«

»

set 14 2015

Uma valiosa lição dada pela Churrascaria Buffalo Grill Cruz Alta

Olá pessoal, peguei essa matéria aqui lá dos meus camaradas da página Direita Realista. Pode- se até questionar alguns pontos do pessoal da churrascaria, mas nela deu pra aprender uma lição foda pra caralho, pelo menos pra quem tem comércio e acaba se tornando alvo da palhaçada das feminazis. Ao invés de recuar, que tal os senhores botarem o pau na mesa? Vou dar destaque a este trecho da matéria, quem quiser ler o restante do artigo, favor seguir este link.

No dia 22 de agosto, a Churrascaria Buffalo Grill Cruz Alta, do Rio Grande do Sul, lançou uma promoção que cobrava menos do público feminino no rodízio de carnes em seu estabelecimento, fato que atraiu a ira das feministas. Elas começaram a atacar o estabelecimento com suas bobagenzinhas e pitis de sempre, mas, ao invés de recuar como a maioria o faria, o dono não se intimidou e peitou as sem peito.

As justificativas dos ataques não tem o menor mérito por um simples motivo: o estabelecimento é propriedade privada do seu dono e, assim sendo, ele tem direito natural de fazer com ele o que bem entender.

E o mais gostoso vem agora:

E, agora vem a parte realmente interessante: A churrascaria acabou sendo beneficiada com isso. A promoção ganhou mais de oito mil curtidas, a sua página do Facebook conquistou mais de 5 mil novos fãs, apareceram mais de 2 mil mulheres escrevendo pedindo o desconto e o caso ainda saiu em portais como o Administradores, no site do Marcus Vinicios Motta e várias páginas desta rede social ofereceram sua solidariedade, por conta dos ataques covardes que a Buffalo Grill sofreu.

Resumo da ópera: basta apenas o pessoal notar que peitar essas histéricas além de não dar nada, pode render dividendos! Basta apenas o pessoal criar um pouco mais de bolas e dar um chega pra lá nessas desocupadas (e quem sabe até ganhar uns trocos metendo processo nas mais abusadas, como o pessoal da churrascaria já tá fazendo).

Como disse no começo, podem achar o “desconto” dos caras da churrascaria questionável (se bem que o meu amigo do Direita levanta um bom argumento explicando isso, e concordo com ele), porém, é refrescante ver essas idiotas tendo que lidar com alguém que não baixa a cabeça e diz “sim senhora” na primeira ameaça. Seria o começo do fim do terrorismo dessas “talibans de saia” (e de suvaco peludo)?

E os caras ainda tiram onda... "Churrasco Opressor" hahaha

E os caras ainda tiram onda… “Churrasco Opressor” hahaha

obs: antes que perguntem, nem eu e nem o cara do DR tamo levando uma pratinha nessa brincadeira, tamo divulgando aí só por que é legal sacanear esses canhões.

7 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. joshua

    chuurrascaria da real

  2. Eliot Jr.

    Essa parada de dizer que está beneficiando exclusivamente mulher é um raciocino bem besta. Afinal, em rodízios normalmente vão casais, família. E aí que a mulher pagando menos (e normalmente comendo menos), o maridão vai se interessar e pesar isso no valor afinal. Ao invés dos 70$ petrolões, serão os 60$. Uma conta simples e fácil.

    1. Alex Castelar

      É mesmo ? E quando o cara vai sozinho e come pouco ? Ainda assim vai pagar mais só porque é homem.
      Desculpem-me, não quero criar polêmica entre nós, os leitores do Canal do Búfalo, mas é uma questão de princípio que venho seguindo há anos – boicoto tudo que dá desconto a mulher só pelo fato de ser mulher. É justamente por isso que não vou mais a baladas, a menos que o preço do ingresso não seja diferente para homens e mulheres, ou que a entrada seja gratuita. Não faço seguro de carro, pois também é mais barato para mulher. Tenho economizado muito com isso e, de tabela, tenho sido um bom motorista, não me envolvendo em acidentes e não sendo multado.
      Longe de mim a intenção de fazer com que os outros pensem da mesma forma, mas tenho sido feliz assim.
      Daqui de Minas Gerais, um forte abraço a todos.

  3. Alex Castelar

    Gostei não. Estão de uma forma ou de outra beneficiando exclusivamente mulheres. Seria mais justo comida a quilo.

    1. Barãozin

      Rodízio não tem como ser pesado.

    2. Junior

      Único fato que não seria benéfico é para uma roda de amigos, pensa no tio querendo levar a “patroa” e as criança pra comer um churras, o cara que quer dar uns pegas na novinha e economiza ou mesmo levar a mãe pra comer fora.

    3. Peagha

      Elas ganham desconto mas se for ver mesmo quem sai ganhando são os Homens, pois geralmente nos que pagamos a conta haha

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: