabeça, quiçá entrou no top 5. Feito isso, dê dicas sobre como um homem viril pode melhorar ainda mais e ser o número 1 da lista, ou o número 2 logo após o galã da novela das 8.

Doutrinador: Apesar do aspecto motivacional da pergunta, não acho que o homem lucre algo para si pensando dessa forma. Os critérios femininos são muito variáveis, e a lista delas hoje pode muito bem virar de ponta cabeça amanhã te fazendo cair do cavalo, bem como podem privilegiar alguma característica que seja atrativa para elas mas ruim para você. Por isso, acho furada ficar se preocupando em ser o sonho de consumo delas atendendo a todos os seus caprichos, procurando saber exatamente do que gostam etc. Para mim o bom sedutor é aquele que convence os outros a comprar o que ele oferece, e não o que se preocupa em apenas vender aquilo que os outros gostam.

JC#1: Para finalizar: já fez um ménage a trois? Recomenda?

Doutrinador: Nunca fiz. Sou meio suspeito quanto a toda essa diversidade sexual. Acho que quanto mais o homem diversifica o sexo além da relação tradicional, mais rápido ele se tornará algo frustrante e exigirá outra novidade.

Grato,

-JC#1

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: