«

»

mar 17 2015

Pai herói

Uma mocinha lá no MaR (Metendo a Real) mandou isso aqui via inbox, simplesmente achei sensacional e quero compartilhar com todos aqui.

Só leiam. Histórias como essas fazem a gente ter mais alegria de viver. Os imbecis do cinema nacional bem que podiam ser úteis e fazer um filme a história desse cara. Seria do caralho.

E também quero aproveitar e dar um puxão de orelha nessa cambada de juvena sem vergonha que infesta a Real de uns tempos pra cá: aprendam com esse cara. Ao invés dele ficar chorando e reclamando porque esposinha descartou ele como se fosse lixo, o cara foi é correr atrás de segurar a barra dos filhos. Foi superar as dificuldades com garra e honra.

É por isso que faço questão de xingar e dar esculacho em cada juvena chorão que aparece no meu ask ou o do metendo a real. Porque vocêscs não tem o direito de chorar. Podem achar que eu exagero, podem achar que eu estou errado. Porém enquanto eu tiver a capacidade de fazer isso, jamais vou permitir uma moleirice dessas por parte de vocês.

http://globoesporte.globo.com/triatlo/noticia/2015/03/pai-nega-orientacao-medica-de-aborto-cuida-e-leva-filho-para-prova-de-triatlo.html

Pense nisso como um “Em Busca da Felicidade” aumentado em 10x.

superação

1 comentário

  1. Brasileiro

    Barão, mais um attention whoring feminista para darmos umas risadas. Claro que alguém pararia de passar cantada em uma mulher que fizesse cara de retardada, mas alguém que seja normal, porque um psicopata veria esses dentes e encheria a mão no marfim alheio.
    Também perguntamos se essa cara de retardada viraria um sorriso dos mais largos se quem falasse tais coisas fosse um jogador de futebol, pagodeiro, empresário famoso etc.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: