«

»

mar 05 2014

Se preocupando a toa

filaspor zed, do MGTOW Foruns

Parece que temos um bocado de paranoia entre aqueles caras que experimentaram a “pílula vermelha”. Eu não tenho muita paciência para caras que ficam tão preocupados com o que as “autoridades” irão fazer contra nós se não nos conformarmos ao sistema – seja agora ou daqui 15 anos.

Tudo isso se resume a motivação e complacência. O homem se submeteu aos valores culturais no que concerne seus papéis na sociedade porque ele era motivado a fazer isto. Quando estamos falando de acordar todo santo dia as 05:30 da manhã para ir trabalhar, se matar o dia inteiro  e em seguida metade da noite no serviço a motivação interna é a única coisa que faz ele ficar de pé. O homem fazia isto porque ele queria fazer tal coisa, e forçá-lo a fazer isto é bem mais difícil por muitas ordens de magnitude.

Quando o homem perde a motivação para se submeter voluntariamente as normas culturais, nenhuma forma de coerção no mundo irá recuperar os antigos níveis de produtividade.

As culturas vivem e sucumbem por causa de sua capacidade de transmitir e fazer cumprir seus valores culturais. O homem trabalha duro por vontade própria se ele notar que trabalhar duro compensa. Nada pode substituir a escolha voluntária quando o assunto é produtividade.

O antigo método de se fazer cumprir os valores culturais era dar ao homem que as cumprisse recompensas e punições para aqueles que as não cumprisse. Tire deles tal mecanismo de reforço e os valores e comportamentos que eles apoiavam começarão a perder força.

Por volta da metade do século XX a maioria das culturas mudaram e começaram a punir os homens que demonstravam tais valores. O melhor jeito de evitar tais punições era não demonstrar que tinha estes valores, ou que levou ao repúdio de sua importância.

Atualmente, agora que as culturas estão começando a perceber que sua própria existência depende do homem ter que fazer o que ele sempre fez no passado, eles estão tentando mudar as coisas e continuar a punir os homens que ainda demonstrem os antigos valores, e tentar punir aqueles que não demonstrem eles de forma ainda mais pesada.

“Campos de concentração” não conseguem produzir o suficiente. Eles só servem para duas coisas: induzir o medo e o extermínio. Em níveis culturais este processo é extremamente custoso, a menos que os prisioneiros tenham um belo patrimônio para ser confiscado. Aqueles que não tem o suficiente para ser roubado não valem tal esforço.

O MGTOW (N.T.: “Homens seguindo seu caminho/destino, numa tradução livre) é um rótulo dado após as coisas acontecerem, para um fenômeno que já estava sendo observado. As taxas de casamento nos EUA vem caindo desde a década de 1970, e em boa parte da Anglosfera este fenômeno vem sendo observado. Os pioneiros daquilo que hoje chamamos de MGTOW eram chamados de “imaturos que tem medo de se comprometer” lá nos idos de 1970 e 1980. E a taxa de casamentos só continua a cair, não importando o quanto de insultos que jogam em cima deles e as várias tentativas de manipularem os caras a meterem os pés pelas mãos. E então os caras simplesmente resolveram sair de vista, e as pessoas tiveram que chamá-los de alguma coisa, então os chamam de “fantasmas”.

Não há forma de punir os homens para que eles aceitem de volta os antigos valores culturais. O melhor que eles poderiam fazer é criar um estado policial que forçaria algum nível de conformismo, mas no fim eles terminariam numa situação semelhante a antiga União Soviética, onde as pessoas tinham que ficar meio dia numa fila só para poder comprar papel higiênico.

Existe essa coisa realmente bizarra acontecendo com rótulos. Todos os meus amigos e familiares sabem minha opinião no que concerne o casamento, mas nenhum deles conhece o termo MGTOW ou pensaria em aplicar ele em mim. Eu sou apenas um daqueles caras que aparentemente nunca teve vontade de se casar ou ter filhos. E entre meus conhecidos, também há muitas mulheres que nunca chegaram a se casar ou ter filhos.

Isto não é grande coisa para a pessoa comum.

Como mais e mais pessoas tentaram o caminho aceito, e tomaram um belo prejuízo por isso, a insistência das pessoas que todos vivam exatamente a mesma vida diminuiu. Conheço muitas pessoas que foram casadas e se divorciaram 3 (ou mais) vezes e acabaram resolvendo ficar solteiras de vez – assim como eu. Eles pegaram caminhos diferentes para chegar até aqui, mas todos acabamos no mesmo lugar.

Acredito que o que define meu ponto de vista é o desapego. Eu não ligo a mínima se alguém além de mim resolva se casar ou não. Se um cara analisa a situação e decide que mesmo com as desvantagens compensa dele investir nisso porque ele deu de cara com a mítica “exceção”, bom para ele. Se, em alguns anos ele descobrir que estava errado… bem, não era o meu que tava na reta mesmo.

fonte: http://www.mgtowforums.com/forums/mgtow-general-discussion/19649-more-interesting-things-about-whats-happening-japan-2.html#post238945

9 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. desbravador

    caros confrandes da real, tenho 34 anos, sou solteiro e adoro isso, na minha modesta opinião vc só precisa d e duas coisas para sobreviver, 01 saúde, sem saude vc não é nada, quando tu cai na cama d e um hospital doente, vc é não é nada é apenas um aglomerado de carne, ossos, moribundo, por isso invista na sua saúde, “qualidade d e vida”, 02 dinheiro, trabalhe e guarde a sua grana e invista no seu patrimônio, sem dinheiro no bolso não somos nada, guarde pelo menos 100 pila todo mês na poupança, compre um terreno, compre um imóvel e alugue, há varias alternativas, essas que citei são a mais comum do investidor brasileiro, entenda uma coisa ninguém ta nem a e pra vc, entaum valoriza seus culhões.

  2. Anjo Censurado

    Off: vendo o programa Cidade Alerta da Rede Record hoje(06/03) me deparo com a seguinte reportagem: “Valentão espanca GAROTA que buzinou”, mostram o caso, montam link aovivo, contudo não é dito UMA SÓ PALAVRA SOBRE O NAMORADO DELA!! Ela era acompanhante dele, que buzinou para abrir passagem, foi perseguido, ESPANCADO dentro do carro, a moça para ajudar saiu do carro e acabou apanhando também, porém, em toda a reportagem nem o nome e estado de saúde do rapaz foi dito!!! Isso é machismo ou feminismo???? Direitos iguais onde??? Ou o caso dela ser mulher rende mais audiência!?

    1. Barãozin

      O cara deve ter quebrado umas costelas, mas não tem problema não. Afinal algumas escoriações numa mulher é 10x mais grave, pelo menos segundo os jornalistas…

    2. Felipe Reis

      iNFELIZMENTE O MUNDO É TÃO FEMINILIZADO QUE QUALQUER AÇÃO CONTRA O HOMEM É CONSIDERADO POUCA COISA, JÁ QUE NÃO É VERDADE QUE NÓS HOMENS – PARECE QUE É ASSIM QUE ENTENDEM AS PESSOAS – AGUENTAMOS MAIS QUALQUER TIPO DE VIOLÊNCIA E POR ISSO USAM DE MUITO MAIOR FORÇA E VONTADE PARA AGREDIRMOS COM QUALQUER TIPO DE INSTRUMENTO (MÃO, PORRETE, CACETETE, FACA, ETC). ISSO EXPLICA POR QUE A MAIORIA DOS ÓBITOS POR VIOLÊNCIA É DE HOMENS NÉ? DESCULPE A IRONIA. SE VOCÊ É DO SEXO MASCULINO, NÃO IMPORTA SE HETERO, HOMO, BI, NEGRO, BRANCO, INDIO, ETC, VOCÊ TEM OITO VEZES MAIS CHANCE DE SOFRER QUALQUER TIPO DE VIOLÊNCIA DO QUE QUALQUER MULHER, MESMO UMA TRAVESTI (SAPATÃO). INFELIZMENTE.

  3. Anjo Censurado

    Pensando sobre valores,
    O que se pode dizer sobre Hugh Hefner(Playboy) e Richard Branson (Grupo Virgin), são usuários e se beneficiam do que o feminismo transformou a sociedade, através de seu status? Sendo exemplos para o homem moderno.
    Ou opostamente, por serem expoentes na sociedade, acabam sendo usados de certo modo pelo feminismo para pregar a independência da mulher moderna, pela “felicidade sem limites”, da destruição da sociedade familiar?
    Ou se enquadram em ambas ou nenhuma destas formas?
    Por bem ou mal eles acabam influenciando a sociedade.

  4. Jorge

    Isso que não entendo,para que e importar se fulano quer casar,ter filhos ou ficar solteiro? o que você tem a haver com a vida do cara e ate mesmo da mulher que quer isso? se o cara vai se ferrar casando o problema dele,se quer permanecer solteiro deixa o cara…muitos gostam de criticar a escolha do cara, “vai ser chifrudo”,”vai se ferrar no divórcio”, ou “vai morrer sozinho,sem mulher e filhos”… eu estou solteiro,já na casa dos 30 poucos,e nem fico por ai criticando amigos casados e nem eles me criticam…cada um cuide da sua vida,vamos viver.

  5. Luiz Alberto da Silva Lima

    Inteligente é o George Clooney que nunca se casou e ainda por cima é podre de rico!!!

    1. Barãozin

      Ele já se casou sim e tomou no toba num divórcio ruinoso.

  6. GHOUL

    esses insultos que a sociedade costuma fazer contra os solteiros são muito comuns mesmo. ja vi caras envolvidos com nazismo me taxarem de ”inútil” e que eu deveria ser eliminado por levar a vida que levo, sendo pega-ninguem e solitário. esses babacas preocupados com a sociedade saõ uma merda mesmo, em vez de cada um focar na própria vida, ficam patrulhando a vida alheia, por isso odeio política e sou um individualista.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: