«

»

maio 06 2013

A libido feminina está descontrolada

gagapor Carey Roberts

As fêmeas fatais, essas irresistíveis Dalilas do passado, estão ensaiando um retorno. E desta vez de uma forma mais vingativa.

Lembra da Mata Hari, a exótica e curvilínea dançarina que foi acusada de ser agente dupla dos alemães na Primeira Guerra Mundial? E temos é claro Mae West, que certa vez se gabava de sua carreira controversa dizendo “as mulheres ficaram mais conscientes sexualmente – o sexo está solto por aí e é divertido.”

Por muitos anos, o instinto sexual feminino foi posto de lado pela sensibilidade feminista. Afinal, porque uma carreirista se envolveria num relacionamento romântico que poderia transformá-la numa dona de casa?

Agora a sexualidade feminina está de volta, mas desta vez de forma diferente: é a própria mulher que faz a objetificação. Considere a popular peça “Monólogos da Vagina”, onde seu dramaturgo, atrizes e a maioria da audiência são femininas.

Em seu livro, “Female Chauvinist Pigs”, Ariel Levy explora a atual liberação sexual da mulher. A preocupação não é mais com jovenzinhas usando fio dental com o logo da Playboy. O problema é a cada vez mais agressiva sexualidade feminina, como uma jovem de Oakland que se gabava com Levy, “quem se veste mais como vadia, esta é forma que todas nós deveríamos competir. Desde a 7ª série, quanto mais indecente,  revelador e menor o decote,  melhor.”

A preocupação vai além do decote juvenil. Há um lado perverso do sexo livre que pode ser resumido em três palavras: pornografia, estupro e prostituição.

A pornografia está sendo elevada como o próximo paradigma a ser derrubado na cruzada pela liberação sexual feminina. “A nudez livre foi considerada impura por tempo demais,” explica a co-editora sara Boatright, “então a fronteira final feminista pode ser a retomada deste território.”

As mulheres agora representam 30% das visitantes de sites pornôs. E cada vez mais mulheres estão querendo entrar em ação – pegue como exemplo o site SuicideGirls.com, onde qualquer mulher pode ficar em frente a uma câmera e virar estrela pornô por um dia.

Gloria Steinem certa vez disse “a pornografia é a teoria. O estupro é a prática.” Esta advertência talvez explique porque cada vez mais professoras estão sendo acusadas de abusarem sexualmente de seus alunos.

Dificilmente passa um mês sem termos algum caso de abuso nos EUA. Em setembro de 2005 (NT: o texto foi escrito em 2005) tivemos Margaret De Barraicua que foi considerada culpada por manter relações com um estudante de 16 anos na cidade de Sacramento. Em agosto foi Beth Geisel, uma professora de Albany e mãe de quatro filhos, que foi presa por ter alegadamente estuprado um garoto em maio.

No começo de 2005 tivemos Debra Lafave da Flórida, Angela Stellwag de Nova Jérsei e Kathy White e Pamela Turner, ambas do Tennessee – todas presas por seduzirem e deflorarem garotos. Só podemos torcer que tais predadoras sejam postas na cadeia por um bom tempo.

Por mais perturbadores que tais incidentes sejam, o que mais me incomoda é a glamourização da prostituição. Pegamos a picante biografia de Jenna Jameson, “How to Make Love Like a Porn Star”,  que nos informa que uma vadia “pode ser um modelo de mulher”. Aparentemente muita gente gostou disso, já que o livro ficou na lista de bestsellers do New York Times por 6 semanas seguidas em 2004. (NT: no Brasil podemos pegar como exemplo as “memórias” da Bruna Surfistinha e a total bajulação que tal coisa teve na mídia brasileira, ganhando até mesmo um filme)

Se você ainda não acredita que tal glorificação da prostituição não está minando as bases morais de nossa cultura, pegamos então a edição de julho de 2005 da revista  Marie Claire. Nela descobriremos como as prostitutas holandeses estão “usando seus corpos para promover a verdade, a compaixão e a felicidade no mundo.

Será que eu sou o único que fica enojado com isto?

Quando os bolcheviques tomaram o poder em 1917, uma de suas primeiras medidas foi trocar a instituição do casamento pela ideologia da liberdade sexual. Como o promotor soviético Krilenko explicava, “O amor livre é o objetivo final de um estado socialista.

A Juventude Socialista da época organizava campanhas de “Repúdio à Inocência” que promovia experiências sexuais. Os homens começaram a trocar de mulher com o mesmo fervor que consumiam vodka. As recém emancipadas mulheres se envolviam em casos com homens ricos, com o objetivo de engravidarem deles e os obrigarem a pagar pensão.

Eventualmente as famílias foram se desintegrando, resultando em milhares de crianças de rua que vagavam por aí numa busca desesperada por comida e abrigo.

E tudo isso era considerado progresso.

fonte: http://www.renewamerica.com/columns/roberts/051011

16 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. FeliciAno

    Texto P das galáxias!

  2. Maria de Fatima

    kageyama

    Não consigo entender porque você postou a foto da Lady Gaga em vez da Mulher Melão? Sabe como é… “Você, você você quer?” Combina mais com o post! KKKKKKKKKKKKKKKKkkkkkkkk. Discontração! De qualquer forma, detesto ambas. Gosto de música reflexiva + Nirvana, Pink Floyd, coisas do nível…Só pra quebrar o karma!

    1. Barãozin

      Acho q quando cacei “objetificação mulher” no google saiu isso aí.

      Como não tinha ideia do q por, vai isso msm.

  3. Anjo_Censurado

    Estava refletindo sobre isso hoje e vejo esse post!
    Lido com criancas/adolescentes/jovens todo dia, no meu tempo de escola sempre existiram homens que pegavam minininhas na porta da escola (12-17), mas hoje estou observando um numero crescente que vem rondando as escolas, pessoalmente penso em duas linhas…. a 1 é que ninguem quer comprar pneu usado, então é migrar pras novinhas e 2 que as novinhas estão mais sexuadas, para mim são criancas meninas com 13 anos que abortaram diversas vzs, ja sairam com muitosss meninos/homens, nunca saberão o que é amor próprio, nem conhecerão o verdadeiro prazer, são como animais no cio que acasalam, ai pode existir o debate de onde vem partindo isso…midia/familia/sociedade,tudo isso?!.
    Dentro deste reboliço, os matrixianos pagam tudo para terem elas e acabam criando mulheres famintas por dinheiro/favores/obrigações, até as nota 5 de 0 a 10, ja tem fila, imagina quando tiverem seus 20 anos como ficaram enjoadas e sem nexo com a realiadade.
    Outro assunto é sobre as cougars, como também estao supostamente se libertando da prisão do casamento que escolheram, além da filhas estarem virando coisas piores que prostitutas por não cobram, vejo mães pervertidas, obscenas, que não medem mais as consequencias, se vestem (moro no Norte do Paraná e é frio) como se estivessem em praia, fumam, bebem(isso vale um post do site) mais que muitos homens.
    Não sou um mar de perfeição, mas sem valores eticos e morais minimos nossa sociedade vai implodir.

  4. Marcello

    Nossa, parece que foi eu mesmo quem escreveu estes textos rssss, brincadeiras à parte, digo isso pois vivenciei muitas coisas que estão descritas em vários textos postados neste blog e em muitos outros também.

    Vou RELATAR de forma objetiva uma experiência que tive na Faculdade.
    Bem eu terminei a Faculdade há uns 3 anos, fiz área de saúde, e eu era o típico garoto estudioso e considerado um dos melhores ou o melhor da sala e nem eu mesmo me considerava melhor porcaria nenhuma, rsss, mas tudo bem. Continuando, digo que por conta de vários outros problemas por quais estava passando, eu não saia pra as baladas nem festinhas, nem encontros, nem nada, zero mesmo de VIDA SOCIAL, e isso foi durante os 5 anos do curso. De fato neste período minha saúde estava bem abalada e por isso evitava ir a esses lugares, mas enfim, e situações normais eu era bem diferente do que ocorreu nesta época.

    Bom o que quero contar é que convivi com algumas meninas da sala, e observava o comportamento típico da esmagadora maioria das fêmeas deste planeta, pois quase todas davam pros professores, davam pros caras considerados influentes na cidade ( moro numa cidade considerada pequena, uns 210.000 habit ), algumas até putas pagas eram, mas enfim ainda não cheguei ao ponto que quero, mas essas informações iniciais só servem mesmo pra preparar o que vou falar agora.

    Das meninas da minha sala, tirando essas que citei cujo comportamento era o mais previsível, conheci uma em especial que APARENTEMENTE, se comportava de modo diferente, pois não era muito de sair, bem comportada, não andava com as demais, dizia estar com um namorado pobre e já há uns 5 anos, moça de família ( não criticava as outras, ficava na dela ), etc,etc, a típica moça direita e daí ficamos amigos, e eu passei a ajudá-la nos trabalhos finais da monografia dela etc.
    Ela e eu ficamos amigos, mas não de sair etc, mais de falar mais um com o outro etc, e daí eu vi que realmente ela não era igual as demais, sentia que até certo ponto era sincera, CONTUDO, meu sentido aranha lá no fundo não ficava quieto e isso me deixava maluco, pois não entendia o porque de não confiar nela 100%, e reitero de que nós nunca fomos namorados só ficamos mais próximos.

    Eu a achava bonita e ela realmente é, mais recatada que as outras, etc, não saia muito como falei, mas era uma menina que pertencia no passado a uma classe média pra rica, hoje a família não é mais como antigamente, o pai dela faleceu, mas ainda assim a família ainda tem uma boa condição.
    E foi daí que passados alguns meses eu ia lá à casa dela de vez em quando, ela tinha separado do namorado, aliás era um separa volta danado rsss, e eu só observando, na verdade queria ficar com ela, pois a achava gente boa, e honesta, no que dizia, mas foi aí que passados alguns meses de quando ela ficou solteira que eu pude comprovar que meu sentido aranha NÃO SE ENGANOU,( mesmo eu não tendo sido mordido por nenhuma aranha geneticamente modificada ou radioativa, kkk).

    O que aconteceu é que, as vezes ligava pra ela, pelo celular dizendo se a gente poderia sair e tal e ela dizia que sim, mas só da boca pra fora, pois eu sou o típico pobre beta com potencial chamado de inteligentíssimo por quase todos, ganho tapinhas nas costas, mas ainda sou um LISO, ou seja, liso comer bocetas ? rhummmm, resposta errada, óbvio. Descobri que ela saia com uns coroas, amigos do círculo dela, que ainda tem algum prestígio na sociedade, e fiquei sabendo que um desses amigos ou pau amigos, dela a comia de tudo que era jeito ( vou falar nesses termos pois aqui não tem nenhuma criança de colo rss), pois bem, descobri que alguns carinhas playboizinhos faziam de tudo com ela, e ela com o papinho de que era evangélica, que era de jesus, que não era dessas, kkkkkkkkkkk, sei, sim , tá bom, tá certo, pra cima de mim ? claro que não ne pessoal, descobri e mesmo não sendo nada dela, so conhecido ou amigos como queiram, eu as vezes dava umas alfinetadas e daí ela percebeu que eu já sabia da verdade da mascara de bosta dela de boa moça e mulher religiosa, que como ela mesma falava, nunca havido chupado uma P ## nem nunca havia dado o c## pois era uma moça direita, blá,blá,blá,blá, as vezes quando chegava na casa dela, quando ia dar um abraço de amigo, normal, sentia a frieza dela, nos meses subsequentes à nossa formatura. E daí eu pensava assim: Ué não era essa mesma menina que me achava o tal, quando ajudei ela a fazer o trabalho de conclusão dela ? Deixava-me brincar com ela, a chamar de gostosa etc, mesmo ela dizendo que não gostava etc, cade aquela menina comportadinha e que dizia que nunca havia traido o ex dela? ( abro aqui um parentesis, pois descobri que ela traia sim o ex corno rss ), ou seja pessoa, esse lance de moça direita é o CARAMBA, RSS como diz o dito popular, não existe, é utopia.

    Aprendi que por mais que uma mulher seja religiosa ou se faça de boa moça, diga que só faz sexo de forma tradicional, que admira o caráter, e que não liga pra GRANA, como essa menina de nome Day, dizia, é tudo convsersa fiada, não existe. E como se o Neymar, os Dentinhos da vida, e tantos outros acreditassem mesmo que eles comem as gostosas que eles pegam porque elas os amam, kkkkk.
    Se for LISO tu é invisível, mas basta você passar num bom concurso público, entrar pra algum curso que elas considerem que de retorno e STATUS ( como Medicina, engenharia elétrica, ou muitas outras que podem fazer com que o homem ascenda profissionalmente e financeiramente), aí o tratamento é outro, acredite, muitas que te desprezaram, vão ficar doidas pra dar pra vocês kkkk, mas aí é a hora do CONDE de Monte CRISTO, , a hora da revanche e do gostinho de cuspir na cara dessas vadias de merd##.

    Pois é pessoal tenho muitas e muitas estórias verídicas que aconteceram comigo e que ao longo do tempo vou postando aqui, desculpe os erros ortográficos, é a pressa em postar.
    Pois é hoje eu não creio em mulher alguma nesse mundo, pra mim existem pequenas diferenciações sim, caráter, personalidade etc, MAS NO FIM a natureza delas fala mais forte. Cresci muito no meu tempo de faculdade e como disse, quando tiver mais tempo coloco aqui as outras situações que vivenciei há pouco tempo.

    Saudações e parabéns ao adm do blog e demais blogs associados que tentam abrir os olhos dos que ainda estão dormindo, como diz com propriedade Morpheus, rsss.

    1. Barãozin

      Mt bom relato, meu camarada.

      E saber q o seu é mais um entre milhões!!!

    2. andre

      cara, de boa mulher moderna só presta pra fuder mesmo, as vezes eu me lenbro d a epoca d e manginão quando eu ficava horas e mais horas pensando em uma namoradinha perfeita virgem e tal, o tempo que eu gastava daria para ler um bom livro aprender algo novo enfim, a real é como se voce nascesse novamente, e putz infelizmente milhares d e homens irão envelhecer presos ao manginismo, nesse exato momento milhares d e homens estão s e matando d e trabalhar s e privando d e ter uma vida que lhe traga alguma felicidade, só para bancar vadias que pagam de mulher diferente, chifrudos e mais chifrudos, que são meros provedores de bucetas rodadas.

      1. Maria de Fatima

        Lembre-se que a mulher virgem que você desejava foi traçada por outros caras que como você desejavam uma mulher virgem…e Nasmatê… como diria alguém que costuma comentar por aqui! Fique na luz, amigo!

    3. Laveley

      Mulher honrada não tem amigo próximo quando está em um relacionamento. Isso não existe. Já no momento que vc ficou amigo dela já deveria ter matado a charada que essa menina não prestava.

      Afinal, amizade intima entre homem e mulher não existe. Você no fundo queria é comer ela e ela sabendo disso se aproveitou da suposta “amizade” pra te usar… E CONSEGUIU, visto que vc a ajudou com a TCC dela.

      Mulher que usa de friendzone enquanto está em um relacionamento sério com outro homem não presta.

      Amizade com mulher? To fora! Isso não existe.

      Amizade com mulher comprometida? Pior ainda.

      Vc pode até ter aquela “amizade” genérica, de troca de favores mesmo. Agora amizade como vc descreveu que tinha com essa moça ai, de chegar a ir na casa dela e chamar ela de gostosa…. por favor amigo, acorda pra vida! Isso não existe!

      Vc só tem a perder com esse tipo de relacionamento, será usado achando que vai receber sexo e atenção em troca…. depois que a mina te usar e jogar fora vai vir no canal do búfalo chorando que a mina era vadia e dava pra todo mundo menos pra vc… oq até pode ser verdade, mas ela só te usou pq tu deixou, foi ingênuo e banana.

      1. Marcello

        Ok master Yoda !!!!

  5. Marcello

    A realidade nua e crua sobre as mulheres estão mostradas nesses 2 vídeos :

    https://www.youtube.com/watch?v=7X_szTCgoYU

    1. Maria de Fatima

      Rapaz, você não pode postar vídeos do xxx aqui! Eu acho… Gluup!

  6. Cássio

    Vamos nos aproveitar disso! Pente e rala nelas o/

    1. andre

      é isso ae se pintar meta a pica, e vaza, não e xiste mulé pra relação s eria o esquema é fuder e pronto, elas vão colher o que plantaram, não existe mule decente, não percam tempo alimentando pensamentos romanticos com mulher, ja que o feminsimo nos coloca como meros seres inferiores utilitarios, nada mais justo do que retribuir essa filosofia.

      1. Chuck da Real (@ChuckdaReal)

        apoiado, o negócio é atração e tração, e deixar esse negócio de casamento e tal pra mangininhas cavalherescos

  7. Punisher

    Pois é, toda essa merda em que estamos afundando é considerada “progresso” pelos porcos vermelhos. Aliás, isso é “argumento” recorrente internet afora. Basta escrevermos uma vírgula em defesa de um mínimo de valores morais e lá vem um “retardado útil” nos chamar de “retrógrados” e “ultrapassados”.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: