«

»

abr 17 2013

[Investimentos Bufalescos] Compras no fracionário

Barãozin no futuro, com bilhões em ativos, contemplando uma Nova Ordem Realista.

Barãozin no futuro, com bilhões em ativos, contemplando uma Nova Ordem Realista.

Muito bem senhores, vamos dar prosseguimento aos Investimentos Bufalescos!

Sempre lembrando que as coisas que eu escrevo tem apenas objetivos educacionais, para troca de ideias, dicas e informações entre todo mundo aqui. De forma alguma faça compra ou vendas de um ativo em particular só porque eu falei aqui. Sempre estude e busque outras fontes para formar sua opinião. Agora vamos prosseguir…

Hoje virei com uma pequena dica, que pode parecer meio boba, mas pode te render alguns reais economizados.

Pois bem, pra caras que vão começar seus investimentos com pouca grana e pretendem fazer suas compras mensais, comprar no fracionário será uma regra por longos anos. Até aí, nada demais.

Mas o mercado fracionário tem um pequeno problema: o spread

Resumindo: o spread é a diferença entre os preços de compra ou de venda de um papel. Por exemplo, um papel está cotado na compra à vista em R$ 12,50, mas na compra do fracionário está a R$ 13,50. Ou seja, 1 real de diferença. Isto acontece porque o mercado fracionário geralmente é um mercado com baixa liquidez (poucas negociações) e isto faz com que os preços apresentem esses números meio malucos. E isso é ainda mais acentuado em papéis que não fazem parte daqueles mais negociados na bolsa. Seu mercado fracionário é ainda menos movimentado.

Obviamente, comprando papéis de boas empresas e tendo como objetivo a acumulação de patrimônio, no longo prazo tal diferença será irrisória. Mas é sempre bom economizar, não é? Afinal, quando estamos começando com pouco, cada realzinho poupado ajuda.

Vamos agora dar um exemplo prático de spread, que peguei usando o homebroker da minha corretora. O papel usado para o teste foi o da Natura (NATU3), empresa que pretendo encarteirar daqui uns tempos.

Primeiro, pegamos a tela do mercado à vista, onde as negociações se dão a cada lote de 100 ações:

natu3Beleza, papel cotado a R$ 48,30, então para comprar um lote com 100 ações você teria que desembolsar R$4830,00 + taxas neste momento.

Agora, vamos pro mesmo papel, só que no mercado fracionário (NATU3F):

natu3f

 

Temos aí uma diferença de R$ 0,82 centavos neste momento. Parece um nada, mas caso você fosse comprar as mesmas 100 ações neste momento (lembrando que no mercado fracionário você só pode comprar ou vender até 99 ações) você iria pagar R$ 4912,00 + taxas, ou seja, iria pagar aí R$ 82,00 a mais. Parece pouco em vista dos quase 5000 investidos, mas pode fazer alguma diferença no longo prazo caso você não tente corrigir isso. E como falei, pra quem tem pouco pra investir, cada 10 reais economizados já pode ser uma taxa de custódia mensal paga na corretora ou uma ou duas ações a mais!

Eu falo isso porque eu tive uma pequena experiência com a GETI3 que me deixou meio puto. Fui “na seca” para comprar o papel, que na época estava cotado aí a uns R$ 17,00 mais ou menos, e paguei no fracionário quase R$ 19 nela! Mais um pouco e o dinheiro que eu podia economizar se não fosse tão afobado poderia me render mais uma açãozinha. Como falei, tal dado é irrisório no longo prazo pois a tendência do papel das empresas boas é se valorizar com o tempo (e é o que realmente está acontecendo, já que este “prejuízo” que tive no papel já está quase send amortizado com a valorização atual dele).

Mas agora chega a pergunta principal: como tentar evitar isso? Basta apenas duas coisas: um pouco de paciência e uma ordem de compra no teu homebroker.

Vou usar como exemplo uma ordem que irei fazer apenas como teste no sistema da minha corretora, a Rico. Vocês tem que ver no homebroker de suas corretoras como é que se faz, mas não duvido que seja parecido. Caso não saiba como fazer, tenho certeza que o suporte da corretora de vocês responderia a pergunta rapidinho.

Primeiro você vai lá, entra com o código do papel que você quer comprar no fracionário. Pegarei como exemplo o papel da empresa Marcopolo, o POMO3F, que por coincidência estou até comprando no momento em que escrevo este artigo. Claro que os valores que mostrarei no exemplo não serão os valores reais da minha compra, hehe

Vejam aí na imagem que o spread do papel não tá muito alto, diferença de uns R$ 0,35. Pouco, mas eu quero esses R$ 0,35 para mim hehe

pomo3f1E agora, o que eu faço? Mando dar uma “ordem de compra” (no caso vou clicar nesse “C” azul pra ir mais rápido) e altero os valores e a quantidade de papel que eu quero. No caso, usarei como valor o preço do papel na cotação do lote padrão (R$ 12,85):

pomo3f2E pronto, checo se os valores estão direitinho, mando executar a ordem e vou fazer as minhas coisas! Em outra hora eu vejo se alguém aceitou a oferta ou não. Se quiser, pode mudar a validade da ordem para uma data a sua escolha, mas eu particularmente deixo a data para hoje mesmo e deixo rolar. Caso não dê certo, no outro dia eu vejo como anda os valores e refaço minha oferta.

Então, o que você deve fazer é observar os valores do lote padrão e mandar uma ordem de compra com um valor igual ou semelhante (seja um pouco acima ou abaixo) do valor que está sendo cobrado pelo lote padrão e deixar lá. É claro, pode acontecer que a ação tenha uma valorização repentina no dia e ela até ultrapasse o spread que estava sendo cobrado no momento que você planejou comprar. Mas isto são os ossos do ofício, e é um risco que você corre pra economizar um pouco. Desde que isso não aconteça toda santa vez que você for comprar, está ótimo.

Outra coisa interessante a se fazer, caso o papel tenha mais volatilidade no dia, é você se aproveitar dessa variação negativa dos preços para poder comprar a ação ainda mais barato! Por exemplo, esses dias eu fui lá comprar minhas VALE5 no fracionário e notei que o papel estava sofrendo uma bela queda, sendo cotado aí a uns R$32,50. Sabendo disso, resolvi jogar uma ordem lá nos 32 reais dentro do fracionário. Nem uma hora passou e me venderam a 32! No dia, o papel caiu até uns R$ 31,70, mas pra mim isso foi indiferente. No momento que estou escrevendo isto (10/04/2013) o papel está sendo cotado a uns R$ 34,40. Nada mal, não?

Então senhores, no momento de suas compras mensais tenham sempre CALMA na hora da compra. Tente observar a movimentação do mercado, deixem lá a ordem de compra rolando e vai fazer seus afazeres diários. Mais tarde você vê se sua ordem foi executada ou não.

E é isto! Dúvidas, sugestões ou qualquer outra coisa interessante, não se acanhe em usar os comentários para isto! E também não deixe de se cadastrar no Fórum do Búfalo e participar da nossa sessão de Investimentos Bufalescos, onde eu e a galera lá do fórum estamos sempre trocando umas ideias sobre ações e investimentos em geral!

Ps: Eu mandei a ordem de compra no dia 10/04 e como a POMO3 tem uma liquidez ridícula no fracionário, a ordem nem foi executada. Mandei a ordem no dia seguinte mas executou “picado”, só conseguido comprar um pedaço das ações que eu queria. Como o que eu consegui comprar já cumpria a quota que eu havia decidido para ela, deixei por isso mesmo e encerrei as operação por aí.

5 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Leo Philalethes

    Seria interessante escrever um texto só sobre as malditas taxas, um dos maiores inimigos do investidor semimendigo como eu. O valor do TED, a taxa de corretagem, a taxa de custódia etc.

    O TED na boca do caixa está R$13,30, a taxa de corretagem uns R$14,90 e a de custódia uns R$6,90. Ou seja, se o cara investir R$1000,00, o dinheiro dele vai ter que render 2,82% só para cobrir o TED e a taxa de corretagem (fora a taxa de custódia, que é única e mensal).

    A maioria dos caras não tem mais que R$300,00, R$400,00 por mês para investir; alguns tem só R$100,00. E se o cara for investir esses valores a cada mês, as taxas vão devorar ele vivo.

    1. Barãozin

      Pras taxas bancárias, faça DOC Eletrônico. Eu tenho c/p na CEF e até hj não me cobraram um puto de taxa. E olha q o banco da minha corretora não é a Caixa. Além de ser mt mais prático, já q vc não precisa pegar fila de banco pra fazer o doc, é só ir pro caixa eletrônico e fazer por lá. Agora não sei se os outros bancos tem isso, tem q perguntar isso lá.

      Taxa de custódia pode-se pesquisar corretoras que dão desconto. Aliás, pode-se tentar até negociar com ela um valor mais camarada.

      Mas tá aí uma boa sugestão, vou ver se escrevo algo sobre isso…

      1. Leo Philalethes

        No Itaú, o que te livra das taxas é a conta digital. Mas quando dá problema, para resolver é uma empreitada das grandes! O atendimento é muito ruim.

        1. Barãozin

          Eu só sei q com a minha continha da Caixa eu nunca tive BO.

          Só qdo fui comprar o carro q eu tive q dar uma atualizada nela, mas isso eu fiz no próprio dia.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: