«

»

jul 22 2013

A história de Bruce Wayne/Batman

por Blanka, do Fórum do Búfalo

Sou suspeito pra falar daquele que é o MAIOR herói de todos os universos de quadrinhos, seja DC, Marvel Comics ou qualquer outro. Gosto do Blanka – meu codinome – mas nada que se compare ao homem-morcego, devido a sua história de vida, devido ao que se tornou (acho até bom, porque no MR já existe um Batman). E esses dias estava relendo uma história muito foda, que me fez pensar em algumas coisas.

Primeiramente, acho que todo mundo sabe.. .mas se alguem não é ligado em HQ ou nos filmes de heróis, saiba que o Batman não tem super-poderes. Na internet fazem piadinhas de que o maior poder dele (e do Homem de Ferro, da Marvel) é o dinheiro. Está correto, em partes. Mas não é só isso.

Tudo começou quando os pais dele morreram em um latrocínio:

batima

Essa cena foi repetida no cinema à exaustão. Os 2 pais morreram na frente dele, e aqui começa a parte interessante da REAL.

O que o cara fez?

a) ficou fazendo vitimismo
b) gastou a fortuna dos pais com putaria, pra “esquecer” os problemas
c) se empenhou em fazer algo construtivo

A resposta está negritada. O cara saiu pelo mundo e se o maior lutador que ja existiu. Treinou TODAS, ou quase todas, as artes marciais existentes (claro que aqui o $ foi realmente necessário). Não só isso: o cara ESTUDOU muito. É gênio. A revista Batman, nos EUA, chama detective comics, justamente porque o cara é um detetive. A função dele no universo dos quadrinhos é diferente do Superman, por exemplo, que é um cara estilo “escoteiro”, salvador da população. O Batman desvenda crimes e mete a porrada nos criminosos.

Seu poder, portanto, decorre disso. Dinheiro (que herdou) + perfeição física + perfeição intelectual (essas 2 ele construiu). Não recebeu um “anel do poder” como o lanterna verde, ou nasceu com super poderes, como o superman (que é um “alienígena”).

ELE CONDUZIU SUA PRÓPRIA VIDA!

A força dele veio do acontecimento trágico que ele presenciou (morte dos pais). Infelizmente não consigo colocar as imagens, mas na história que eu estava lendo tem 2 cenas interessantes.

A primeira é uma ilusão projetada na mente do batman por seus inimigos, quando ele foi aprisionado. Queriam que ele abandonasse o “manto”, então reproduziram a seguinte cena:

Naquele tal evento do latrocínio, o pai do Bruce conseguiu deter o assassino. Com isso, os pais sobreviveram, e o garoto foi criado como uma criança normal. Resultado: se tornou um rico, bem sucedido, porém MANGINÃO. Nesse universo paralelo (como eu disse, é apenas uma ilusão) aparece a Selina Kyle (mulher-gato) fazendo ele de paspalho….aparece a mãe do Bruce, com ele adulto, colocando cachecolzinho no pescoço dele.

O que quero dizer? A tragédia de sua infância fez com que ele se tornasse o CARA MAIS FODA DO MUNDO, quando adulto, em todos o sentidos.

Playboys cafas que nascem em berço de ouro no futuro são domados por uma vagabunda mais esperta que ele. O John_Romano falou isso aqui outro dia: “o cafa é o mangina que ainda não foi domado.”

Que eu saiba, nenhum GDR teve vida boa. Ao contrário, até hoje só li história de gente se fudendo na infância e até na vida adulta. Por isso temos esse “super poder”. Conhecemos o lado obscuro feminino, conhecemos como o dinheiro abre pernas, porque em certo momento sofremos com a falta dessas coisas.

Aí vem a 2 cena:

Como o Batman é tão foda, mas tão foda, conseguiu escapar da armadilha mental dessas ilusões, e um dos caras que estavam controlando a mente dele no laboratório fala para o assistente abandonar o projeto e diz o seguinte:

“QUE TIPO DE HOMEM PODE TRANSFORMAR SUAS LEMBRANÇAS DE VIDA EM UMA ARMA?”

Pra finalizar, digo que temos que tomar cuidado apenas com um detalhe: não transformar as lembranças de vida em algo destrutivo pra nós, como se fosse algo venenoso. O Hal Jordan (um dos lanternas verde) já bateu boca com o batman, dizendo que ele era um “garoto mimado que não superou um trauma”. A história do cavaleiro das trevas pode ser vista por esse ponto de vista, mas eu particularmente acho que não é assim. Eu mesmo quase sempre falo aqui no fórum sobre minha “bruxa madrinha M$ol com tatuagem sensual no cocxi”, e sempre grifo a frase. Faço isso em tom de humor, nunca estou ressentido com isso.

Meu pai perdeu um emprego estável e bem remunerado no governo FHC, decorrente de uma privatização. Desde então a vida da minha família sempre foi muito difícil.

Mas as vezes paro pra pensar…se meu pai tivesse conservado esse emprego e eu fosse um cara de vida “fácil”, o que poderia ter acontecido?

Eu poderia ser um playboy que teria capotado o carro – que ele teria me dado – voltando de alguma balada (lembrem do exemplo do “Batman mangina”). Em vez disso fui um cara que sempre batalhou, e tenho meus padrões morais, que são fruto disso.

Resumindo, nossas lembranças são nossas armas. O que acontece conosco – e o modo como reagimos – determina como nossa vida vai ser.

fonte: http://forum.bufalo.info/showthread.php?tid=4383

9 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. eguinaldo

    e sobe Namor O principe Submarino dizem que é bom…

  2. Luiz Alberto da Silva Lima

    Para quem é fã do Batman, sugiro que leiam o livro Becoming Batman (“Tornando-se Batman”) do Neorocientista Paul Zehr, professor da Universidade de Victoria, no Canadá. Segundo Zehr, qualquer um pode chegar próximo de se tornar um super-herói com treinamento adequado e muito dinheiro.

  3. Ozzymandias

    Sou um grande fã de HQs, e o Batman sempre será o mais viril de todos, essa imagem ai é de Batman ano um, uma excelente HQ, embora a minha preferida de todas seja a do Cavaleiro das Trevas, quadrinho que mais mandou a real na história das HQs, só acho que não li essa que o sr mencionou, qual o nome dela? Pelo que o sr falou, me lembra umas partes que teve em uma saga recente do título Batman The Dark Knight, no qual ele é preso pelo Espantalho e esse o faz vislumbrar algo parecido.

  4. Fernando

    Batman é um dos super heróis mais fantásticos dos quadrinhos,não tem super poderes mas consegue se igualar e até mesmo supera os outros heróis que tem super poderes,a história de Bruce Wayne é um bom exemplo que demonstra que há males que acontecem na vida da gente que fazem mais bem a pessoa do que se estivesse acontecido o bem,no meu caso por exemplo eu sou um homem que nasceu com todos os defeitos que não me permitem ter nenhuma vantagem nesse mundo cada vez mais vaginante e misândrico,mas hoje eu percebo que isso foi bom para mim pois pelo menos me fez conhecer o que é a real desse miserável mundo caso contrário hoje eu seria mais um playbozinho mangina alienado por buceta de vadias.

  5. O Cobra

    Eu já tenho 3 anos de formado, fiz Farmácia Bioqímica, mas queria fazer Medicina ( mas por motivos de força maior nunca deu certo eu sair daqui do interior e fazer cursinho numa capital pra poder ter chances reais de passar) aí usei o FIES do governo quando não era 100% ainda e agora que poderia usá-lo , já não posso mais já que essa bosta do FIES só pode ser utilizado uma vez, mesmo que a pessoa pague todo o primeiro financiamento.

    Bem resultado, fiz o curso, não arrumei merda nenhuma, mas umas 8 meninas lá da sala que nem iam pras aulas e que não sabiam porcaria alguma, já arrumaram, dessas 8 umas 6 eram garotas de programa e eu não tenho nada a ver com isso, mas pelo fato de serem mulheres, arrumaram como eu disse emprego muito mais fácil, e estão ganhando 6, ou 7 salários que aqui onde moro dá pra viver bem, de forma digna. Nem preciso dizer como conseguiram essas oportunidades, sempre trepando com donos de clínicas, diretores de Hospitais, namorando médicos etc, ou seja, sem comentários, a história é sempre a mesma.

    Logo se percebe que seu relato juntamente com o meu são relatos que expressam a verdade do mundo nua e crua, apesar de saber que o termo verdade faz parte do universo de cada ser.

    Muitas dessas meninas estudavam comigo, enchiam a minha bola e de outros que as ajudavam, mas nas horas das festas e baladas sumiam, contudo nas horas de TCCS , provas, etc, lá estavam elas a ligar pros nossos celulares, pra poderem sugar o conhecimento que tínhamos, era dengo pra lá, que você é um fofo, te adoro, te amo, dando falsas esperanças de que poderia até rolar algo ( e nesse caso digo que não sou e nunca fui imbecil, sabia que era tudo encenação ) , mas um ou outro infeliz estudioso e LISO financeiramente falando caiam nas lábias dessas meninas bancando os professores achando que iam se dar bem, coitados, quando acabou o curso, elas NUNCA mais os procuraram e nem a mim que ajudei a muitas delas, nem ligar pra saber se estamos vivos, nem nada, e o que me revolta é que 5 dessas meninas nos viu em uma festa e viraram a cara , como se fôssemos LIXO, obviamente que essa festa ocorreu após a formatura e elas então não precisavam mais dos “zé manés” pra nada, lógico, pois suas vaginas agora ja formadas são as que dão os sustentos delas seja por via direta 9 forma mais antiga de profissão) seja por via indireta que é utilizar suas vaginas peitos e bundas pra galgarem suas vagas de empregos, e sabemos que elas sempre conseguem.

    Antes que alguém aqui possa-me falar que sou misógino etc, digo que PASSA MUITO LONGE disso, não generalizo nada, só estou evidenciando alguns fatos ocorridos comigo durante a faculdade e que me abriram os olhos pro mundo

  6. paulo vitor

    o dinheiro dele não foi necessário,quando resolveu fugir,pq no HQ ele vai embora sem grana nenhuma..então,foi na cara e na coragem mesmo…ele é FODA!!!

  7. andre

    bom exemplo, essa é a vida fodastica do homem, ao contrario da s mulheres que geralmente tem um provedor, o homem tem que buscar crescimento e realização através do seu suor.

  8. Blanka

    Obrigado, Claudio! Você tem razão ao mencionar que nem todo filho de rico se torna relaxado! O próprio Bruce é bilionário. Espero que eu não tenha passado uma impressão vitimista do tipo “odeio ricos!” Abraço

  9. Claudio

    Caro Blanka, parabéns pelo texto, sempre gostei do Batman porque é um herói a moda antiga, uma verdadeira aventura consiste na história não de um homem com super poderes que faz coisas incríveis, isso não é nada surpreendente, mas consiste em um homem comum que faz coisas incríveis.

    Diferente do Batman, eu não tive nenhuma tragédia na vida, mas isso não necessariamente me tornou um vagal, meus pais foram exemplos de humildade e isso me bastou, tinha que ajudar em casa e sempre me mandavam eu me virar, não tinha essa de levar pra escola, aos 7 anos ia a pé porque já sabia o caminho, um dia depois que fiz 15 anos meu pai disse “vc vai trabalhar”, 2 meses depois eu estava trabalhando, ganhava 10 pila por semana, as vezes 15 dependendo do humor do meu chefe, depois de um tempo passei a ganhar 50 reais por mês, estava muito contente, na época o salário mínimo era 100 reais.

    Mesmo tendo bastante dinheiro me colocaram em escola pública, o curso técnico me ajudaram a pagar, mas foi só, fiz um bico como programador também, conseguia tirar quase 1 salário até que quando tinha 18 anos passei num concurso público e a faculdade eu mesmo paguei, ia de bicicleta na faculdade e no serviço, só tive carro aos 24 anos que comprei com o meu dinheiro, que só não comprei antes porque paguei pós graduação e curso de inglês.
    Só queria dizer isso, nem todo filho de rico se torna relaxado, os pais dando bom exemplo é o mais importante.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: