«

»

maio 13 2013

“… por isso não sente o que nós sentimos!”

nascituropor Roberto, do Fórum Mundo Realista

Esse papo de “você não é mulher e por isso não sente o que nós sentimos” é um dos piores argumentos que já vi. Imaginem se todo mundo usasse uma lógica parecida para justificar crimes:

“Você não é ateu e por isso não sente o que nós sentimos” (justificar crimes contra o sentimento religioso).
“Você não é homem e por isso não sente o que nós sentimos” (justificar estupro e afins).
“Você não é pobre e por isso não sente o que nós sentimos” (justificar roubo e afins).
“Você não é político e por isso não sente o que nós sentimos” (justificar corrupção e afins).

Eu não sei exatamente o que os homicidas pensam ou sentem, mas eu sei que eles estão errados e merecem ser punidos. As pessoas devem ser julgadas por suas ações, e não por suas emoções. Não é incomum que os piores assassinos justifiquem seus crimes com argumentos coletivistas, relativização da moral e outras falácias. Historicamente, muitos genocídios -aborto incluso- foram “um mal necessário”, “um meio usado para se atingir um valor maior”, “um sacrifício por causas nobres” etc. Hoje em dia, há sempre uma justificativa pronta, um clichê pra amaciar cada crime:

“Ela fez isso porque tem direito ao próprio corpo” (abortista).
“Ele fez isso porque sofreu perseguição religiosa na infância” / “Ele fez isso para defender o Estado Laico” (terrorista).
“Ele fez isso por causa da cultura do estupro. A culpa é dos homens machistas que estão soltos!” (estuprador).
“Ele não teve as mesmas oportunidades que os outros” (ladrão).
“Na verdade, o cidadão é o culpado pela corrupção. Uma sociedade corrupta só poderia levar ao poder políticos igualmente corruptos” (filho da puta).

A VERDADE é que os criminosos são pessoas que escolheram o mal. Uma pessoa comete um crime por delinquência, imoralidade, maldade, perversidade, mal uso da liberdade individual.

Abortistas são CULPADAS, porque a vida de seus filhos não lhes pertence. Desde o momento da concepção, já se verifica a existência de uma nova vida humana. Esse novo ser humano é uma pessoa mais digna que sua mãe abortista, pois enquanto a prole é inocente e isenta, a criminosa perverteu a própria moral e atentou contra a própria natureza.

Terroristas são CULPADOS e particularmente ingratos, já que na prática, os estados isentos de valores religiosos mataram muito mais suas minorias do que os estados oficialmente cristãos. Não há maior segurança para os ateus do que sob o manto protetor e tolerante do cristianismo.

Estupradores são CULPADOS e, ironicamente, são os homens de bem, aqueles que o feminismo acusa de fazerem parte de uma “cultura de estupro”, os que mais se esforçam para criminalizar estupradores em geral e pedófilos, enquanto o lado feminino da população sofre uma divisão entre mulheres que apoiam a condenação dos CULPADOS, mulheres que apoiam a falsa acusação dos INOCENTES e mulheres que mandam cartas de amor e fazem visitas íntimas aos CULPADOS.

Ladrões são CULPADOS, pois a grande maioria dos pobres são honestos. Para cada bandido que alega roubar por falta de condições, marginalização e outras desculpas esfarrapadas, existem 99 pessoas em situação econômica inferior que não cometeram qualquer crime.

Corruptos são CULPADOS, pois a responsabilidade pela degeneração da coletividade está nas mãos de quem detém o poder político, e não o contrário. A política tem a função de liderar as massas, guiando-as para o bem. Da mesma forma, a culpa pela engenharia social é de quem fez a engenharia, e não de quem foi manipulado por ela*.

Nós, os guerreiros da Real, somos honestos e os bandidos são culpados. Simples assim. E quem não gostou do que acabei de dizer é CULPADO por ter medo da moral, medo de falar a verdade, medo de se orgulhar da própria honestidade, dos próprios valores. Ou então, talvez seja um degenerado tentando racionalizar os próprios erros, provavelmente um consumidor de drogas. rsrs

MORTE À IDEOLOGIA ABORTISTA!

O Brasil odeia o aborto. O aborto é proibido em todos os casos no atual Código Penal! Próximo passo é não apenas impedir o Anteprojeto do Novo Código Penal, como revogar a escusa absolutória do aborto praticado por médico em caso de estupro. Ora, meus caros, quem está realmente a ser punido com essa escusa absurda do art. 128, II: o estuprador ou o bebê inocente? Engraçado que pena de morte pro estuprador os esquerdistas não querem, né?

O primeiro passo para acabar de vez com o aborto no Brasil é a aprovação do estatuto do nascituro. Leiam isso, confrades:

O Estatuto do Nascituro está agora tramitando na Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados e o relator continua sendo o Deputado Eduardo Cunha

(PMDB/RJ) que apresentou parecer pela adequação financeira e orçamentária do Substitutivo aprovado na CSSF.

[…]

Agora vem o mais importante: o Estatuto do Nascituro volta à pauta na próxima quarta-feira, dia 24 de abril, para discussão e votação. Chegou a hora da mobilização.

http://brasilsemaborto.com.br/index.php?action=noticia&idn_noticia=279&cache=0.386976252309978

A parte mais importante do Estatuto:

Art. 2º Nascituro é o ser humano concebido, mas ainda não nascido.

Parágrafo único. O conceito de nascituro inclui os seres humanos concebidos ainda que “in vitro”, mesmo antes da transferência para o
útero da mulher.

Art. 3º Reconhecem-se desde a concepção a dignidade e natureza humanas do nascituro conferindo-se ao mesmo plena proteção
jurídica.

Ou seja, fim da farra abortista.

* Obviamente, isso não exclui a responsabilidade dos “tolos úteis”, pois na era da informação em que nós vivemos, especialmente após o advento da internet, só não se conscientiza quem não quer pesquisar com seriedade sobre os assuntos que lhes são de interesse.

fonte: http://mundorealista.com/forum/viewtopic.php?f=14&t=12207&p=359371#p359370

19 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Fulano de Tal

    Tenho que apenas discordar de forma veemente a questão do estado religioso ser, supostamente, mais “tolerante”.

    Mas de resto, o texto está muito bom, parabéns! Espero mesmo que essa farra acabe e que a questão do aborto seja regulamentada de forma que só seja permitida em casos muito especiais, como por exemplo uma gravidez de alto risco.

    Força e honra, companheiros!

  2. Gutembergue Lucas Vila Nova

    Outra coisa sou contra o aborto essa prática horrível não deve ser tolerada.

  3. Gutembergue Lucas Vila Nova

    Não estou querendo dizer que todos os religiosos vão ser automaticamente criminosos apenas queria discutir que assim como religião ateísmo não define caráter. Não quero entrar em discussão por causa de besteira, apenas queria acentuar que esse preconceito contra o ateísmo que vejo que vem de uma parte dos masculinistas é irritante, sei quem tem ateus desmiolados, militantes esquerdistas idiotas mas devo lembrar que não são todos.

    1. Barãozin

      É, é exatamente essa nossa opinião. Tanto q tem até ateus influentes entre nós.

      Meu deus do céu, tua cabeça não doi com tanto vitimismo?

  4. Gutembergue Lucas Vila Nova

    Pessoas de fé geralmente alegam que os crimes de Hitler, Stalin, Mao e Pol Pot foram produtos inevitáveis da descrença. O problema com o fascismo e o comunismo, entretanto, não é que eles eram críticos demais da religião; o problema é que eles era muito parecidos com religiões. Tais regimes eram dogmáticos ao extremo e geralmente originam cultos a personalidades que são indistinguíveis da adoração religiosa. Auschwitz, o gulag e os campos de extermínio não são exemplos do que acontece quando humanos rejeitam os dogmas religiosos; são exemplos de dogmas políticos, raciais e nacionalistas andando à solta. Não houve nenhuma sociedade na história humana que tenha sofrido porque seu povo ficou racional demais.

    1. Barãozin

      Ahhh meu deus, chega meu. Q saco.

      Porra, tu faz um malabarismo mental danado pra jogar um regime ateu (comunismo) na conta dos religiosos. Po meu, vai beber toddynho, vai capinar uma roça, sei lá.

  5. Gutembergue Lucas Vila Nova

    Eu achava que os masculinistas estavam ajudando todos os homens seja brancos, negros. Mulatos, ateus, religiosos, etc… mas pelo visto estou enganado.

    1. Barãozin

      Eu pelo menos ajudo quem não é chato.

      E vc me parece ser chato rsrsrsrs

  6. Gutembergue Lucas Vila Nova

    Esse Roberto mentiu no seu comentário ao falar que os países mais seguros são os religiosos. Segundo uma pesquisa países menos religiosos são mais seguros como a Islândia, Dinamarca, Nova Zelândia, Canadá, Japão, Áustria, Irlanda, Eslovênia, Finlândia, Suíça. Enquanto os países mais violentos qual é a surpresa Paquistão, Israel, República Centro Africana, Coreia do Norte, Rússia, República Democrática do Congo, Iraque, Sudão, Afeganistão, e Somália. O Brasil aparece na 83ª posição do ranking. Historicamente, não nos envolvemos em muitas guerras, porém nossa violência interna é suficiente para não deixar o país subir muito no Índice.
    Quanto à religião, de acordo com a pesquisa do instituto alemão Bertelsmann Stifung, 95% dos jovens brasileiros (entre 18 e 29 anos) explicitam suas ligações religiosas: somos o terceiro país mais religioso do mundo, atrás apenas dos nigerianos e dos guatemaltecos.

    1. Barãozin

      Coréia do Norte é ateísta: http://pt.wikipedia.org/wiki/Coreia_do_Norte

      “De acordo com o Human Rights Watch, atividades de liberdade religiosa não existem mais na Coreia do Norte, enquanto o governo patrocina grupos religiosos apenas para criar uma ilusão de liberdade religiosa”

      No mais, pare com essa encheção de saco. Porra, mas pessoal ateu adora chorar, pelo amor de deus…

  7. Gutembergue Lucas Vila Nova

    É por essas e outras que o masculinismo Brasileiro não chega aos pés do masculinismo Americano, os masculinismo Brasileiro tem muito que amadurecer, ele ainda é cheio de ideologias idiotas, saudosistas burros que querem voltar aos anos 50 sendo que foram justamente naqueles anos a culpa do feminismo crescer. Outra coisa esse “ódio” aos ateus é injustificado por que nem todo ateu é contra religiosos cada um acredita no que quiser mais falar que todo ateu é obrigatoriamente uma pessoa ruim que não tem valores morais (sendo que valores morais e ética não depende de religião mas sim da pessoa) chega a ser idiota, sim muitos comunistas ateus mataram muitos religiosos e cometeram crimes contra humanidade mas generalizar chega a ser hipócrita por que se não eu poderia usar os mesmos argumentos contra os religiosos.

    1. Barãozin

      Respondido abaixo q não temos “ódio” algum conta ateus.

      Só achamos um saco e chutamos com gosto pessoalzinho ateu chato q fica pentelhando, q nem aquele pessoal da ATEA e caricatos congêneres.

      No mais, eles fazem lá o q é melhor para eles e nós fazemos aqui o q é melhor para nós. Cada macaco no seu galho. Ah não gostou? Ohhh não imagina o qto tou preocupado com isso…

    2. Merovingian

      Dá pra ver claramente os calores produzidos pelo desequilíbrio emocional em tal embate. Este, fez de seu discurso algo perfeita e explicitamente consciente e embasado da discussão racional (ainda que lhe falte esse ou aquele argumento), aquele, apesar de sempre parecer o mais comedido e sensato dos palestrantes, agora, mostra sua impaciência e falta completa de dissuasão no âmbito da lógica e da razão (mesmo quando conta com esse ou aquele argumento), e é mesmo questão de equilíbrio e inteligência emocional. Abreviar discussões, aliás, como feito feito persistidas vezes por aquele, mesmo que se evidencie a presença de caráter racional, só demonstra a exaustão e escassez de recursos na prova da vida (que é quando se encontra um adversário à altura). Hoje, enfim, tive a oportunidade de ver revelada a verdadeira identidade daqueles que são produzidos sob tortura e profunda malignidade do feminismo: eis que essa monstruosidade atinge mesmo, em todos os graus de contato, aqueles que assim se lhes deparam.

  8. Gutembergue Lucas Vila Nova

    Cara me prova quais os países ateus que tem mais violência que os países religiosos? Sim sou ateu mais não tenho nada contra a religião de ninguém e não sou ateu militante mas me incomoda esses ódio dos masculinistas aos ateus vocês acham que todo ateu tem que ser obrigatoriamente esquerdista é feminista?

    1. Barãozin

      Cuba, Coréia do Norte, antigos países da cortina de ferro, França revolucionária, China e outros países comunistas do sudeste asiático…

      No mais, somos contra ateus militantes (que eu gosto de chamar de “chateus”). Ateus comuns q não ficam pentelhando igual aquele pessoal escroto da ATEA são tratados igual a cristãos/muçulmanos/hindus/seja lá q diabo for no nosso meio. Temos até alguns moderadores ateus nos fóruns…

  9. Marcos Freybert

    Fazer revolução é arar o mar. Não adianta. Os esquerdistas são CULPADOS por odiarem, impotentemente, à realidade.

  10. Don Corleone

    No Brasil se tolera tudo em nome de uma justificativa, inclusive estão flexibilizando ao máximo as leis pra ninguém ir preso, porque cadeia não resolve e blá blá, mas engraçado que tem uma situação que pra essas pessoas flexíveis, o endurecimento da pena resolverá, que é o caso das agressões de homens contra mulheres. Tudo é permitido e flexibilizado menos quando o homem é agressor e a mulher é a vítima. Que incoerência não? Pra maioria dos crimes não resolve o endurecimento das leis mas para as agressões masculinas resolve. Pra finalizar, queria contar como terminou o caso daquele conhecido que curtiu a página da Real no facebook e depois descurtiu. Falei que ele tinha descurtido a página e que apostava que tinha sido a namorada que não tinha gostado. Pois era isso mesmo. Me contou que a namorada leu os posts e disse que aquilo era pura bobagem e que não tinha nada a ver (desconfio seriamente que a coisa foi bem mais explícita) e que ficou de cara feia. Daí ele foi lá e descurtiu a página pra não “criar problemas”. Lavei minhas mãos. Até tinha combinado de passar os livros do N.A. pra ele mas desisti. Certos homens terão que aprender pelo modo mais cruel. Uma pena.

    1. Barãozin

      Pra evitar a perca do FGTS, tem cara q vende até a mãe se for assim pedido…

    2. Punisher

      Muito bem apontado, meu caro. Sempre as contradições e conveniências da mentalidade revolucionária. Cometeu latrocínio? Ah a culpa é de quem tem patrimônio e “colabora” para a miséria alheia, claro! O latrocida é que é “a vítima da indiferença da sociedade capitalista burguesa”. “Cadeia não resolve”, “endurecimento das penas é coisa da ‘direita reacionária'”. Agora se esse mesmo verme não rouba nem mata, mas dá um tapa na mulher dele, OOOHHHHHH, lincha! Mata! Esfola! Mete na cadeia e joga a chave fora! O mesmo querem fazer para os casos de “homofobia”. Nessas horas esses filhos da puta lembram que existe cadeia.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: