«

»

set 12 2012

Sexo Virtual e “Sexbots”

Não deixem de escutar o Décima primeira edição do Jornal da Real!

por Antfeministtech.info

Roissy escreveu mais um post sobre as “sexbots”, e está claro que a oposição a elas (e por extensão o sexo virtual e outras tecnologias relatadas) está ficando desesperada. Seguem links de sites falando que pornografia causa impotência sexual e tentativas de tentar misturar as sexbots com pedofilia. Mas tais alegações não batem aquelas que dizem que sexbots nunca seriam possíveis já que é impossível replicar uma mulher:

“Acho imporvável que robôs sexuais seriam um substituto sexual satisfatório da mulher. Todas as pequenas discrepâncias entre uma sexbot e uma mulher – como textura de pele, movimentação e odores – seriam notados pelo cérebro masculino. Isto arruinaria a fantasia. Mesmo se cientistas conseguissem produzir uma cópia carbono de uma linha mulher, saber que ela não é real iria estragar a experiência.

Os sentidos e o pênis trabalham em unissono por séculos, e eles logo perceberão que não tem graça naquilo.

Se isto fosse verdadeiro, nenhum homem veria filmes pornôs já que isto obviamente não é uma interação com uma mulher real. Ainda mais, para um monte de mulheres, também não há muita graça saber que se pode pegar uma DST ou ter uma gravidez indesejada, e isto não impede nada. Em um artigo sobre como as sexbots seriam o pornô elevado à 100ª potência, tal comentário se auto refuta. Depois o próprio comentarista admite que tal idéia que um homem não toparia fazer algo que replicasse exatamente uma mulher é apenas uma opinião, e que ele não fez pesquisa alguma sobre o assunto.

O mito que o pornô causa impotência sexual se expande:

Lembrem-se: depois de um ponto no ciclo do vício em pornô/sexbots, a disfunção erétil toma conta.

Então a questão é: o que o homem fará se ele descobrir que não fica mais duro? É duro de dizer… quer dizer, é “difícil” de continuar a ter produção suficiente de dopamina com pornô e sexbots quando, durante o resto da sua vida, não importa o quanto tente, você não consiga mais ter uma ereção.

Eu garanto que isto acontece mais com mulheres reais em estágios iniciais, mesmo o melhor pornô produz isso eventualmente.

Isto, depois de tudo, é a razão para o (bem documentado) ciclo de escalação. Quando um cara não consegue mais se excitar com uma Playboy, ele passa para o pornô hardcore; quando isto não funcionar mais ele passa para pornôs ainda mais pesados. A química cerebral é bem direta: quando um apelo sexual não é mais poderoso o suficiente para sensibilizar seus receptores cerebrais, uma combinação de outras sensações mais extremas (nojo, desgosto, medo, ódio, agressão) pode temporariamente prover o estímulo necessário para sensibilizar de novo tais receptores cerebrais.

As histórias do site YourBrainonPorn demonstram muito bem tal trajetória: se alguém não se controla, aquele cara comum, que parece ser uma pessoa educada e polida, estará arquivando fantasias de estupro e sadomasoquismo ou aquela estranha tara japonesa por tentáculos e por meninas com pênis. Isto é um processo que pode levar 5 anos para um e 50 para outros, mas o corpo humano trabalha dessa forma, e chega uma hora que não dá mais para continuar e você tem que parar.

Se isso fosse tão poderoso assim, o sexo normal com mulheres também causaria o mesmo problema generalizado pelas mesmas razões. Já que não causa, o pornô também não.

Tudo isto nos mostra como tantas pessoas não conseguem lidar com as mudanças que estão vindo com os avanços tecnológicos, como as sexbots (e o sexo virtual que virá bem antes disto). Espere ver mais e mais pessoas desesperadas e promovendo mais razões absurdas para explicar porque tal tecnologia seria malvada. O problema é que eles investiram tempo demais na idéia que a mulher é um lindo e puro floquinho de neve quando o assunto é sexualidade.

Mas os comentários do artigo não são de todo ruins. Este aqui é bem interessante:

Seja um alfa. Faça uma suruba com uma mulher e uma sexbot.

Burlando a lei

Há também alguma discussão sobre como os governos podem começar a banir sites e filmes pornôs. Tal coisa será algo que muitos governos tentarão fazer, mas duvido que conseguirão efetivamente. Mesmo se conseguirem emplacar uma lei contra a pornografia, sempre haverá muitas formas de burlá-la. Por exemplo, os servidores com filmes pornôs podem ficar hospedados em outros países mais amigáveis com a pornografia. Nem todos os países a baniriam. Mesmo se os governos imporem uma censura e colocarem bloqueios por ip em tais servidores, há ferramentas para burlar tais bloqueios como servidores proxy e a rede TOR.

Se quer um exemplo de como servidores pornô sobreviveriam se os governos impossem leis pesadas contra eles é só ver como o Pirate Bay ainda está de pé, mesmo depois de todas as tentativas de tirá-lo do ar por meios legais.

E com gráficos 3d cada vez melhores, seria possível em pouco tempo criar seu próprio filme pornô em seu computador. Não importaria mais se você não pudesse baixar os filmes pela internet. você criaria seu próprio filme no conforto de sua casa. Isto é o que se tornará o sexo virtual. A tecnologia em geral está se movendo para uma área em que você pode criar as coisas por si mesmo para poder burlar qualquer lei que possa estar te atrapalhando. Recentemente, um armeiro conseguiu construir partes de uma arma usando uma impressora 3D. Uma dessas partes é uma que permite fogo automático de uma arma, coisa que é proibida de se ter. Com uma impressora 3D, qualquer um poderia criar armas sem ter licença e burlar qualquer lei que poderia lhe atrapalhar. E isto parece que não poderá ser impedido, já que dificilmente o governo baniria impressoras 3D. Há muita grana envolvida nelas e muitas empresas que a usam para reduzir custos de fabricação.

É algo similar ao pornô e ao sexo virtual. A industria do cinema e da TV deseja criar solução que criem programas e filmes fotorealistas por computador. A indústria dos games quer criar jogos cada vez mais reais. Ambos precisam de humanos virtuais indistinguíveis de um humano real para isto. Tais indústrias gastarão bilhões para alcançar tal objetivo. Eles já gastaram bilhões  nisto só para chegarmos ao ponto que estamos hoje com os gráficos e efeitos especiais. Da mesma forma que o governo não iria mexer no vespeiro que é o mercado das impressoras 3d só para impedir que alguns a usem para fazer armas, o governo também não iria mexer no vespeiro da industria cinematográfica e dos games só com o intuito de banir a pornografia.

Estas tecnologias estão vindo e no fim de tudo, o governo não vai poder fazer muita coisa enquanto isso.

fontes: http://www.antifeministtech.info/2012/07/getting-desperate/

http://www.antifeministtech.info/2012/07/working-around-the-law/

10 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Gesmar

    Meus caros, eu já fazia uma projeção dessas a algum tempo. Mas eu pensava que eu estava ficando maluco. Creio que esse é o futuro, já que mulher não gosta de sexo, deixaremos elas se descabelarem pelos alfas e que venham as sexbots. Só assim pra elas descerem do pedestal e deixarem de ser hipergâmicas.

  2. Tenchin

    Como não sei como fazer uma postagem no canal búfalo, vou postar aqui mesmo uma responta que dei a uma feminista no meu face. Se o Barão achar pertinente pode colocar no canal.

    RRITADOS COM MULHERES INDEPENDENTES?
    É interessante perceber, que toda vez que um homem ou mulher se coloca contra o feminismo, já existe um discurso do próprio feminismo de que a mulher é desavisada , desenformada e o homem, principalmente, se sente acuado frente ao discurso de liberdade feminina. As maiores alegações estão de que o homem tem medo de estar perdendo sua “autoridade” sobre a mulher e que a qualquer momento, em sua luta pela liberdade, a mulher pode abandoná-lo e ele ficar sem ela sofrendo. De “Muitos homens gostariam de voltar ao período em que todos os empregos e todas as prerrogativas pertenciam a eles. Muitas mulheres estão cansadas – ou assustadas com a perspectiva – de trabalhar duro pelo resto da vida, acumulando funções de mãe, dona de casa e funcionária exemplar.” É uma forma de dizer que o homem gostaria de voltar a viver num mundo que já não existe da mesma forma que era, e que esse mundo de hoje não o beneficia. Será mesmo? Analisando esse discurso feminista e entendendo o que é o masculinismo, é preciso entender (aos que já estão fora da Matrix), de que o feminismo nunca será algo com o qual devemos nos preocupar. A preocupação na verdade seria com as leis que tiram os direitos dos homens. Em sua luta pela liberdade, a privação dos direitos masculinos. Em momento algum somos contra o direito de liberdade de QUALQUER pessoa. Mas interessante perceber que mesmo com a “modernidade feminista”, o homem ainda é visto como dependente total da mulher, quando muito provedor. O discurso de que o homem não quer o direito de liberdade da mulher, para prendê-la a si, é uma forma muito prepotente de alegar que não viveríamos sem elas, ao passo que elas viveriam muito bem sem nós. “o homem precisa da mulher até pra nascer”. Só um matrixiano cai nessa. Muitos homens alegam que fato de uma mulher ter seu emprego, tira das costas do homem um peso enorme de sozinho sustentar sua família. A época do homem se lascar sozinho pra sustentar uma mulher e filhos já está passando, e tudo isso graças ao feminismo também. Embora muitas espertinhas feministas alegam querer liberdade, mas é o homem que paga tudo, é o famoso discurso “a mulher que é só é machista na hora de pagar a conta”, eu mesmo já presenciei essa atitude em um grupo FEMINISTA. Outra coisa, lamento por vocês, e certa forma por nós, a beleza física feminina sempre será um fator primordial para o interesse masculino, esse papo de que o que mais importa é a inteligência da mulher, isso é papo de homens feministas/manginas que não dizem a verdade, por que esses sim, têm medo de perder suas damas. Homens que se casam com a primeira espertinha que lhe dar oportunidade de acasalamento, a maioria acima dos trintas anos. Toda mulher sente o peso dos trinta anos que chegam (isso não é nada de errado). A mulher se desenvolve antes dos homens, a maioria das meninas de 15 anos já é praticamente uma mulher(quando já não são), enquanto a maioria dos homens na mesma idade são moleques mirrados saídos da infância. A natureza busca o equilíbrio. Já aos trinta anos a mulher não tem o mesmo corpo dos seus vinte, ela sente o peso dos anos que passaram (pois pra mulher a estética é bem mais importante do que para os homens e um homem de cabelos grisalhos dá até um charme), já um homem aos trinta chega ao seu auge. Não quer dizer que uma mulher mais velha não seja atraente, mas qual feminista vai negar (algumas vão) de que muitos homens que abandonam suas esposas, as trocam por uma mais nova (eu ia dizer que não acho certo, mas cada faz o que quer não é mesmo?), ou seja ” Nada no entanto – para terror das acadêmicas – alterou o fato de que os homens continuam apreciando as mulheres mais pelo seu aspecto, do que as desejando sexualmente por causa de suas “realizações profissionais”.” Quer culpar alguém pelo envelhecimento e pelo desejo masculino, culpem a natureza, não a nós. É um dos fatores primordiais para mulheres acima dos trinta buscarem casamento e vinculo imediato, o que não fizeram nos seus vinte, pois com vinte a maioria das mulheres têm um leque de homens a seu dispor e com trinta já se escolhe homens que nos seus vinte elas nem olhariam. É claro que sempre existem exceções. Um homem masculinista não tem medo do feminismo, o estudamos, o analisamos e discutimos, o que as preocupam. Não queremos que a sociedade volte a ser o que era antes, só nos ferramos, trabalhando feito burros em serviços pesados para sustentar a família, hoje se a mulher quer trabalhar, tem mesmo é que ajudar em casa IGUALMENTE. Gostamos de estudar a psicologia humana, comportamento feminino, masculino. Aprofundamos o conhecimento dos gêneros e AMAMOS as mulheres pelo o que elas são, não pelo o que elas têm ( não estou falando de parte física. Bunda, peito, cabelos, lábios, vamos reparar sempre, sóla) e gostamos de transar com elas também. Mas não somos burros de acreditar que a mulher é um ser frágil e inocente (como está no inconsciente popular e senso comum) que só quer dar amor e o homem já nasce como ser potencialmente agressor, opressor, estuprador e dependente totalmente do sexo (sexo como gênero e ato de fazer mesmo) feminino, como alega o discurso feminista. O masculinismo cresce cada vez no Brasil, estamos juntos e lutamos por nossa família.
    http://revistaepoca.globo.com/Sociedade/ivan-martins/noticia/2012/09/os-homens-que-odeiam-feministas.html

  3. André

    O sexo atual é mais uma masturbação do pênis com uma vagina de carne.Uma mudança de paradigma é a vagina artificial.Fico imaginando como seria a composição do corpo dessa robê de esqueleto de fibra de carbono,pele com a mesma textura da pelo natural e a temperatura igual a de uma mulher e o melhor a elasticidade dos órgãos sexuais que seria regulado ao gosto do proprietário.

  4. JingoMambo

    É de se esperar que as sexbots entrem em fabricação em algumas décadas, será um negócio muito lucrativo.

    Todos sabemos que os homens se importam muito com sua vida sexual, e que no mundo moderno as mulheres estão cada vez mais exigentes e esnobes, rejeitando aproximadamente 80% dos homens e quando não os rejeitam dão migalhas de sexo apenas para mantê-los obedientes, como obrigação. Agora imagine, 80% de frustrados sexualmente e um mundo que oferece a possibilidade de sexbots? É claro que irão cria-las, e a cada ano haverão modelos mais versáteis e convenientes, isso já é mais que óbvio.

    Existirão sexbots de romance a parceiras até pedofilia e todos os fetiches que se pode imaginar, todos realizados por andróides que não reclamam (a não ser que você queira), e que de quebra podem ter a aparência e personalidade a escolha do cliente.

    Com certeza esse será (é?) um mercado em grande ascensão.

    Dizer que isso é coisa de impotente é só mais uma forma de linguagem intimidatória. As mulheres dizem isso para manter seu poder sexual, já os homens que consentem com elas o fazem apenas para agrada-las e conseguir atenção delas, já que provavelmente são frustrados que topam qualquer coisa por uma buceta, por mais velha e fedida que esteja, esses caras estão fadados a se fuder.

    E é claro que as sexbots trarão muitas mudanças nas relações humanas, só que isso é papo pra outra conversa.

    1. BERNARDO

      Se essa sexybots, cozinhar pra mim, lavar, passar, limpar a casa,Pegar minha cerveja sem reclamar e além de quebra me dar a satisfação sexual que nós los machos precisamos… Para que coisa melhor? Taí uma boa idéia! Vou me casar com uma Sexybots!

      1. JingoMambo

        Bernardo, eu acredito que existirão androides domésticos, e que isso vai surgir antes do final do século, então é bem provável androides que cuidam da casa e satisfazem sexualmente o dono, isso vai fuder as mulheres.

    2. andre- desbravador

      entaum…… enquanto os destacados 20% se lambuzam de vadias oferecendo sua buceta e ainda por elas são apelidados de garanhões, pedaço de mau caminho, deus grego etc,
      a esmagadora classe mediano não pode ejacular pois na visão anemica delas esses serão os capitães salva puta que irão s erviri de escravo…opa quer dizer marido” e se contetarem com a costela pois o filé ja foi comido a muito tempo.

  5. andre- desbravador

    em uma sociedade movido a vagina, e manginões comando as leis qualquer forma que tras prazer sexual principalmente ao homem comum sera motivo de ataque, sexo virtual, sexo com putas, enfim o homem mediano é proibido de gozar, aos destacados esses sim podem foder todas as vadias e modernetes sabe como é né…..
    os medianos tem que arrumar uma arrombada e ser seu proverdozinho d e merda e eventualmente receber uma merda de sexo em prol.

  6. JV

    Esperando ansiosamente por isso.

    Quero ver a liberdade sexual e individual que as feministas vão tentar reprimir a todo custo. haha

    1. JingoMambo

      Pode crer, elas são totalmente contraditórias mas são assim por que a maioria dos homens deixam, mas se elas interferirem num assunto com essa extensão sobre sexo PARA OS HOMENS, ahhhh aí o pau vai comer. rsrsrs

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: