WHINDERSSON NUNES E A HIPERGAMIA: UM ESTUDO DE CASO | RAPIDINHAS JORNAL DA REAL

Está gostando do nosso conteúdo? Então nos ajude através do nosso APOIA-SE: https://apoia.se/podcastvozdareal

Fala meus não destinados ao céu (escute até o fim pra entender), no Jornalzinho de hoje, aproveitando o gancho dos dois programas que fiz esses últimos dias sobre a hipergamia, resolvi dar uma comentada no caso Whindersson Nunes, que basicamente já superou nosso anterior “Hours Concorno” (quem lembra dessa?) Robert Pattinson na categoria “Corno Otário Beta” e já reservou seu lugar para sempre no Olimpo dos Cornos.

Mas eu não curto bater em cachorro morto e certas situações bisonhas como esta servem para tirar algumas lições e fazer observações pertinentes, e nessa situação em particular eu enxergo que é um excelente estudo de caso para entender legal como a hipergamia na forma nua e crua funciona.

E você? O que tu acha? Quais são suas considerações sobre nosso grande exemplar de Corno Otário Beta da década de 10/20? Diga aí nos comentários, ou melhor, lá no nosso Discord: https://discord.gg/WVZjNBc

1 comentário

    • Married With Children em 03/20/2020 às 22:45
    • Responder

    De maneira geral, pessoas ricas (especialmente de nascimento), religiosos e asiáticos (exceto filipinos) são muitos manginas. Um bom exemplo é o Paulo Kogos e, nos EUA, o Financial Samurai.

    MGTOW é basicamente coisa de classe media, gente muito pobre (no Brasil, pelo menos) e muito rica são bluepill de dar pena.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: