«

»

jul 31 2015

Você tem que morrer!

por Awaken, do Mundo Realista

Se o título te assustou é isso mesmo, o propósito da Real é que você morra.

Ultimamente estava acompanhando as notícias e vendo o quanto os islâmicos radicais são disciplianados. Sim, esses loucos mesmo que vão lá e explodem tudo com dinamites, carros bomba, etc.

E entender o porque eles fazem isso para nossa cultura é realmente difícil, até porque realmente é errado tirar a vida de quem quer que seja.

Se você pegar e perguntar a eles o porque fazem isso, certamente eles vão responder que a vida deles pouco importa, se eles morrerem pela causa já teriam vivido o suficiente.

Isso me fez pensar bastante sobre o que (eu pelo menos) considero realismo, não por parte do grupo ou como uma religião, mas na parte de viver como um realista, da nossa vivência em geral.

O que faz diferente o realismo dos PUA, por exemplo é que os PUA cobram atitudes de um ator, você passa a ser quem você não é para conquistar algo, e “conquista” é o foco da vida, muitos tratam até como fórmulas e tutoriais os objetivos para se ganhar algo na vida. Ganhar músculos pra agradar mulher, ganhar dinheiro pra comer mulher, ganhar bens para o seu próprio prazer, enfim, tudo o que você puder fazer pra si mesmo faça como um bom ator.

Ao observar os realistas e os textos realistas, eles sempre falam de mudança, mas não das coisas exteriores, mas do interior, então eu cheguei a conclusão de que a real quer mesmo que nós morramos:

  • A real quer que você mate seu ego e passe a agir com justiça.
  • A real quer que você mate seu orgulho.
  • A real quer que você mate sua timidez e passe a agir com coragem.
  • A real quer que você mate seus problemas de relacionamento para que eles deixem de existir NO RELACIONAMENTO.
  • A real quer que você mate essa história de pagar de machão solitário e passe a viver mais socialmente.
  • A real quer que você mate aquele mangina e passe a ser um novo homem.
    A real quer que você mate aquele velho homem e se torne um melhor.

Enfim, a real quer que você mate e tudo o que você tem que matar está dentro de você, seus problemas, suas decepções, tudo isso são empecilhos que te impedem de viver feliz.

Mas o mais importante é: Aqueles terroristas morrem com a promessa de conseguir um lugar no céu, por isso tem tanto desapego por essa vida.

O desapego deles não é nosso exemplo a seguir, mas que você deve levar a vida menos a sério demais como se fosse uma peça de teatro e viver menos artificialmente. O famoso “eu tenho isso para conseguir aquilo…”, “eu consegui aquilo porque eu sou isso.”

Não que você não tenha que conquistar as coisas, a real não te impede de evoluir, mas a vida é passageira amigo, não se prenda a nada nessa terra porque tudo um dia morre, viva com prazer de um dia encontrar a morte e poder dizer: “Não te devo nada, fui ajudado e ajudei.”.

Não tenha medo da morte, meu amigo, porque a morte começa dentro de você e ela traz vida.

FONTE

... só não me invente de levar essa ideia de "morrer" a sério demais hein.

… só não me invente de levar essa ideia de “morrer” a sério demais hein.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: