mar 12 2015

A esposa de Potifar: falsa acusação de estupro na Bíblia

* mesma ladainha de sempre, amigos: além de sem tempo nem pra respirar, ando quebrado. E infelizmente o meu ritmo se manterá desta forma pros próximos 3 anos, no mínimo. Então, não prometo mais nenhuma regularidade aqui no Canal. Vou postando quando puder. Obrigado pela compreensão.

por Welmer

Gostaria de introduzir a vocês, caso não conheçam, a história de José e da esposa de Potifar (ou Putifar), existente no Gênesis. José era um hebreu que foi vendido como escravo e eventualmente comprado por Potifar, mas dada sua inteligência e perseverança, acabou se tornando o chefe da casa de seu senhor.

A esposa de Potifar acabou se interessando pelo jovem e viril José, e tentou seduzi-lo. Sendo um servo fiel ao seu bom senhor, José resistiu aos seus avanços. Porém, ela arrancou a túnica de José, forçando-o a fugir. Furiosa e apenas com o manto de José em suas mãos, a esposa de Potifar arquitetou um plano para acusá-lo de estupro:

1 José foi conduzido ao Egito, e Putifar, um oficial egípcio do faraó, chefe da guarda, comprou-o aos ismaelitas que o levavam.

2 O Senhor estava com José, e tudo lhe prosperava. Morava na casa do seu senhor, o egípcio.

3 Seu senhor viu que o Senhor estava com ele e lhe fazia prosperar tudo o que empreendia.

4 José conquistou a simpatia do seu senhor, que o empregou ao seu serviço, pondo-o à testa de sua casa e confiando-lhe todos os seus bens.

5 Desde o momento em que José tomou o governo de sua casa e de todos os seus bens, o Senhor abençoou a casa do egípcio, por causa de José: a bênção do Senhor desceu sobre tudo o que lhe pertencia, na casa como nos campos.

6 Ele entregou todos os seus negócios a José, sem mais se preocupar de coisa alguma, exceto do que se alimentava. Ora, José era belo de corpo e de rosto.

7 E aconteceu, depois de tudo isto, que a mulher de seu senhor lançou seus olhos em José e disse-lhe: “Dorme comigo.”

8 Mas ele recusou: “Meu senhor, disse-lhe ele, não me pede conta alguma do que se faz na casa, e confiou-me todos os seus bens.

9 Não há maior do que eu nesta casa; ele nada me interdisse, exceto tu, que és sua mulher. Como poderia eu cometer um tão grande crime e pecar contra Deus?”

10 Em vão se esforçava ela todos os dias, falando a José; ele não consentia em dormir com ela e unir-se a ela.

11 Certo dia, tendo ele entrado na casa para fazer seus serviços, e não se encontrando ali ninguém da casa,

12 ela segurou-o pelo manto, dizendo: “Dorme comigo!” Mas José, largando-lhe o manto nas mãos, fugiu.

13 Vendo a mulher que ele lhe tinha deixado o manto nas mãos e fugido,

14 chamou a gente de sua casa e disse-lhes: “Vede: trouxeram-nos este hebreu para a casa a fim de que ele abuse de nós. Este homem veio-me procurar para dormir comigo, mas eu gritei.

15 E vendo que eu me punha a gritar, deixou seu manto ao meu lado e fugiu.”

16 E guardou junto de si as vestes de José até a volta de seu senhor.

17 E fez-lhe a mesma narrativa: “O escravo hebreu, disse ela, que nos trouxeste, veio à minha procura para abusar de mim.

18 Mas, pondo-me a gritar, deixou o seu manto ao meu lado e fugiu.”

19 Ao ouvir isto de sua mulher, contando-lhe como se tinha comportado com ela o seu servo, ele enfureceu-se,

20 e lançou José na prisão, onde se encontravam detidos os prisioneiros do rei. E José foi encarcerado.

21 O Senhor estava com ele. Mostrou-lhe sua bondade e fez que ele conquistasse a simpatia do chefe da prisão.

22 Este confiou a José todos o presos que ali se encontravam, e nada se fazia sem sua ordem.

23 O chefe da prisão não fiscalizava nada do que fazia José, porque o Senhor estava com ele e fazia-lhe prosperar tudo o que empreendia.

(Gênesis 39:1-23)

Quanto mais experiência de vida adquiro, mais eu noto como ignoramos a sabedoria antiga que temos a nossa disposição. A Bíblia, os clássicos greco-romanos, os clássicos chineses e tantos outros grandes feitos da sabedoria humana estão disponíveis para nos mostrar claramente que, mesmo com todo o nosso atual “progresso”, a natureza humana pouco ou nada mudou.

Educamos nossos filhos apenas nas disciplinas “modernas”, e fazendo isto acabamos por estragar seu poder de julgamento e os privamos de algumas lições muito importantes. As vezes, eu chego a conclusão que movimentos como o feminismo nasceram muito mais da ignorância do que qualquer outro motivo. É uma estupidez que só pode prosperar com a falta de uma educação verdadeira e um entendimento de nosso mundo.

FONTE

Parece que pouca coisa mudou dos tempos de José para cá...

Parece que pouca coisa mudou dos tempos de José para cá…

4 comentários

Pular para o formulário de comentário

    • Diego Menezes em 08/28/2016 às 18:03
    • Responder

    Barão blz!!! estou sempre lendo os posts do seu blog, fico feliz em saber que não estou sozinho nessa… que existe um remanescente de homens que exergou a realidade.
    Não só a história de josé mas, outras histórias biblicas que serviriam com tema de estudo para esse blog como sansão, davi, salomão e principal a origem do pecado o fruto do Edem,que representa os três desejos do ser humano, mas o ultimo desejo a mulher caiu desejo de poder, por isso a preferencia por homens destacados socialmente.

  1. Estejam certo de que “AS COISAS” pioraram e se sofisticaram muito de José do Egito para cá…Boicotem as malditas feminazis…

  2. China trava e denuncia o feminismo, a democracia, e todo o resto da porra toda.

    http://www.dailystormer.com/china-locks-up-feminists-and-denounces-democracy/

  3. Não li ainda mas lembrei daquela parte do Sermão da Primeira Sexta-Feira da Quaresma:

    E os homens, onde conheceram o amor das mulheres? Não é necessário repetir o exemplo, porque
    já o vimos na amante de José. Não reparou na autoridade, sendo princesa, nem na lealdade, sendo
    casada, nem na desigualdade, sendo ela senhora e ele escravo, porque nada disto via. Por isso diz a
    Escritura, não que pôs os olhos em José, senão que lhos lançou ou lhe atirou com eles: Injecit oculos
    in Joseph (10), para significar que em tudo o que fez e pretendeu obrou como cega. Mas, tanto que
    recuperou a vista, logo viu a falsidade de seu amor, e como se quisesse vingar a Eva, o mesmo que
    Adão disse a Deus disse ela ao marido: Ingressus est servus Hebraeus, quem adduxisti, ut illuderet
    mihi (Gên. 39,17): Eis aqui para que me trouxestes a casa o servo hebreu, para que ele se atrevesse a
    me querer descompor. — Oh! falsa! Oh! desleal! Oh! fementida! Oh! traidora!

    https://librivox.org/sermoes-by-padre-antonio-vieira/

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: