O que você pode esperar para mais este ano?

por Doutrinador

(texto originalmente escrito em 2012)

Não, não vou fazer neste post predições de “pessoas famosas que irão morrer”, postar a música de ano-novo da Globo ou lançar votos de feliz ano-novo.

Se você ainda está contagiado pela vinheta de ano-novo com os artistas da Globo e acha que realmente tudo está uma maravilha e as coisas só tendem a melhorar, recomendo que vá ler besteiras em algum site de humor enquanto espera o feriado do Carnaval para encher a cara novamente e se iludir até que o outro ano chegue para você desperdiçar.

Quero convidar os leitores do site para uma visão realista do que realmente podemos esperar do futuro e como isso pode lhe inspirar a fazer as coisas corretas esse ano. Será que para o futuro podemos esperar que todos os homens se tornem honrados, que todas as mulheres se tornem decentes e que a sociedade mude em grande escala?

Não, isso não vai acontecer, e é perda de tempo fazermos essas conjecturas. Somos uma ilha, um punhado de homens com culhões que resistem bravamente ao invasor sem saber até quando conseguiremos. Mulheres tradicionais também estão extinção.

A sociedade só está de pé por conta de poucos, reservas morais que continuam sustentando esta MERDA toda, trabalhando e fazendo plantões no Carnaval enquanto micareteiros trocam doenças, enchem a cara e inflam os corredores de hospitais; homens de honra que continuam fazendo descobertas tecnológicas e valorizando a família enquanto a massa de chopeiros, maconhados e vadias só querem saber de curtição e liberalidade.

A cada ano que passa percebo que o número de pessoas honradas diminui (seja porque eles morrem ou porque mudam para o lado da putaria e curtição visando comer “mais mulé” com menor esforço) e a propaganda pró-putaria e curtição aumenta violentamente, logo, não podemos ter muitas esperanças de uma mudança em escala global.

Caiam na real paspalhos, a massa quer apenas trepar, “curtir”, lutar por liberdade para usar drogas e se fuder, se divertir de todas as maneiras possíveis e saquear o planeta deixando apenas uma casca fumegante para as próximas gerações. Lógico que ninguém admite isso e todos vestem branco desejando felicidades (por pura formalidade na maioria esmagadora das vezes). Na prática, não há preocupação com legado ou com o futuro.

Colocam uma assinatura no e-mail com a frase “antes de imprimir pense no impacto ambiental” apenas para desencargo de consciência, pois na verdade estão cagando e andando para as próximas gerações. Ora, vão a merda ecologistazinhos de sofá, vão.

As mulheres, salvo raras exceções, não se preocupam muito com tudo isso, pois sabem que terão preferência em entrar no bote salva-vidas caso dê alguma merda (abdicando convenientemente da postura feminista-misândrica, é claro) e poderão acionar o botão do sexo frágil sempre que se sentirem ameaçadas pela natureza ou qualquer outra coisa. Logo, a esperança é que o pequeno número de reservas morais continue existindo para dar sobrevida a sociedade da maneira que a conhecemos hoje.

É por isso que digo: homens tradicionais e honrados são muito mais valorosos do que eles imaginam. Se você tem consciencia disso, parabéns. Acredite, você está em extinção. Se você só está preocupado em beber, comer mulé e saquear o planeta enquanto faz “campanha ambiental” com o rabo na cadeira do PC, reflita melhor em sua vida e no legado que você irá deixar. Se você está lendo isso e é mulher, será que está mais preocupada em ser “popular”, em ser uma “mulher moderna” que detesta o lar e fala mal dos homens “bonzinhos e tediosos” como a massa das mulheres que não se valorizam; ou realmente é uma mulher de valor que está mais preocupada com a família e se resguardar ao invés de perseguir cafajestes famosos e se objetificar na mídia como se fosse um pedaço de carne em troca de fama?

Calma aí paspalhos, não estou dizendo que se divertir seja errado, mas quais são suas prioridades?

Lembre-se de que a civilização só foi construída por homens que valorizaram o fortalecimento da família, a preocupação em deixar um legado para as próximas gerações (nós), homens que foram corajosos para remar contra a maré revolucionista e que não tiveram como objetivo de vida apenas encher a cara e pegar o maior número de mulheres. Eles se preocupavam com algo maior, muito além de simplesmente vestir branco e desejar feliz ano-novo, para nas semanas seguintes estar xingando todo mundo e passando a perna nos outros novamente.

Igualmente, mulheres honradas foram mantenedoras das gerações futuras, construíram uma boa base de educação e moral para os filhos e se dignificaram ao honrar seus maridos de bem, ao invés das modernetes de hoje que largam os filhos numa creche sem a menor necessidade e ficam reclamando de como o marido não ganha tão bem e não é tão bonitão como os colegas cafajestes do trabalho.

Este não é um artigo com objetivo derrotista, por dizer simplesmente que tudo está uma merda e assim vai ficar – mesmo que isso seja apenas a constatação da realidade. É para fazer você pensar no que vais investir em mais um ano de vida.

No que se preocupar?

Nesse ano, preocupe-se com seu legado, mas sem precisar fazer alardes e bancar o corretinho imbecil – faça isso por você e seus familiares.

Preocupe-se em fazer algo pelas próximas gerações e fortalecer sua família (que ainda é o pilar da sociedade) ao invés de simplesmente colocar assinaturas politicamente e ambientalmente corretas nos seus e-mails e ver seus pais apenas uma vez por ano porque está trabalhando muito. Cuide deles, por mais difícil que seja lidar com pais em idade avançada ou pouco tolerantes, foram eles que limparam tua bunda quando você só sabia cagar! Seja honrado!

Se divirta sim, tanto quanto lhe satisfazer, mas não faça disso uma prioridade na tua vida e não deixe que seus desejos tomem conta de você. Seja racional, domine a si mesmo e mande a real em tudo que lhe atrapalha de uma vez por todas!

Não fique perdendo tempo correndo atrás de mulher e fazendo macaquices de circo feito um merdalhão para tentar atraí-las e conquistá-las. Deixe que seu sucesso e cuidado pessoal reflitam em suas conquistas, você é a prioridade, seus estudos e trabalho são prioridades, e sexo é consequência. Como sempre digo, sexo é bom, mas se o homem se vicia, mulher vira traficante.

Não fique num porão escuro apenas reclamando do “sistema” igual um derrotado bundão, arregace as mangas, cresça, encare o mundo cruel de frente e descubra seus valores. O que um homem pode, o outro também pode.

Tenha como objetivo entrar e permanecer no seleto grupo de reservas morais, das pessoas que dão fôlego a sociedade e a sustentam com honra e pulso firme, deixando um legado para as próximas gerações.

É assim que se obtém um futuro melhor: fazendo acontecer, e não simplesmente falando “feliz ano-novo”.

2 comentários

  1. Ótimo texto. Conheci seu blog recentemente no podcast, e estou goatando bastante.

    • LEONARDO HENRIQUE DA SILVA em 01/21/2021 às 12:00
    • Responder

    Up!
    Que post foderoso!
    Salvando aqui.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: