«

»

fev 10 2014

Revolução anti feminista se formando na França

por W. F. Price, do The-Spearhead.com

Nas últimas semanas, os franceses estão em pé de guerra contra os planos do governo ensinar nas escolas para as crianças a tal “teoria de gênero”, que defende que as categorias de homem e mulher são apenas construções sociais. O presidente socialista Hollande nega que as escolas ensinariam exatamente assim, mas ele tem implementado um programa chamado “ABCD da igualdade” que supostamente conteria os esteriótipos de gênero. A ideia é doutrinar as crianças enquanto novas pois assim eliminaria na raiz as diferenças salariais entre homens e mulheres e todas as outras terríveis injustiças patriarcais que faz com que a maioria das meninas a agirem de uma maneira não lésbica.

Acabando com as diferenças

O ABCD da Igualdade estabelece como objetivo eliminar esteriótipos sexuais desde a tenra idade, para “corrigir” disparidades entre meninos e meninas quando o assunto são as escolhas que eles farão mais tarde na vida – por exemplo, ao escolher qual curso seguir no ensino médio ou na faculdade.

O governo também acredita que erradicando estes esteriótipos pode ajudar a acabar com a diferença salarial de 25% qu existe entre homens e mulheres, que ainda persiste em qualificações similares.

O programa provê conselhos detalhados online para os professores sobre como eles podem desafiar a visão das crianças sobre o que é tipicamente visto como coisa de “menino” ou de “menina”. No que concerne os contos de fada, por exemplo, os meninos seriam encorajados a interpretarem a Chapeuzinho Vermelho, e as meninas a fazer o Lobo Mau. O governo também aponta que muitas heroínas dos contos de fadas – em histórias como A Bela e a Fera, Branca de Neve e os Sete Anões e Cinderella – são personagens passivas, o que poderia influenciar as meninas a aguardarem pelo seu Príncipe Encantado ao invés de perseguirem uma carreira e qualificações por si mesmas.

O programa fez com que muitos pais retirassem seus filhos das escolas, com algumas escolas reportando que por volta de 1 terço de seus alunos sumiram de suas classes. Os pais, por sua vez, tomaram as ruas de Paris em grandes números para protestar veementemente contra este programa de doutrinação infantil. Representantes do governo responderam chamando os pais de teoristas da conspiração. Se você entende francês, pode ouvir um debate sobre este assunto aqui.

O que é interessante sobre o que acontece atualmente na França é que a coalizão política de esquerda e dos imigrantes tomaram ideias opostas neste assunto, com os muçulmanos sendo um dos maiores oponentes desta iniciativa. Entretanto, isto não é algo que nunca foi visto antes. Aqueles que estudam a história européia do século XX devem se lembrar que aquele estranho governo Republicano que comandou a Espanha na década de 1930 foi deposto com a ajuda de grandes números de soldados muçulmanos do norte da África, que não tiveram dúvidas em lutar contra os comunistas espanhóis da época, sendo que até ficavam felizes em servirem a fascistas católicos para isto.

Imagino se estamos vendo o prólogo de uma revolução na França. O poder tem uma maneira de induzir aqueles que o detém a continuar enfiando ele goela abaixo dos outros até que eles finalmente passam dos limites, e tendo ido atrás das crianças do povo francês talvez foi um passo muito em falso que os esquerdistas e feministas franceses deram.

Como podem ver na parte inferior da imagem, uma bandeira com escrita árabe... É, parece que os vermelhos franceses mexeram num belo de um vespeiro rs

Como podem ver na parte inferior da imagem, uma bandeira com escrita árabe… É, parece que os vermelhos franceses mexeram num belo de um vespeiro rs

fonte: http://www.the-spearhead.com/2014/02/06/anti-feminist-revolution-brewing-in-france/

6 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Boy Xavequeiro

    Se os muçulmanos são contra; a causa está praticamente ganha.

  2. Punisher

    E os filhos da puta ainda insistem com essa balela de “diferença salarial” entre homens e mulheres. Nunca vi na minha vida um homem que desempenhe a mesma função, pelo mesmo tempo que uma mulher, ganhar mais que ela.

    E é engraçado que os gêneros sejam uma suposta “construção social”, já que os mesmos vermes que falam isso, dizem que “gays não se tornam gays, eles nascem assim”.

  3. Anjo_Censurado

    Será que por lá o fundo do posso chegou ou é um respiro pra depois virem com mais forças para nos sufocarem?
    Não sei se é intencional do criador do blog mas…. que vale umas risadas do que nós cansamos de ver:
    http://www.ahnegao.com.br/2014/02/o-que-geralmente-acontece-em-um-post-normal-do-facebook.html
    Por sinal, não sei se é impressão apenas minha, mas o seriado Family Gay tem umas tiradas muito boas sobre o feminismo, até com um episódio especifico sobre ele.

  4. Felipe Reis

    Podíamos elaborar algo eficaz para erradicar a violência de gênero (e gratuita) contra o homem, que, ao meu ver, está muito alarmante nos dias atuais, bem como já poderia ser evidenciado em outras épocas. Sou professor é sinto-me indignado quando fico sabendo de jovens no mundo do crime, sofrendo violência gratuita pelas ruas (muitas vezes simplesmente por serem homens, e não por realmente estarem errados, o que não justifica tal violência gratuita). É um absurdo vermos mortes de HOMENS, crianças, adolescentes, adultos e idosos, TODOS HOMENS ou em grande parte das vezes. Dá a impressão de que NÓS HOMENS NASCEMOS PARA SUPORTAR VIVER O DIA-A-DIA COM MEDO DE SOFRER TODO TIPO DE VIOLÊNCIA GRATUITA QUE JÁ É RESERVADA A NÓS MESMOS. Onde estão as soluções que estão a usar para ‘combater’ a violência contra a mulher, que não podem ser usadas também para COMBATER E ERRADICAR A VIOLÊNCIA CONTRA OS HOMENS??? Chega de mortes, violência, etc. Não são nossos hormônios que nos fazem agir de tal forma, e sim a falta de interesse em ouvir e perceber nossas necessidades humanas e viris. Não adianta ficar naquele blá-blá-blá de que a mulher é mais importante, porque é ela quem tem os filhos, pois ela não engravida sozinha, muito menos porque os tratamentos para fertilização em laboratórios são estritamente caros e, como sabemos, não representam maioria os mais ‘bem-aventurados’ financeiramente falando! Enfim, nós homens merecemos também o devido respeito, principalmente porque o tempo todo nos dispomos a arriscar nossas vidas (em destaque, a nossa integridade física), ao sair do portão de casa para o trabalho, pois, como todos sabem, SÓ POR SER DO SEXO MASCULINO, VOCÊ JÁ TEM OITO VEZES MAIS CHANCES DE SOFRER QUALQUER TIPO DE VIOLÊNCIA DO QUE SE VOCÊ NÃO FOSSE, e isso não quer dizer que nós procuremos por isso e sim, que infelizmente NADA SE FAZ PARA RESOLVER ESSE TIPO DE PROBLEMA. Não adianta falar na dor das mães e dos pais, irmãs e irmãos, amigos e amigas, se na DOR PRINCIPAL ninguém pensa, que é a dor de saber que foi MAIS UMA VIDA ÚTIL EXTIRPADA, CEIFADA, EXTERMINADA E MUTILADA PELA VIOLÊNCIA GRATUITA.

    1. Anjo_Censurado

      Onde assino?
      Não discordo do que é feito em prol das mulheres, porém, quem são a maioria dos usuarios de drogas? vitimas de acidentes de transito? acidentes de trabalho? Mortes Violentas? E tantas outras formas que viciam e matam homens. Seguindo a linha de raciocionio, o Homem precisa de apoio no minimo igual a mulher coisa que hoje não existe!

      1. Felipe Reis

        E o mais cruel de tudo é as mulheres se gabarem por ‘poderem fazer várias coisas ao mesmo tempo’, ‘saberem manipular as pessoas para algo que seja do interesse delas’ e ‘usarem de tudo isso para comover as pessoas a ficarem a favor dela’. Vc já viu alguma mulher ser repreendida por algo que ela demonstre querer (e não significa que ela realmente queira…)??? A gente já cresce sendo repreendido em quase tudo quanto for próprio do masculino, inclusive de CHORAR. Isso mesmo! Somos impedidos de CHORAR, SENTIR DOR, SOFRER, porque isso é coisa de mulherzinha! Infelizmente isso nos dias atuais é alarmante. Por isso é muito mais fácil obter algo em favor das mulheres do que dos homens! Simplesmente porque a mulher desde criança já é treinada pra fazer de tudo pra manipular os outros e nunca é repreendida, oq torna eficaz os joguinhos delas. E por que nós não podemos??? Afinal, também passamos pela infância e, nessa fase, TODA DOR É DOR, TODO SOFRIMENTO É SOFRIMENTO E TODO CHORO É CHORO. É ruim perceber que ‘MASCULINIDADE’ SÓ TEM SERVENTIA SE FOR EM FAVOR DA MULHER!!! E hoje em dia, com todas essas inversões de valores, fica difícil mencionar o que realmente causou ou está causando todo esse mal para a sociedade masculina. E não é somente a cultura… Tem muito mais a ver com a educação pessoal. Mais prático ainda: daqui a pouco só haverá mulheres dirigindo, já que os ‘fiscais da lei’ só param HOMENS, mesmo que muitas mulheres cometam coisas horripilantes ao volante, oq não preciso mencionar… E ainda dizem ‘Não há homens como antigamente’, mas existem ‘mulheres como antigamente’??? Só se for na frente de um juiz, na hora de exigir guarda da criança ou pensão do marido, etc. Nessas horas, elas se lembram de ser ‘feminilizadas’.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: