A culpa nunca é delas

por Doutrinador

A seleção feminina de futebol perdeu mais uma. Assim como no último Mundial, a Seleção Brasileira sofreu um gol no fim do tempo regulamentar (momentos antes perdeu um gol feito) e, nos pênaltis, foi derrotada novamente, perdendo o título.

Se na competição anterior o adversário eram os Estados Unidos, pelas quartas de final, nesta quinta-feira o algoz foi o Canadá, que tirou da equipe a medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara. Após empate em 1 a 1 nos 90 minutos e sem gols na prorrogação, o Brasil perdeu por 4 a 3 nos pênaltis, ficando com a prata.

Até aí, tudo bem. Méritos da Seleção canadense. E sim, eu reconheço que a Seleção feminina jogou o que conseguiu jogar, e até mostrou vontade (contra o México, Maurine jogou com o pai recém-falecido). Ok.

O que não dá pra aguentar é esse chororô da mídia e de grande parte dos brasileiros, dizendo que a culpa pela derrota nunca é das próprias atletas. Vão à merda.

Sempre que as mulheres perdem é “machismo, opressão, falta de apoio, etc“. Sempre o mesmo choro, a mesma tentativa de atribuir a outros a culpa pela derrota, afinal mulheres não podem perder e somente os homens podem ser fracassados.Hoje em dia é proibido criticar e questionar mulheres mesmo que se tenha provas e argumentos para fazer isso. Não pode cobrar, não pode exigir qualidade pois mesmo quando elas fazem algo errado, sempre tem uma “mídia machista” e “falta de apoio” pra usar como bode expiatório para fugir da responsabilidade.

Será que elas não percebem que esse protecionismo exagerado e esse complexo de inferioridade só prejudica e denigre elas mesmas? A Seleção Brasileira masculina é xingada e cobrada até mesmo quando perde amistosos. E isso é ótimo, pois faz os próprios jogadores mexerem a bunda rica deles e jogar. É essa cobrança de apaixonados pelo esporte que faz o crescimento de grandes times e Seleções, e não tapinha nas costas e odes ao perdedor como sempre fazem com as “nossas meninas”.

Quando a Seleção feminina foi eliminada para os EUA no Mundial, a desculpa era de que nos EUA o futebol feminino é levado a sério e aplaudido por todos, enquanto aqui nós machistas não damos apoio à “nossas meninas”. Ok. Agora que perderam o ouro Panamericano para o Canadá a desculpa é incrivelmente a mesma, mesmo com o Canáda não tendo tradição alguma no futebol (nem mesmo o futebol masculino). Ridículo.

“O futebol feminino não tem tanta atenção quanto o masculino”

Isso é normal. Existem esportes onde cada sexo se destaca melhor, e é importante respeitar esses papéis definidos. É a mesma coisa que querer exigir que o balé no gelo masculino ou a ginástica rítmica masculina tenham tanto destaque quanto o feminino: é ridículo. Além disso, as mulheres podem detestar futebol (a maioria detesta), mas nós homens temos que gostar e assistir futebol feminino só porque existem mulheres jogando? Negativo. Nós assistimos futebol pela qualidade dos jogadores, técnica, emoção, raça e gols. Não temos culpa se os jogos femininos são de qualidade técnica sofrível (inferior à quarta divisão do campeonato Acreano). Nem mesmo as mulheres assistem o futebol feminino pela qualidade dos jogos, mas apenas pelo sentimento feminista de “torcer para as mulheres”. Não, não somos obrigados a assistir esse esporte de qualidade sofrível só porque “nossas meninas” estão jogando.

“As nossas meninas são desprezadas pela mídia”

Mentira. Quantas vezes não vemos a Marta na televisão dando entrevista, recebendo prêmios, etc? Quantas vezes não lemos matérias sobre a Cristiane, Maurine, Érika e sobre a vida particular de outras jogadoras? Quantas vezes elas não participaram de concursos imbecis de beleza promovidos pela mídia? Quantas vezes não vimos as “nossas meninas” sendo pintadas como guerreiras coitadinhas que “caem de pé”? Parem de mentir e colocar a culpa na “mídia”, elas inclusive recebem mais destaque da mídia do que em muitos outros países.

” A culpa é da CBF que nunca teve a competência de organizar um campeonato atrativo.

O que torna um campeonato atrativo é primeiramente a qualidade do torneio. A CBF organiza torneios de segunda, terceira divisão e nem por isso o estádio enche. Alguns jogos chegam a ter o estádio vazio ou apenas dezenas de torcedores. Isso acontece porque a qualidade técnica desses jogos é sofrível, assim como acontece no futebol feminino. O campeonato feminino dos EUA fazem sucesso porque as melhores jogadoras do mundo estão lá, e consequentemente o nível do futebol é alto. Parem de querer colocar a culpa nos outros, não adianta organizar campeonato se não existem clubes suficientes e jogadoras de nível minimamente aceitável. Reconheçam suas limitações ao invés de querer sempre culpar os outros.

“É, mas os homens, com contratos em grandes clubes e vida profissional garantida, deixaram o Pan pela porta dos fundos.”

Exatamente. Prova de que dinheiro não é sinônimo de bom futebol. Se jogadores com vida garantida e contratos com grandes clubes jogam um futebol sofrível, então não é por falta de “apoio financeiro e patrocínio” que isso acontece.

Resumindo, parem de chorar e de querer aplausos só porque são mulheres. Parem de chamar de “machista e opressor” quem simplesmente não quer assistir ou torcer pelo futebol sofrível de vocês, assim como também não assistimos ao futebol de times ruins masculinos. Assumam a responsabilidade pela derrota e sejam dignas, sem culpar “mídia machista”, “falta de apoio” e outras desculpas esfarrapadas que nada explicam o péssimo futebol ou a falta de preparo. Só assim conseguirão o respeito e reconhecimento que tanto pedem.

3 comentários

    • Hélio G. de Oliveira jr. em 05/01/2020 às 19:51
    • Responder

    Caro Barão Kageyama:
    Preparei um pequeno Dicionário da Real, umas 333 páginas de formato A-4 (folha de rosto e introdução inclusos), que gostaria de submeter à sua apreciação e que depois de devidamente corrigido, passasse a fazer parte da Biblioteca do Búfalo. Está em formato Word. Como poderia fazer para que ele chegasse até você?

    1. desculpe a demora.

      Opa, joga lá no fórum do búfalo (bufalo.info)

    • Tadeu de Barcelos Ferreira em 04/19/2020 às 0:03
    • Responder

    Sabe o que é pior? Elas NÃO PARARÃO de fazer isso! Estão com a mente tão feita quanto a isso (como o pessoal do fiqueemcasa, que memso jogando na cara deles que isos é pura estratégia eleitoreira ainda assim ficam jogando aculpa no Bolso, no Trump ou outro bode espiatório) que ninguém tirará isso damente delas. Quer outro exemplo claro de que elas não cederão? Veja o que ocorreu na Europa, onde muitas delas ainda assim defendem os imigrantes mesmo com eles cometendo muitos crimes por lá. Lamentável, mas é a verdade…

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: