A tática da triangulação

A triangulação funciona de uma maneira similar quando alguém tenta nos calar. Usando a triangulação é uma tentativa de nos rebaixar ao nível de feministas alegando que apontar para as injustiças cometidas contra os homens é a mesma coisa que feministas fazem para ganhar poder. A única coisa que se ganha usando a triangulação é a continuação do status quo. Tal status quo é a misandria e as políticas feministas governamentais. Se tal triangulação fosse real, nós deveríamos ter o mesmo poder e influência política que feministas. Homens são jogados na cadeia por falsas acusações de estupro. Eles perdem seus empregos por denúncias esdrúxulas de assédio sexual e estímulos governamentais. HOmens são forçados a pagar por filhos que não são seus (a fraude da paternidade). Homens tem suas economias e seus filhos roubados pelas leis de família/divórcio anti homem. Não há nada que um homem possa fazer contra uma mulher atualmente que se compara a estas coisas. Feministas tem muito poder político, então a intenção da pessoa que usa da triangulação é defender a misandria. Alegar que está “acima” ou “entre” os dois lados nunca é usada de forma efetiva contra feministas, e isto expõe ainda mais as intenções do triangulador.

Uma variante da triangulação que você já deve ter visto é “se tirarmos o feminismo de circulação, os homens farão as mesmas coisas contra as mulheres que as feministas já fazem hoje contra homens.” De novo, tal afirmação só é usada contra nós, então isto só reforça o status quo da misandria, então é uma triangulação. Entretanto, tal afirmação é objetivamente falsa. Enquanto temos diversos pontos de vista políticos entre o movimento masculino,  eles geralmente concordam entre si que o governo é o grande vilão da história. Sem este governo boa parte da misandria nem existiria. Quando leis misândricas forem abolidas, o governo ficará bem mais fraco. Ele não terá poder para interferir tanto na vida das pessoas como temos hoje com as feministas no controle. A única forma que um homem possa fazer as mesmas coisas que uma mulher que são feitas hoje com o homem é reinstalar um governo poderoso e invasivo que tanto queremos fora de nossas vidas. Em outras palavras, isto seria impossível já que a arma de um governo poderoso e invasivo estaria destruída.

Mesmo explicando isto, sempre haverá pessoas que triangularão e falarão que precisamos achar um “compromisso” ou um “meio termo” (talvez porque aleguem que precisamos de “aliadas”). Se você em ter um “meio termo” num contexto destes, é óbvio que você está triangulando. Nós queremos que as falsas acusações cessem, que a leis de família e divórcio anti masculinas desapareçam, etc. Feministas querem continuar fazendo o que já estão fazendo. Então achar um “meio termo” ou um “compromisso” significa que apenas metade dos homens poderam passar por uma falsa acusação, sejam roubados num divórcio, etc. Isto é totalmente inaceitável e ainda dará as feministas o que elas querem, mas mais importante ainda ela demonstra que esses pedidos por um “compromisso” ou “meio termo” são ocos e não passam de triangulação.

fonte: http://www.the-spearhead.com/2010/03/08/triangulation/

3 comentários

  1. O que todo masculinista deveria saber é que grande parte da opressão contra homens tem a sua origem no bullyng e misandria entre homens. Sim os homens são os mais misândricos que existem e admiro ver alguns masculinistas atacando todo feminismo, como se esse fosse a toda a fonte do seu problema. O bullyng deixa muito rancor, conheço alguns homens heterossexuais muito rancorosos e misândricos por causa do bullyng que sofreram por parte de outro homem, mais tarde buscam profissões de poder e na primeira oportunidade vingam-se de homens. Normalmente esse ódio é implícito pois quem em sã consciência odiaria explicitamente outros homens sendo homem? Seria chamado de gay e doente mental. Acordem, vocês podem ver isso todos os dias. Cito o seguinte comentário feito por uma outra pessoa: “Digo que homens e mulheres são misândricos. Mas homens são mais do que as mulheres. The Truth já falava sobre isso que o homem tem nojo de outros homens ele diria até que “os maiores inimigos dos homens na verdade não são as mulheres, mas os próprios homens”. Palavras dele. Cansei de ser mal atendido por homens em balcões de funcionalismo público, lanchonetes, Açougues, Serviços de mecânica (um inclusive quase partiu para briga comigo,literalmente, por que o serviço dele estava falho. Ele arrumou a moto Num dia e no outro ela estava com o mesmo problema…Eu tive que tem muito sangue frio! Outra pessoa qualquer cairia na porrada). Um dia num restaurante quase que uma turma de negros caçou briga comigo do nada! Eles fizeram tudo para eu reagir, inclusive esbarrando os ombros em mim propositavelmente para cairem os 5 em cima de mim, mesmo eu no início tendo sido educado com eles. Eu já notei isso! Quando o atendente é homem, se você for homem alguns nem lhe dirigem palavra, acenam a cabeça como querendo perguntar: “o que você quer?” mas se você for uma mulher,mesmo sendo senhora, ele é educado com ela. E Há uma relação inversa de quanto mais educado você é com esses jumentos mais eles te desprezam e caçam briga contigo. Por que a educação, polidêz presume na lógica cavalar dessas jumentopéias que: ele é fraco. Portanto Podemos agredí-lo para elevar nosso ego. Homens e mulheres pensam assim más…os maiores perpetradores de Bulying quem são? São justamente homens. Aqui no contexto da real aposto que não tem um que nunca sofreu esse tipo de assédio por parte de outros homens. Com a ressalva que antes, haveria uma “tregua” entre os homens. Não tinha essa competição louca entre homens. Nas gerações por vindouras a misandria e o bullying só vai aumentar.Portanto se fortaleça, prepare-se para o pior!” Essas palavras não são minhas mas as tirei de um comentário disponível em: http://canal.bufalo.info/2012/10/o-cinemark-misandrico-de-obama/. Combatam o bullyng pois estamos caindo num poço de ódio tão cruel. Há quem acredite até que foram homens manginas MAN+VAGINA que incitaram o ódio das mulheres contra os homens.

  2. Na minha opinião, o masculinismo está certo. Mas, se ver que em ponto uma feminista tem razão, temos que concordar, certo?
    Não aceito que façam essa média. Por exemplo, um pedófilo pode querer abusar de crianças de qualquer idade e propõe um consenso e concorda em abusar apenas das que tem mais de 5 (cinco) anos. Temos que aceitar esse consenso?!
    Reconhecer o erro quando estamos errados e JAMAIS aceitar a injustiça e a exploração.
    O masculinismo/machismo esclarecido deve ser algo bom para homens e mulheres.

    1. O problema é elas falarem algo de correto rs

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: