«

»

maio 07 2014

Quem disse que “sexo é a melhor coisa do mundo”?

por Aaron Sleazy

sexo ruimVocê já viu qualquer um daqueles filmes para adolescentes estilo American Pie, ou já folheou uma dessas revistas voltadas ao público jovem? Ou simplesmente já escutou o que os outros dizem sobre o assunto? Caso positivo, você então deve saber que o sexo é algo absolutamente fabuloso, sem dúvida a melhor coisa do mundo. Entretanto, assim que você faz sexo, você nota que não é bem assim. Claro, é algo bom obviamente, mas dificilmente é algo muito superior a masturbação. Pode-se dizer que é diferente, mas nem para melhor ou pior.

Se bem que isto não é bem o correto. O sexo pode ser ainda pior do que bater uma. Eu já tive “trepadas” que eram infinitamente piores que a minha pior punheta. Eu acho que jamais falhei em me dar prazer, mas não é algo que eu possa falar de todas as garotas das quais eu mantive relação. Na verdade, eu acabo por me questionar se ir atrás de mulher apenas visando sexo é algo que realmente valha a pena. Eu acho que qualquer cara que tem a opção de ter a sua disposição muitas mulheres – ou seja, uma minoria de caras – eventualmente chega a um ponto em que ele simplesmente fica farto de sexo. A razão do porque estes caras vão atrás de sexo casual, no entanto, tem mais a ver com um senso  de validação, mas mesmo isto acaba ficando chato depois de um tempo.

Vamos olhar para o panorama geral, entretanto: como um cara se sente em relação ao sexo que vive numa sociedade super sexualizada onde oferece a ele pornografia em alta definição com muita facilidade e aonde seios e bundas estão estampadas em praticamente toda propaganda que ele vê, mas ao mesmo tempo ele tem pouca ou nenhuma experiência sexual? Se ele for um virgem, ele irá pensar que está perdendo algo, e se sentirá miserável sobre isto (algo que é muito comum). Por outro lado, se ele é um desses desesperados que conseguem dar uma trepada a cada 4 anos, ele irá pensar que o sexo é algo especial apenas porque isto é um artigo raro para ele.

Eu acredito que a imagem do sexo ser tão propalada como algo fabuloso bota uma pressão tremenda em cima dos caras, já que eles tem que tomar a dianteira para poder tê-lo. Uma mulher simplesmente pode se deitar e esperar que um cara faça todo o serviço para ela, mesmo se isto leve a uma experiência pífia para ambas as partes. Um pequeno comentário, a passividade dessas mulheres pode explicar todas essas “pesquisas” onde se afirma que por volta de 30% das mulheres nunca tiveram um orgasmo. Elas estão apenas ali, deitadas, sem mover seus quadris, nem contraindo suas vaginas, não fazendo nada, então como elas querem ter algo ali?

Você pode quase descrever o mito do sexo como uma espécie de golpe muito bem elaborado, com o objetivo de encorajar moças e rapazes para experimentar o sexo, e fazer com que o cara comum seja jogado no meio do “sistema”. Imagine se espalharem a mensagem que o sexo não é muito melhor que uma simples punheta, ou que a maioria das mulheres são ruins de cama? No momento seguinte nosso amiguinho virgem não vai se sentir tão mal assim por ser virgem, ou se ele mal consegue transar. Ele irá se tocar que não está perdendo tanto assim. A ironia, entretanto, é que ele realmente não está perdendo tanto assim, só que não sabe.

Se o parágrafo anterior parece muito absurdo para você, então gostaria de lembrá-lo que em alguns países tem um sistema não público de educação superior para poder formar uma força de trabalho dócil e endividada. Possuir uma casa própria é algo tido como objetivo maior para fazer com que a força de trabalho seja ainda mais controlável. As dívidas são uma força poderosa. Você pode levantar o mesmo argumento baseado no fato que os planos de saúde nos EUA são amarrados ao seu emprego. Amarrados por dívidas escolares, prestação da casa e plano de saúde que é atrelado ao seu emprego, você provavelmente pensará duas vezes antes de reclamar de alguma coisa no seu serviço. Mas o que é um grande motivador para que caras comprem uma casa e tenham dinheiro? Ora essa, ter mulher…

fonte: http://aaronsleazy.blogspot.com.br/2013/06/who-came-up-with-sex-is-greatest-thing.html

9 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Passos

    aqui na terra se ha coisa melhor do que Sexo eu não sei, mas falando em sexo existem varios tabus a respeito, opniões certas,incertas e erradas. é impossivel descrever tal sensação mas meu método. é sempre satisfazer, ve-la se deliciando, ” Não há paisagem mais bonita no mundo que o rosto de uma mulher com tesão. Ela fechando os olhos e mordendo os lábios. Passando a língua na boca,acariciando os seios…chegando a contorcer o corpo inteiro!!Paisagem melhor não há.”

  2. jonyway

    O sexo é incentivado pela mídia porque há objetivos financeiros, até maiores que os relacionados à satisfação pessoal. O homem aprendeu a gastar até o que não tem para ter sexo miserável. Foi essa mentalidade que nos trouxe até aqui. Mulheres aquecidas por essa visão aproveitam de duas formas essa burrice masculina : Ou escancaram a troca como as prostitutas fazem ou simulam uma relação decente em busca de luxúria.

    O homem precisa deixar de lado o modo arcaico de encarar o sexo. Por isso o auto controle nunca foi tão importante nos tempos de hoje. Os pensamentos precisam de novos horizontes. Os desejos precisam ser mudados. Nunca fiz sexo por dinheiro e acho tolice demais isso.

    Já tive várias sensações ruins pós coito. Algumas foram de arrependimento. A queda é brusca depois da ejaculação. Acho que toda essa energia deveria ser melhor aproveitada com coisas que, quando alcançadas, o nível de satisfação permanece por muito mais tempo.

  3. ícaro

    Ótimo artigo, sexo não é tudo isso que o mundo diz. Sim é bom pra caralho, mas não tudo isso que escutamos.

  4. Contrapondoideias

    “Eu acho que qualquer cara que tem a opção de ter a sua disposição muitas mulheres – ou seja, uma minoria de caras – eventualmente chega a um ponto em que ele simplesmente fica farto de sexo”

    Isto resume um bocado de coisas. Pra quem já tem maturidade, sabe o que isto quer dizer. Todas, simplesmente todas as mulheres são sempre a mesma coisa. Chega um ponto que satura.

    Outra coisa que teno observado, estudado: há uma correlação muito grande entre sexo e drogadição. Praticamente exerce o mesmo efeito no organismo. Observem e descobrirão.

  5. Andirá

    Eu abordei uma questão parecida em um antigo fórum masculinista “Sem mulher do lado, o homem não vive sob pressão”. Lá mostro que somente a razão pela qual um homem se sente obrigado e pressionado a dar duro o dia inteiro é para bancar uma mulher, para sustentar a sua família. Retire a “mulher” da lista de prioridades de um homem que você verá que não restará mais nenhum sentido para este se matar de tanto trabalhar. Eu mesmo sou um que não tenho a menor preocupação com mulher. Solteiro, sem filhos, e portanto, livre para escolher o meu caminho. Claro, sofro cobranças da família por não ter um emprego fixo, mas já deixei bem claro para todos que minha meta é ser profissional de marketing de rede, e que não vou descansar enquanto não obter sucesso em alguma empresa de multinivel. Ih, é tanta encheção de saco que vocês nem imaginam, senhores. Mas sigo em frente com a minha convicção, pois sei que quando minha vez chegar, será pra valer! Vou botar muito parente chato no bolso e calar a boca deles, tenho certeza absoluta disso.

    No mais, para quem quiser saber do meu post, aqui vai ele novamente. Espero que apreciem ele. Abraço a todos.

    SEM MULHER DO LADO, O HOMEM NÃO VIVE SOB PRESSÃO

    Você por certo sabe que o casamento não é lá mil e uma maravilhas. Sabe também que é muito dificil agradar uma mulher numa relação estável, e que apesar disso tudo boa parte dos homens procuram algo sério com alguma mulher. Mas você alguma vez parou para analisar como é a vida de um homem sem uma mulher do lado? Ah já sei: você pensa que ele vive triste, deprimido, doido pra ter alguém para poder ter sexo e amar, não é verdade?

    Não. Não é bem assim, meu amigo. A vida de um homem sem uma parceira fixa, longe de ser um problema, pode na verdade ser a melhor forma de vida do mesmo. Vou explicar o por quê disso agora.

    O homem, desde cedo, é incentivado a estudar para depois se formar e arrumar um emprego. Desde cedo ele é pressionado para ter boas notas na escola com o intuito de passar de ano. Chegando na adolescência, ele se depara com outro tipo de pressão, que será mais frequente em sua vida, que é a de trabalhar para poder se sustentar e futuramente constituir familia. Algumas vezes ele se dá bem e consegue arrumar emprego logo. Outras vezes, ele demora muito para conseguir seu primeiro posto de trabalho, por causa da enorme exigência do mercado profissional. Assim, ao conseguir seu primeiro emprego ou negócio, ele logo começa a pensar em arrumar uma namorada. Então, ele sai a caça de mulheres, ora nas baladas, ora no carnaval, ora numa festinha entre amigos…o fato é que ele não quer ficar para trás dos amigos e ser motivo de chacotas por não pegar mulher alguma. Ele então para aumentar seu poder de barganha compra uma moto ou carro em prestações a perder de vista, tudo com o intuito de pegar a mulherada que ver pela frente. Então, dia após dia, ele está lá no trabalho, acordando cedo e chegando tarde em casa, porque tal trabalho consome boa parte do seu tempo. Terminando o serviço, ele às vezes sai com os amigos para tomar aquela cervejinha, e às vezes ele chama a namorada para sair para comer alguma coisa ou leva-la pra passear num local mais reservado para eles, indo parar muitas vezes no motel. Daí ele fica feliz porque está comendo alguém e ganhando dinheiro, que muitas vezes não dá para ele investir em algum patrimônio porque ganha pouco, e esse pouco que ganha é gasto com mulher.

    “Depois de um certo tempo, a mulher não mais está contente com o mesmo, seja porque ele trabalha demais ou porque nunca tem grana o suficiente para poder bancar aos caprichos dela e comprar a sonhada casa própria, já que a essa altura do campeonato a mulher não quer mais viver na casa dos pais. Então ela começa com conversinhas “inocentes” sobre aprofundar a relação, morar junto e casar. Ele então, ao perceber que a mulher espera algo mais dele, logo trata de fazer algo para ter seu salário aumentado, fazendo horas extras ou procurando nos classificados uma oportunidade melhor de trabalho, com remunerações e benefícios maiores, de forma que possa ter condições de financiar uma casa própria e morar com a mulher que está com ele.

    Quando consegue ser promovido ou arruma outro emprego, ele logo fica feliz, porque assim poderá adquirir o seu sonho – pra não dizer o da mulher – de comprar uma casa própria e o carro do ano. Mas por outro lado, percebe que suas responsabilidades cada vez aumentam mais, que tem que se qualificar ainda mais, manter-se sempre informado, fazendo cursos, participando de congressos, entre outras coisas, para se tornar um especialista de não sei lá o que para poder ganhar uma graninha a mais, que muitas vezes não é para ele gastar consigo próprio, mas sim pagar as contas de telefone celular, gasolina, energia, água, condominio, etc. Ah, tá certo que a mulher também trabalha hoje em dia e pode ajudar a custear as despesas. Mas será mesmo que ela está disposta a gastar metade do que ganha – que muitas vezes é uma mixaria – para ajudar a cobrir as despesas da casa, o lugar que está sendo comprado com a maior parte do dinheiro proveniente DELE e que é para o conforto dela? É RUIM, HEIN? Se puder, ela vai gastar tudo que ganha consigo mesma, pois na concepção dela o homem é quem tem que ganhar mais e arcar com as principais despesas.

    Assim, o homem segue a sua vida, se cobrando constantemente por ter bons resultados no trabalho de forma a manter seu emprego e a sua familia, quase nunca gastando dinheiro consigo próprio, para o seu lazer, somente para manter as contas pagas em dia. Isso porque não mencionamos os filhos, porque aí que ele não terá sossego mesmo, ao saber que tem alguém que depende do esforço dele para ser alimentado diariamente. Assim segue o homem, se cobrando e sendo cobrado no trabalho, dando duro para enriquecer na maioria das vezes o seu chefe ao invés dele mesmo. Sem mencionar também que no seu contracheque vem um monte de impostos deduzidos, dinheiro que poderia ser juntado para comprar algo útil para ele ou para gastar em alguma coisa do seu agrado.

    Quando chega as férias, ele pensa que está livre, leve e solto, que terá uma grana pra compensar o duro que deu o ano todo, mas percebe que o que ganha dá apenas para fazer uma viagenzinha com a familia para o interior, e que já tem que planejar o orçamento, sobretudo para comprar material escolar para os filhos para o ano que está para vir.

    Nessa brincadeira toda, já se passaram 10, 15, 20 anos de relacionamento, e perguntamos a você, nobre leitor: quando é que esse homem vai parar para poder se divertir, fazer o que realmente gosta, o que quer? Que dia esse homem parou para descansar a mente, ler algum livro, se divertir com os amigos de infância ou do trabalho, relembrar bons momentos da época da juventude? que dia ele pôde se dar ao luxo de jogar uma sinuquinha, xadrez; jogar golfe, jogar aquela peladatodo final de semana? Ele bem que gostaria de fazer isso, mas percebe que além de o tempo passar rápido, seus amigos também estão enfrentando a mesma rotina dura que eles e não têm tempo para sair com ele.

    E assim o homem envelhece, só podendo se dar ao luxo de fazer essas coisas quando se aposenta, mas muitas vezes ele já está mal, doente, de tanto estresse acumulado ao longo de sua vida com trabalho, mulher e filhos.

    E a mulher, será que envelhece assim também, ou ela sai, se diverte e conversa muito mais com as amigas?
    Será que a mulher tem o mesmo tanto de preocupação que um homem tem a ponto de deixar de lado os amigos e os interesses próprios para se acabar no trabalho e cuidando de filhos? Só se ela for mãe solteira ou viúva, porque do contrário elas envelhecem muito bem.

    Percebeu como que é a vida de um homem que segue o sistema tradicional? Agora compara a vida do mesmo com a de um homem solteiro, que você verá que o mesmo estará isento de todas essas coisas estressantes e que pode com mais facilidade optar por ter o estilo de vida que quer, sem se preocupar com a pressão de ser mandado embora do trabalho e não ter grana pra sustentar mulher e filhos.

    Por isso eu digo: homem sem mulher não vive sob pressão, só se quiser. Mesmo assim a pressão será apenas interna, jamais externa. Homem solteiro é mais feliz. Só não sabe disso…

    1. Leandro Tavares

      eu estava a ler que cheguei a conclusao que estás a usar a ladainha desse sistema de piramide , que muito glamorosamente chamam negocio de rede de marketing multinivel

    2. jck bauer

      e olha que é dificil se qualificar, estudar solteiro já é muito difícil, com mulher fica mais ainda, tenho primos que estao casados, esses estagnaram, ganham pouco, tenho amigos casados, a dificuldade de conciliar as duas coisas é enorme. Melhor se qualificar ficar solteiro, comprar os bens e quem sabe viver com alguém, nao dá pra construir o segundo andar sem antes construir o primeiro.

  6. Apolo Santin

    E pensar que quando se é novinho, até casa para ter sexo. Tolice! Realmente com o tempo vc aprende a encontrar a mulher mais completa, companheira, compreensível, amiga e também que goste de sexo, mas quantas gostam de sexo depois de uns 3 anos com o mesmo parceiro? A vida é assim.

  7. MisterKratos

    O sexo para mim deixou de ser prioridade desde 2012, cansei de ficar excitado e receber “cara de cu” em troca, mesmo algumas “primas” sendo pagas fazem a coisa de má vontade que chega a dar nojo, quando o homem realmente atinge a maturidade o que ele deve procurar numa mulher é a compreensão e companheirismo nas horas difíceis porque amor é impossível de se achar,mas nem mesmo esses dois últimos atributos não acharemos facilmente, então optei por ficar sozinho.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: