«

»

maio 28 2014

Como Vladimir Putin desarmou o Femen

* matéria antiga (do ano passado) mas com uma reflexão bem interessante. Vale a leitura.

por Matt Gurney, do National Post

Duas protestantes afiliadas ao Femen, um grupo feminista ucraniano, surpreendeu o presidente russo Vladimir Putin e a chanceler alemã Angela Merkel na cidade alemã de Hanover. O Femen tem apenas uma carta na sua (inexistente) manga: jovens atraentes escrevem slogans em seus peitos e nas suas costas e ficam de topless em público. Isto atrai a atenção para elas, e assim, segundo a lógica delas, a sua causa. O incidente em Hanover é apenas mais uma demonstração desta tática em ação.

Infelizmente para o Femen, entretanto, o presidente Putin achou um jeito de roubar o show para si, e ainda fez com que o Femen parecesse estúpido. O dano feito ao Femen pode ter sido fatal.

O Femen se identifica como um grupo feminista radical. Elas protestam contra a prostituição, contra grupos políticos ou religiosos que oprimem a mulher e contra a opressão ao direito dos homossexuais. Seus protestos são bem documentos pela imprensa mundial, mas a questão que fica em aberto é se o Femen é um movimento sério e efetivo ou, francamente, uma modinha. A mídia, no geral, as tratam com seriedade. Mas está longe de ser claro que o público faz.

O Femen, obviamente, se trata muito a sério. Nas palavras de uma de suas fundadoras e uma das que apareceram de topless para Putin, Alexandra Shevchenko: “quando a nudez de uma mulher não é controlada pelo homem, quando ela não a usa para entreter o homem, ou para dar satisfação sexual ou promover produtos masculinos – quando ela usa sua sexualidade para seus próprios objetivos, objetivos políticos – isto faz com que o patriarcado fique muito irritado. E você pode ver os resultados.”

O problema é: o resultado do protesto em Hanover pode muito bem ser visto, e não foi de irritação.

Pela cara do Putin, parece que ele ficou bastante "irritado"...

Pela cara do Putin, parece que ele ficou bastante “irritado”…

A foto (acima) diz muito. Enquanto as duas mulheres avançam em protesto, Putin parece… excitado. Entrevistado depois sobre o incidente, ele foi sucinto: “Eu gostei.”

Impacto direto.

Não apenas Putin se divertiu com tudo isso – e essas ativistas são conhecidas pela falta de senso de humor – mas ele também passou por cima da vontade do Femen em não entreter ou dar satisfação sexual para o homem. Ele viu belos seios e adorou. Todo o arsenal de artimanhas do Femen foi tirado de ação.

Obviamente que o Femen não gostou nada disso. “Putin é um safado,” foi a eloquente resposta de Shevchenko. “Um presidente de uma nação européia jamais falaria algo do gênero – eu gostei dela, em tal conotação sexual. Ele faz isso porque é um estúpido.”

Talvez. É certo que sob Putin, a Rússia retrocedeu para uma autocracia, e Putin tem sérios abusos contra os direitos humanos na sua ficha. É legítimo protestar contra ele. Mas Shevchenko acerta na mosca sem saber ao falar que nenhum líder europeu reagiria da forma que ele reagiu. E este é o problema com o Femen: suas táticas de choque funcionam melhor em países politicamente corretos, onde elas são menos necessárias. Sociedades polidas e civilizadas podem se incomodar com slogans raivosos escritos em seios nus, mas em países onde os direitos humanos são fracos e a mulher é mais oprimida, tudo isso não passa de um divertimento bizarro, na melhor das hipóteses.

Todo o poder investido no Femen vem do desconforto politicamente correto dos líderes ocidentais quando estão diante de qualquer coisa controversa ou, especialmente, sexual. Isto não funciona com Putin, um homem que posa para fotos (sem camisa, também) ao lado dos animais que ele mesmo abate, apenas para mostrar ao seu povo o quão macho ele é. Na verdade, mesmo que o Femen as vezes direciona seus protestos para causas válidas, suas táticas são, bem, imbecis. Não ajuda em nada ficar pelada, e na verdade isto pode ser um retrocesso. Putin riu delas, e isto faz com que ele fique mais poderoso.

O Femen talvez poderia aprender com a PETA. Este grupo de defesa dos animais também tinha o hábito de mandar moças atraentes nuas em seus protestos contra a venda de peles ou contra o consumo de carne. Alguns anos atrás, eu vi uma foto de tal protesto, com um cara atrevido, com um barrigão, de pé ao lado delas, também sem camisa e comendo um grande hambúrguer. Ketchup e o prazer de comer escorria pelo seu peito amplo. Isso foi hilário, e eu nunca vi mais o pessoal da PETA protestar da mesma forma novamente.

O Femen pode acabar se marginalizando. O Putin, apesar de todos os seus defeitos, descobriu seu ponto fraco. Quando diante de protestantes nus, aproveite o show, e diga que gostou. Eles não tem resposta contra isso.

fonte: http://fullcomment.nationalpost.com/2013/04/11/matt-gurney-how-vladimir-putin-beat-femen/

2 comentários

  1. Anjo Censurado

    Seguindo o quadro noticias do dia a dia:
    Segura que a baguela nao acabou ainda…
    “O já famoso comercial em que Compadre Washington fala “Sabe de nada, inocente” será retirado do ar. O Conar (Conselho de Autorregulamentação Publicitária) recomendou nesta terça (27) que a expressão “Ordinária”, dita pelo cantor, seja retirada do anúncio do site de classificados Bom Negócio.

    A entidade considerou o anúncio “desrespeitoso” para as mulheres, após a reclamação de cerca de 50 pessoas que se sentiram ofendidas com o bordão. Segundo o Conar, a expressão extrapolou o limite do bordão.” http://noticiasdatv.uol.com.br/noticia/televisao/conar-tira-do-ar-comercial-ofensivo-de-compadre-washington-3544
    – Pelo menos os comentários são sensatos no final da reportagem.

  2. Guilhermo

    Um bando mulheres nuas em praça pública protestando contra serem tratadas como símbolo sexual – é realmente engraçado.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: