«

»

dez 22 2014

Saga de Gêmeos

Esses dias, conversando com meus amigos rolou o seguinte papo: aquela mulher que joga na sua cara (de forma muito amorosa, claro) que enquanto cafinhas e afins são para se divertir, você é o pra casar.

“Gostoso” demais ouvir isso, não acha?

Um dos meus amigos realmente ouviu isso aí. De uma bem gatinha (baladeira que tinha acabado de falar que tinha dado pra um cafinha pra se divertir). É pra desanimar o juvena padrão.

Mas ele não é juvena. E como bom esclarecido que é, a vingança pode vir a cavalo…

Ao invés de se estressar, ficar revoltado e tal (até que não julgo quem fique, realmente é um belo de um tapa na cara isso aí se não for processado direito) aceite com um sorriso! Confirme! Realmente sou o cara pra casar…

Saia algumas vezes, coma bem comido e tal… alguém ai lembra do “Protocolo M$ol“?

E por fim, de saco vazio e satisfeito, bloqueie ela em todos os meios nos quais tem contato, sem antes é claro mandar isso aqui (ou pelo menos o áudio):

* antes que algum fã chato reclame: sim, eu sei que este no vídeo é o Dócrates e não o Saga de Gêmeos. Mas como no Brasil os dubladores dos 2 personagens (além do Kanon) é o mesmo cara, o grande Gilberto Baroli, fica Saga de Gêmeos o título mesmo.

A dualidade do personagem Saga de Gêmeos é um bom exemplo de como proceder nestes casos indigestos. Ou pode simplesmente mandá-la para

A dualidade do personagem Saga de Gêmeos é um bom exemplo de como proceder nestes casos indigestos. Ou pode simplesmente mandá-la para “Outra Dimensão” rs

3 comentários

  1. Diogo

    Seria melhor responder que é pra casar mas não com ela –

  2. caio2234

    Essa risada de Gilberto Baroli é épica.

  3. TheOgre

    Otimo exemplo!
    Sempre encarando os problemas com o sorriso safo no rosto!
    E não há nada de errado usar dualidade, pois elas são duas caras por natureza.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: