«

»

set 19 2014

Ganhos feministas na Suécia são obscurecidos pelo crescimento dos nacionalistas

* eu não desisti do Canal não pessoal, é que ultimamente eu ando sem tempo e paciência pra mexer com as coisas. Vou tentar manter algum movimento por aqui, pois tem um bocado de gente me pedindo pra retornar com as postagens e eu não quero deixar esse pessoal na mão. Vamo lá!

por W. F. Price, do The Spearhead.com

Nas vésperas das recentes eleições na Suécia, as expectativas da “Iniciativa Feminista”, o partido político declaradamente feminista mais forte do mundo, estavam altas. Mas quando os resultados desapontadores vieram, rostos ficaram cobertos de lágrimas e partidários tiveram que se deitar no chão (possivelmente para evitar lesões advindas de uma queda por desmaio):

As eleições suecas, ocorridas dia 13 de setembro, ofereceram extremos emocionais suficientes para que a fria e indiferente Saga Nóren tivesse que se deitar no chão. Havia lágrimas durante a cerimônia da Iniciativa Feminista durante a contagem de votos – pesquisas indicavam que o partido passaria dos 4% necessários para garantir assentos no parlamento pela primeira vez – mas as expectativas se provaram muito otimistas. A contagem final mostrou que a Iniciativa fechou com apenas 3,1% dos votos: mesmo com o apoio de Pharrell Williams e o membro do grupo Abba, Benny Anderson, ainda assim não foi suficiente para garantir uma das 349 cadeiras parlamentares disponíveis.

Do outro lado do espectro político, os Democratas Suecos, um partido nacionalista que defende a causa dos suecos nativos, tiveram ganhos expressivos, mais do que dobrando sua votação, atingindo 13% do total de votos e se tornando a terceira maior força política do país, apoiados majoritariamente pela juventude sueca.

Estocolmo (AFP) – A socialmente liberal Suécia se uniu a outros países europeus nesta segunda com seu próprio partido de extrema direita, que se opõe aos benefícios generosos que os países nórdicos dão aos seus imigrantes.

“A Suécia está chocada”, disse Haakan Bengtsson, diretor do think thank sueco Arena, depois do avanço dos Democratas Suecos, que defendem uma redução radical na imigração.

Em um país que se orgulha da sua longa tradição de aceitar refugiados, o partido quebra consensos e dobrou sua base de apoio para quase 13% nas eleições gerais de domingo, e se torna o terceiro maior partido depois de apenas um mandato no parlamento.

Isto confirma minha ideia que a política étnica ira triunfar sobre as políticas sexuais no futuro, e nos dá alguma ideia do destino do feminismo americano em na emergente sociedade pluralista americana. Inevitavelmente, o feminismo irá murchar enquanto os fortes laços nacionalistas e familiares que unem um povo irão dominar a política.

Não há nenhuma maneira das feministas formarem uma bem sucedida coalizão multicultural, já que o feminismo sempre foi um movimento composto majoritariamente por mulheres brancas que dependem de usar uma alavancagem sexual para extrair benefícios de seus próprios homens.

Não acredita em mim? Olhe para esta foto retirada na celebração pós eleição da Iniciativa Feminista:

iniciativa feminista

Quantos somalis, sírios ou paquistaneses você consegue encontrar nesta imagem? Nem um simples chador…

Para efeitos de comparação, aqui vai uma foto do Partido Social Democrata Sueco (partido de esquerda multiculturalista):

swedesislam

FONTE

7 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Anjo Censurado

    É bom voltar a ativa!!! Até nos sites nacionais andam pipocando discursos contra a visão do feminismo!rsrs

    1. Barãozin

      Sim, mas vou ter que reduzir um bocado o ritmo. Tou todo enrolado aqui.

  2. Lord Vader

    “o feminismo sempre foi um movimento composto majoritariamente por mulheres brancas que dependem de usar uma alavancagem sexual para extrair benefícios de seus próprios homens” Definição perfeita. Contra fatos não há argumentos.

  3. Vasiliy Zaytsev

    SENSACIONAL! Muito legal ver os jornalistas do mundo todo temendo o crescimento da “extrema-direita” (ui, que medo!) na Europa, hahahaha… não foi dessa vez para as feminazis mais virulentas do mundo.

  4. Marcelo

    Finalmente uma boa notícia!

  5. Punisher

    Gråtande är gratis, jävlar! (“O choro é livre, filhas da puta”, em sueco)

    1. ninja

      hahahaha muito bom

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: