Uma prostituta de presente

por Angry Harry 

Uma prostituta de presente: um homem que tentou contratar uma prostituta de presente para seu filho para lhe tirar a virgindade foi absolvido.

Me parece muito estranho que mocinhas de 12 anos ou menos já recebam educação sexual na escola, e, para aquelas que já ficaram grávidas, acompanhamento educacional e dinheiro. Mas pais que tentam dar lições “mais práticas” para seus filhos menores estão quebrando a lei!

Sim, há uma diferença, mas não tão grande, no meu ponto de vista: porque, em ambos os casos, jovens estão sendo encorajados a fazerem sexo; o que, aposto que todos sabem disso, não é uma das melhores idéias dado a confusão que acabamos entrando como resultado de entrar na arena sexual.

Mas o pai, com 42 anos, foi preso porque o jovem escolheu uma policial disfarçada, de acordo com o Tribunal de Nottingham Crown.

Ao meu ver, tais “operações secretas” que estas policiais fazem para poder emboscar pessoas só refletem o quão corrupto são aqueles que trabalham no sistema “judiciário”. Continue lendo

As mulheres ultrapassam os homens financeiramente e as coitadinhas sofrem por isto

por The-Spearhead 

Escrevendo para o NY Times, Luisa Lopex Torregorosa mostra estatísticas que apontam que as mulheres estão superando os homens, o que é evidentemente chamado de “disparidade de gênero reversa”. As mulheres estão com níveis educacionais melhores, maiores salários, conquistando os melhores empregos, etc (já ouvimos tudo isso antes). É claro, isto é muito bacana (vai mulherada!), mas temos um problema: as coitadinhas não estão conseguindo arrumar homem.

De acordo com o artigo, algumas mulheres estão tendo que mentir sobre sua profissão para poder atrair homens: Continue lendo

Transtorno de personalidade borderline – um doente ou somente um imbecil maluco?

Só um aviso aos usuários do Fórum do Búfalo, estamos tendo instabilidades no sistema, por isso o fórum está com uma grande lentidão. Eu realmente não sei exatamente o que ocorre, mas acredito que seja alguma instabilidade nos servidores. Acredito que até o fim da tarde tudo retorne ao normal, geralmente os responsáveis pelo host que o Fórum está hospedado são competentes em arrumar esses problemas.

Agora, ao artigo:

por Paul Elam 

Tenho sido um admirador de longa data dos poucos profissionais que trabalham com psiquiatria que decidem lidar com a verdade, ao invés de apenas ficar vendendo o mais palatável para as mulheres neste senso comum misândrico.

Andar no caminho certo é difícil em qualquer área. Na área que lida com a “saúde” mental que é dominada por feministas, é algo brutal. Eu sei, eu vivi tal vida por algumas décadas. Eu posso lhe dizer por experiência própria que os maiores bombardeios que sofri foi por não ter seguido a linha oficial que o partido nos deu. Continue lendo

[Pragakham] O sentimento do homem é sexual. O da mulher, financeiro

Só para informar possíveis usuários do antigo fórum Homens Honrados: o fórum já voltou ao ar em novo endereço: http://forum.homensrealistas.info/

por Pragakham 

Hoje você é um macho que aprendeu que realmente a vida não é colorida como se dizem por ai. Então vamos começar a falar sobre nossos sentimentos.

Quando estamos atrás de uma vadia para relacionar, ou mesmo se for doido o suficiente pra se casar, sempre estamos atrás do sentimento sexual. Usamos o sentimento da carência ou algo que não foi dado pela mamãe como desculpa. No final queremos apenas aliviar a tensão sexual, pode se ver, como o animal feminino nos acalma depois de uma trepada regaçada, vemos que quando animal macho briga intensamente por algo errado que a animal feminino fez, apenas com o cheiro dela o animal macho se acalma e acorda no outro dia feito uma criança mimada, deixando passar desapercebido o feito errado da vadia e assim ela assimila rapidamente o que ela tem entre as pernas é uma grande arma aliada para as suas safadezas, podendo domar você seu burro! Continue lendo

Mulheres – Fracas e patéticas? – Final

clique aqui caso não leu a 1ª parte.

por Angry Harry

Outro exemplo que é muito citado como uma evidência de que a mulher era oprimida eram os tradicionais procedimentos de herança, onde o filho mais velho ganhava a propriedade – as terras, o dinheiro, os títulos e o status.

Mas isto era realmente uma opressão, dada as circunstâncias e limitações do passado? Continue lendo

Mulheres – Fracas e patéticas? – Parte 1

por Angry Harry

Ficava indignado há muitos anos atrás tentando descobrir porque minha mãe foi forçada a parar de trabalhar como professora quando se casou com o meu pai, lá pelos anos de 1930. Ela era uma mulher que claramente precisava de algo a mais além de cuidar da família para dar a ela algum interesse na vida (ela não era uma mulher típica daquele tempo). E ela claramente sofreu por isso por não satisfazer esta aspiração. Me incomodava o fato dela ter sido PURA E SIMPLESMENTE discriminada só por ser mulher, e ainda sabendo que ela era conhecida por ser uma excelente professora. Isto me parecia muito injusto.

Meu pai me explicou a situação assim. Continue lendo

Pornografia emocional

por Heartiste 

Vez ou outra até mesmo feministas conseguem ver um pouco a verdade. Naomi Wolf tem um longo histórico de falar bobagens, mas sua afirmação que a grande quantidade de pornografia acaba anestesiando o homem para os prazeres da “mulher de verdade”* tem seus méritos.

(*tradução da linguagem feminista: “mulher de verdade” = balzaca gorda e desleixada)

Toda uma geração de homens cresceu assistindo na internet uma miríade de gostosas trepando. A maioria das atrizes pornôs são muito mais bonitas que a média das mulheres gordas americanas que jamais chegariam perto delas, mesmo se tentassem. Não é de se espantar que todo esse povo tocando uma para os 10% da elite da gostosura feminina iria dessensibilizar os homens perante as mulheres sem sal que tão ficando acabadas rapidamente que eles encontram na vida real. Resultado: quanto mais pornô eles vêem menos vontade de investir eles terão nessas sub medianas que se acham a última bolacha do pacote. Continue lendo

[Pragakham] Uma noite e nada mais

por Pragakham

Mulher tem a verdadeira artimanha, o total controle de uma arma chamada DÚVIDA. Dúvida é o que mata, o que corrói e o que nos estraga. Se você é uma pessoa centrada em saber definir bem as situações, sem margem de dúvidas, você já tem a solução.

Toda mulher gosta de deixar o gosto de açúcar na boca de nós machos , para que depois  fiquemos totalmente ludibriados e embriagados pela mesma coisa doce.  Isso é a duvida se teremos ou não aquele belo corpo, e podendo dilacerar ele no prazer. Continue lendo

Um indiano persistente e a inventividade: uma das diferenças fundamentais entre os sexos

por Barão Kageyama 

Esses dias li uma matéria que me chamou muito a atenção tanto por ser bastante inusitada e por mostrar algumas coisas muito interessantes quando o assunto é a inventividade humana: um indiano promove a melhora da saúde das indianas ao criar um absorvente que pode ser fabricado e vendido a baixo custo (em inglês).

Como todos devem saber, a Índia é um país que mesmo estando em franco processo de desenvolvimento ainda é um lugar muito pobre, onde milhões de pessoas tem condições precárias de vida. Segundo um estudo, 70% das indianas nem tem condições financeiras de comprarem absorventes, então tem que se virarem com folhas de  árvores, panos sujos, jornais, o que acharem pela frente, o que pode contribuir para diversos problemas de saúde. Neste caos, entra o indiano da 1ª reportagem que passei.

Continue lendo

Desvendando o paradoxo da felicidade feminina

por The-Spearhead 

Algum tempo atrás, num artigo que demonstrava que feministas tem um entendimento equivocado sobre o que realmente excita as mulheres, Heartiste linkou um artigo de 2009 do New York Times sobre a sexualidade feminina. O artigo, que tem 9 páginas, era surpreendentemente franco e revelador. Algumas das descobertas mais curiosas incluem a natureza nebulosa do desejo feminino, que é muito menos específico do que o masculino. Homens e mulheres foram colocados em situações que testavam a sua excitação, e os resultados apontavam que a mulher responde sexualmente para coisas e circunstâncias muito mais diversas que os homens, incluindo alguns resultados que poderiam sugerir a que a bestialidade e o homossexualismo são mais comuns na mulher do que no homem. Entretanto alguns podem ver isto uma evidência da depravação feminina, um dos pesquisadores entrevistados no artigo veio com uma teoria muito melhor sobre o que move o desejo feminino.

Marta Meana, uma professora de psiquiatria da UNLV, concluí que o desejo feminino é na sua essência narcisista; mulheres se excitam com a ideia de serem desejadas. Algum tempo atrás, eu levantei uma conclusão sobre o amor, e sugeri que o amor de uma mulher por um homem é baseado em como o apego que ela tem por ele melhora sua excitação, mas sobre as origens do erotismo feminino acredito que a dra. Meana esteja mais correta. Entretanto, uma síntese dessas idéias provavelmente explicam muito do processo da sedução. E também pode nos dar uma pista do porque as mulheres relatam estarem mais infelizes neste mundo dominado por um viés feminista. Continue lendo

%d blogueiros gostam disto: