«

»

jun 25 2014

Pais feministas

O fracasso, resumido em uma imagem.

O fracasso, resumido em uma imagem.

 

por W. F. Price, do The-Spearhead.com

Um cara de Nova Jérsei ganhou bastante atenção na internet recentemente por postar uma foto usando esta camiseta ridícula anunciando ao mundo que sua filha faz o que bem entender de sua vida sexual. Já que sua filha tem atualmente 20 anos e vive na sociedade americana, basicamente ela realmente faz o que bem entender, mas ele teve a necessidade de anunciar isso para todo mundo ver.

Aqui temos sua afirmação feminista:

“Regras para sair com minha filha

1. Eu não faço as regras
2. Você não faz as regras
3. Ela faz as regras
4. O corpo é dela, as regras são dela

Pai Feminista”

Me parece que a implicação é que isto deve começar assim que a menina amadurece sexualmente, o que é algo que ocorre muito cedo. A maturidade sexual (não confunda com isso com atingir a idade adulta) começa na época da 6ª a 8ª série para a maioria das crianças. A genitália e os órgãos reprodutores já estão trabalhando com força total por volta dos 14 anos, e o desejo sexual já é bem forte.

Qualquer pai que diz para sua filha jovem que ela é livre para fazer o que ela quiser, sexualmente falando, está sendo negligente na melhor das hipóteses. Felizmente, poucos pais são assim, e tais pais tendem sofrer de problemas psicológicos graves ou são criminosos/predadores sexuais. Sim, temos pais (e mães) que não vêem nada errado nisso, mas por sorte eles são raros.

Duvido que este pai usando tal camiseta idiota entre em uma das duas categorias. Talvez, ele esta apenas tentando racionalizar o fato que sua filha está solta num mundo hedonista no qual ele basicamente tem nenhum controle. Eu até o entendo. Eu talvez esteja numa situação similar daqui uns 10 anos.

Mas ele está lidando com isso de uma forma completamente errada, e digo porque:

Quando eu era adolescente eu adorava esses pais “progressistas”. No geral, os pais tocam o terror. Eu já passei sufoco com alguns pais em algumas ocasiões, e já tive que sair correndo algumas vezes pela porta dos fundos. Se não fosse pela maioria dos pais, as coisas seriam muito mais fáceis – as garotas estavam com tanta vontade quanto eu. Mesmo caras mirrados podem me encher de pavor quando eu vejo seus olhos brilhando de ódio caso eles me pegavam bolinando suas filhas. Este fator de dissuasão dificilmente pode ser exagerado.

Padrastos, no geral, não ligam pra nada, e raramente tem alguma autoridade. Mães solteiras – quem as leva a sério? Mas realmente, pais honestos e presentes são um problema. Mexer com suas filhas é como andar descalço num campo cheio de cascavéis. Claro, é possível sair ileso, mas é bem perigoso.

Entretanto, temos alguns pais “esclarecidos”. Suas filhas eram as mais fáceis de todas. Algumas eram tão rodadas que a maioria da molecada nem ser pegos sozinhos com elas, por medo de cair no ridículo por pegar tranqueira. Mas em alguns casos elas eram bonitas, então qual o problema? Eu ainda me lembro dessas pobres garotas, e até me sinto um pouco envergonhado por elas. Uma tinha um pai que era um rabino reformista super liberal. Outra tinha um pai franco canadense que era nudista.

Eu não posso ajudar, mas imagino que o fato do pai ser tão relaxado não ensina as garotas que sua própria sexualidade é desvalorizada. Se seu pai tá nem aí com o que você faz com seu corpo, se você é uma mulher, você não vai pensar que sua sexualidade tem algo especial ou vale alguma coisa.

Claro, sempre vemos garotas que vadiam por aí mesmo tendo pais bem restritivos e conservadores. Mas são exceções – não a norma. Na minha experiência, as mais fáceis -as vadias, falando mais claramente – eram as meninas que não tinham um pai ou tinham pais que eram muito relaxados em relação a este assunto. Aqueles pais mais firmes no quesito moralidade sexual demandavam que os caras mostrassem mais valor antes de sequer chegar perto de suas filhas.

Então que tipo de filha que o Sr. “Pai Feminista” deve ter? Acho que esta imagem diz tudo.

fonte: http://www.the-spearhead.com/2014/06/20/feminist-fathers/

12 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Vilhena

    Acho bom o que ele disse. Basicamente significa que podemos comer a menina em paz que ele não fará nada. Caras assim que tem filhas novas são o céu, certamente é muito fácil conseguir algo com a menina. Deixa ele pensar que o corpo da menina é dela e ela faz o que quer com ele, que assim seja, ai é só fazer a cabeça dela e ela vai ser bem depravada para você.

    Um cara deve se preocupar com a própria filha, não com a filha dos outros, se ela vai ou não ser puta.

  2. caio

    um pai que diz umas merdas dessas é o mesmo pai que vai apanhar do “namoradinho”(tomara que seja um gangster) da filha dentro da própria casa… parabéns frouxão!

  3. Paulo Oliveira

    Esse pai aí tá mais pra “pai de família” (aquele). HAHAHAHAHAH Cuckold de merda.

  4. Abigail Pereira Aranha

    Comentei no original e repito aqui (traduzido):
    Oi, meu querido. Eu li e gostei de vários textos seus em português (eu sou do Brasil, mas, por favor, as mulheres brasileiras não são todas prostitutas). Mas aqui você vai por um caminho perigoso: você mostra lutar contra o Feminismo como voltar para aquela época em que um homem era caçado por um roceiro analfabeto sexualmente frustrado toda vez que tentava falar com uma mulher. Outro erro perigoso: como costumo dizer aqui no Brasil, se estivesse nas mãos das feminazistas, nós teríamos um apartheid lésbico, não uma sociedade com abundância de sexo. Você viu que no Canadá líderes evangélicas (mulheres) se uniram a feministas para bloquear pornografia na internet? Se esqueceu de que o Manifesto SCUM diz que quanto mais tola é a mulher, mais heterossexual ela é? Nós, que lutamos contra o Feminismo, não podemos lutar contra ameaças fantasmas.
    Abaixo o Feminismo e o Socialismo! Viva a safadeza!
    Beijos.

    1. Paulo Oliveira

      Boa, Abigail. Na veia.

  5. Merovingian Persephone

    Na moral, … ler essa porcaria (não pela matéria em si, mas mais pelo que ela representa: a veadagem velada dos emasculados), me custou algum esforço, porque realmente tenho dificuldades em assimilar, até mesmo a presença destes idiotas. Mas seguindo adiante, depois de superada a leitura, só me ocorre outra situação de horror ainda pior: é que tenho filho homem (criança) e, mais cedo ou mais tarde, quando ele tiver uma namoradinha, seja a vagabunda que for (porque invariavelmente será), que ela não me venha com um excremento de pai como este, pois olhar para a cara de um verme destes disparará um ataque de fúria em mim. Uma merda destas está mais para aquelas velhas putonas, donas de bordel do que para pai……………….aih eu fui discorrendo aqui nessa porcalhada toda (texto), e fui remetido diretinho para o pai da minha esposa! Ahhhhhhhhhhh! O melhor adjetivo que tenho para ele, com efeito e propriedade, é “V A G A B U N D A”! O vermezinho de que falo, gostava de dar surras nas duas filhas, ainda meninas, e o acabamento artístico que ele empregava era de ordenar que elas ficassem nuas e as submetia ao uso de vinagre e sal no fim das seções. Há outras pérolas, como jogar tijolos na cara, sempre com um ar de moralidade típico de machão violento, no entanto, tratava as filhas como vagabundas e admitia todo tipo de pilantra e marginal que pudesse “angariar”. O grande “melé” era ver as filhas entregues a toda sorte de maledicências, como se daí ele extraísse alguma notoriedade ou valor, às custas da saúde das mesmas. Tudo isto me embrulha o estômago e me deixa em pronta guarda contra qualquer imbecil que se sinta no direito de moralizar alguma coisa sobre a educação adotada por esses merdas. Para mim, isto não passa de coisa de “vagabunda”, agora importada para o mercado emasculado de pais.

  6. Pompeu Teles

    Parece que já temos o trouxa do ano, e olha que estamos entrando no segundo semestre mas será dificil alguém superá-lo, talvez Ronaldo gorducho o faça. É o império americano em franca decadência!!

  7. Jonyway

    Vejo outro problema que atualmente também interfere na criação das mulheres. O pai mima muita a filha e dá liberdade para ela fazer o que quiser desde muito nova (desde criança). Vejo filhas desrespeitando o pai, desobedecendo e respondendo à altura. O pai apenas ri e diz que é uma gracinha a filha dele (“ela é ativa”). Ridículo. Com os meninos a coisa é bem diferente. Acho que os homens tem as mulheres que merecem neste século. Quando não é homem mangina, é pai frouxa diante do sexo feminino.

    1. Muchacho

      Bem lembrando Jonywat !!!

  8. Sapo

    “Regras para sair com minha filha
    1. Eu não faço as regras
    2. Você não faz as regras
    3. Ela faz as regras
    4. O corpo é dela, as regras são dela

    Fail. Se o pai é frouxo e nao faz as regras, não vai ter moral nem força nenhuma para impedir que o cara que tá comendo a filha dele as faça.

  9. Fernando

    Esse pai é um exemplo da geração de homens frouxos e emasculados pelo feminismo dos dias de hoje,depois quando a filha dele aparecer grávida de algum cafa e não saber quem é o pai ele que será o responsável por criar o filho da filha que vai ser mãe solteira.

  10. Daniel

    Minha mãe agradeçe por não ter tido filhas!, as vezes quando ela diz isso, parece que precentia que a nova geração de mulheres seria estragada, esse pai da foto em um derrotado mesmo, sofreu a lavagem cerebral feminista que estragou seu pais, as familias e suas filhas!!! conheço uma moça, que os pais dela e muito rigido, a criação dela foi extremamente no modelo de 40/50 anos atrás, ela me disse que os pais dela sempre disseram a ela que namoro,casamento era “coisa errada”, eu acho que “prenderam” ela mais por questões sexuais, a moça está com 25 anos, e nunca ficou como ninguém , e nem deu um beijo na vida,ela e até e um pouco revoltada pela criação rigida que teve, mas demonstra ter principios hoje em dia, e disse que começou a pensar em namorados com 22 anos de idade, e quer se casar virgem,ela muito inteligênte e séria , e por não ter tido uma criação largada por seus pais, hoje ela sabe o que e certo e o que e errado, ela sabe que a maioria esmagadora das mulheres de hoje em dia, são vagabundas e interesseiras, que se entregam a qualquer cara em qualquer lugar, e isso as prejudicará direta ou indiretamente no futuro.isso e o reflexo de uma mulher que teve uma boa educação, e que os pais foram responsaveis com ela, e demonstrando o quanto a amam,e o quanto e importante ter pais que se importem com seus filhos(a) para ser pessoas confiaveis e honestas no futuro.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: