«

»

dez 09 2011

Todos os homens não prestam

por Angry Harry 

Quantas vezes já tivemos que escutar isto?

Entretanto, se uma mulher diz que “todos os homens não prestam” isso só pode ser por experiência própria dela. Deve ser a experiência que ela teve com TODOS os homens que ela se relacionou, TODOS os seus colegas maculinos e TODOS os seus amigos homens (isso se ela tiver algum).

Agora, tanto você quanto eu sabemos que nem todos os homens não prestam, mas nós sabemos que eles podem agir como um pilantra se eles quiserem.

Então, se a experiência de uma mulher lhe diz que todos os homens não prestam, então podemos deduzir que todos os homens em seu círculo social agem de forma ruim contra ela.

A questão é, porque todos os homens agem feito safados contra esta mulher?

Erin Prizey, a fundadora dos abrigos para mulheres que eram agredidas pelos seus maridos, descobriu que as mulheres que iam para seus abrigos geralmente eram mais violentas do que os homens de quem elas estavam escapando!

Elas também eram mais violentas com as crianças.

E para aqueles mais velhos, vocês poderão se lembrar que uma coisa bem curiosa que você notava era que estas mulheres que tinham que fugir para tais abrigos tinham vários relacionamentos com outros homens, e estes homens tendiam a ser mais violentos do que a média.

Há um grande debate psicoanalítico e uma tagaralice boba na mídia tentando descobrir as razões do porque estas mulheres escolhem homens violentos como parceiros.

Este é um grande mistério psicológico.

Analistas e terapeutas vivem tentando contruir hipóteses esdrúxulas sobre como isto poderia ser algum trauma profundo – geralmente provocado por algum abuso físico ou sexual , é claro – para tentar explicar este fenômeno intuitivo.

Porque tais mulheres vão atrás de homens violentos?

É claro, este é um assunto tão “sagrado” que é heresia contemplar abertamente que tal comportalmento destas mulheres são tão egoístas, irracionais e provocativas que elas são a causa principal da violência contra elas.

Sendo direto, elas não estão escolhendo parceiros violentos, elas estão é provocando para que eles fiquem violentos contra elas.

Agora, pode ser questionado se homem nunca é violento.

Mas, por exemplo, quando um relacionamento está indo mal, e um homem escuta “você nunca mais verá seus filhos de novo!” ou “irei te denunciar à polícia que você me estuprou e você vai em cana!” você não pode esperar que alguém reaja a isso de uma forma tranquila.

Porque? Porque mulheres provocativas, irracionais e egoístas podem falar e fazer estas coisas sem problemas, e a lei não move uma palha para ajudar os homens ou as crianças que estão sendo ameaçadas e machucadas neste processo.

Na verdade, a lei até incentiva isto.

Os homens não tem mais para onde correr. E eles nem podem mais proteger seus filhos disto tudo.

É o politicamente correto e as leis feministas que designam leis que negam a igualdade e a justiça nos relacionamentos e que fazem com que tantos homens acabem realizando atos extremados. Só as leis atuais já são a MAIOR causa da violência doméstica pelo país.

Então, fiquem espertos da próxima vez que uma mulher dizer “todos os homens não prestam”. Mantenha distância dela. Porque ela está te contando o passado conturbado que ela teve. Ela está te dizendo que é uma mulher que faz com que todos os homens ajam feito canalhas contra ela.

Este é o mundinho dela.

E ela está lhe dizendo que é uma mulher egoísta, irracional e que gosta de provocar os outros.

E se as leis no Reino Unido continuarem a apoiar as ações destas mulheres irracionais, egoístas e provocativas ao invés de fazer um julgamento justo da situação, alguns homens infelizmente continuarão a agir violentamente contra estas mulheres.

E dado o fato que a maioria delas PODEM agir de forma egoísta, irracional e provocativa – e geralmente se dando bem – e com cada vez mais homens sabendo disto – então muitos deles simplesmente evitarão ter qualquer relacionamento mais próximo com elas, já que eles não irão querer serem vítimas indefesas do nosso sistema legal draconiano num futuro.

Isto não é bom para os homens. Isto não é bom para as mulheres. E certamente isto não é bom para as nossas crianças.

Mas é claro, esta destruição é muito boa para o governo, para a indústria do abuso e para as feministas.

Eles prosperam com a desarmonia social e com a discórdia que eles mesmos criam; neste caso, pela corrupção da justiça pois assim os homens sempre estarão a mercê de mulheres irracionais, provocativas e egoístas; não importando que estas características sejam algo enraizados em sua natureza ou um mero produto do que ela está sentindo no momento.

fonte: http://www.angryharry.com/esAllMenareBastards.htm

12 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Bruno L. Rocha

    Eu também não comeria piranha ou periguete, pois essas são especialistas em arrumar confusão, problemas financeiros e ate ameaças de morte, já que a maioria é favelada. Sou mais uma zona, gastou pouco dinheiro e só. Não é ter pouca auto confiança, é SABER que você, sendo um beta, não as agrana e SABER que não vale a pena gastar 1 Real com elas. Vai na zona, pega uma novinha, transa e é isso ai. Repita o processo 3 vezes por semana e fique rindo atoa no trabalho, enquanto seus amigos se matam para sustentar de presentinhos uma biscate, engravidando vadias, pagando pensão. Gastando tudo com elas e nada com eles. Adoro prostitutas, são até boa de se conversar depois da transa. Tenho mais respeito por elas que pelo R-E-S-T-O.

  2. o empalador

    Tem solucao pra isso? Tem sim!

    As prostitutas.So e bom tomar cuidado e nao se apaixonar por alguma….porque se isso ocorrer o inferno vira em dobro com direito a cafetao armado e tudo.

    1. Barãozin

      Cara q se apaixona por puta só tem 2 direitos: tomar tapa e ficar quieto.

    2. Cruel

      Mas também tem que tomar cuidado com o outro extremo: se viciar em puteiros. Este é um problema que muitos têm aqui. Se vc está num período de seca de muitos meses, ñ há problema em vc vai num puteiro e esvaziar o saco, ou contrata os serviços de um GP freelancer. Ñ há problema. O problema é qdo isso se torna um VÍCIO. Aí o cara tá numa MATRIX. Sim MATRIX. Ele acredita q só come mulher em puteiro. Ñ vai mais nas baladas, nem tenta mais as periguetes civis, só freqüenta puteiros. Vcs ñ acham q isso é uma MATRIX? Eu ñ consigo ver isso como coisa de GUERREIRO.

      Qto ao assunto do texto, a verdade é a seguinte: qdo jovem, elas só se relacionam com CAFAJESTES, aí de tanto levar lambada dos cafas, elas chegam à conclusão de q NENHUM HOMEM PRESTA, aí falar estas bobagens para os bonzinhos. Mas tem q meter a Real nestas vadias qdo vem falar estas bobagens.

      1. Barãozin

        Se o cara preferir só ir em gps e detesta baladas (meu caso, já adiantando) pq ele tem q fazer algo q ele não gosta (pelo menos pra mim baladinha é um lugar irritante, com musica ruim, gente esquisita e mt lotado) só pra mostrar q é “guerreiro’?

        Eu sou prático. Pelo menos até agora tou vendo q o custo/benefício das gps são melhores q periguetes civis. Não tenho paciência pra ficar fazendo teatrinho pra conseguir comê-la. Mas nada contra quem gosta. Se gosta/tem paciência pra isso e consegue cumprir o objetivo de comer ela, tanto melhor.

        1. Cruel

          Decisão pessoal sua. Tem de respeitar. Eu tb qdo estou na seca, contrato os serviços de uma GP, ñ fico mendingando sexo para estas periguetes civis e inflando o ego delas, e levando tapas. Isso ñ é coisa de GUERREIRO, mas de mangina e matrixiano desesperado. Só é preciso evitar de virar vício, aí já é problema. Agora, quem não respeita a nossa decisão é o deputado João Campos (PSDB-GO), líder da Frente Parlamentar Evangélica. Veja o projeto de lei de sua autoria q está tramitando no Congresso:

          PL 377/2011 Inteiro teor
          Projeto de Lei

          Identificação da Proposição

          Autor
          João Campos – PSDB/GO

          Apresentação
          10/02/2011

          Ementa
          Acrescenta artigo ao Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940 – Código Penal -, para dispor sobre o crime de contratação de serviços sexuais, e dá outras providências.

          Explicação da Ementa
          Tipifica o crime de contratação de serviço sexual, inclui na mesma pena quem aceita a oferta de prestação de serviço de natureza sexual, sabendo que o serviço está sujeito à remuneração.

          http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=491833

          Que cretino, FDP, né? Atendendo ao lobby feminazi. Precisamos nos organizar contra isso. ñ podemos permitir q façam no Brasil como estão fazendo na Suécia e na Noruega, onde o cliente das GPs é preso (no segundo caso, é tão radical q se um norueguês vier ao Brasil e contratar os serviços de uma GP, e for descoberto, ele será preso qdo regressar ao seu país, pois na Noruega é crime contratar os serviços de GP dentro e fora da Noruega. Um absurdo, né?).

          1. Barãozin

            Previsível. Mas acho difícil eles proibirem no Brasil pq a prostituição aqui é praticamente patrimônio nacional. Seria quase como querer aterrar a praia de ipanema ou terraplanarem o Pão de Açucar haha Ale´m do q brasileiro geralmente caga e anda pra lei, só ver a proibição de bingos e a lei seca. Proibiu, mas “nobody gives a fuck”.

            Sem contar o tanto de gente no congresso q deve ter rabo preso com esse ramo, e q também usa desses serviços. Mas msm assim eu não descarto uma proibição não.

          2. Cruel

            Tb acho q ñ vai passar. Nossos congressistas ñ aprovariam uma lei q vai prejudicar a si próprio, são os maiores clientes de GPs e puteiros de luxo. Mas temos de ser previsíveis, pois mtos países estão imitando a Suécia (recentemente a Irlanda estava debatendo uma lei similar à Suécia, ñ sei se chegaram a aprovar, ou seja, a modelo sueco está se expandindo e em alguns casos como a Noruega, é mais radical).

          3. Um Cara

            Se esse projeto de lei passar, teremos dois caminhos.

            1- Os caras irão se tornar provedores cada vez mais mansos, e as piriguetes TERÃO o controle total da situação, pois estarão em busca de idiotas para financiar a esporrada alheia, e com esse contingente de caras sem mais ter a opção das GP´S passarão a viver esse inferno.

            2-Veremos o nascimento dos Homens Herbs brasileiros, aí amigo será o caos total, carros deixarão de ser vendidos, baladas vazias e por aí vai……

            Enfim…. Merda de vida.

          4. Leandro

            Tomara que o Barão esteja certo e que tal projeto de lei não passe. Mas temo que em um futuro próximo a coisa seja criminalizada ao estilo brasileiro: vira crime só para quem é pobre, para quem tem grana/poder/influência dá-se um jeitinho. Aí os homens que já não conseguem mulheres porque são pobres também não vão poder ter acesso às prostitutas.

        2. Celso

          Não sou contra o cara recorrer aos serviços de uma GP como um último recurso. Isso é até é bom para aliviar a tensão hormonal. Agora, um homem que transa APENAS com GP e nem tenta as civis, é um problema pois perde a confiança em si mesmo para conseguir civis.

          E tem mais uma coisa: se o homem nem tenta as civis, como vc vai colocar a Real em prática? Impossível. Se só transa com GP, ñ lida com as mulheres…

          Ademais, se vc ñ gosta de baladas, se vc detesta baladas, quem disse que só se pega mulher em balada?

          1. Barãozin

            Por mim o cara faz o q bem entender. Se ele se sente mais confortável comendo gp, q coma gps. Se prefere dividir, q divida. Se não gosta de gp, q só coma civil.

            A real não se pratica apenas em relacionamentos. Achar q a real é só isso é ter uma visão limitada das coisas.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: