«

»

dez 14 2011

Que diabos seria um macho zeta, afinal?

por Rise of the Zeta Male

Assumo que você leitor já viu este vídeo de Paul Elam, sobre as premissas básicas do termo Macho Zeta (NT: ele fala da parte final do artigo “A Praga da Masculinidade Moderna“, já traduzido pelo Canal. Caso não tenha lido, leia ele antes de continuar a leitura deste artigo!). Ela é um pouco vaga e é uma boa base. Mas mesmo assim te deixa com uma dúvida – o que diabos seria um macho zeta?

Bem, o termo vem dos conceitos de machos alfa e machos beta, onde o zeta seria a letra do meio do alfabeto grego. Uma coisa interessante é que você não escolhe se você quer ser um alfa ou um beta, mas tem a luxúria de escolher se quer ser um zeta.

A idéia dos machos alfa e beta são baseados no conceito de quem são os líderes e quem são os liderados na nossa sociedade. Quem são os melhores provedores, e quem vem em segundo lugar. Você cresceu sendo ensinado que isto era o certo. Que você tem que ser o provedor, que você tem que abrir as portas para as mulhers, etc, etc. A construção social e as idéias institucionais do que um homem tem que ser.

Antes de você perceber isto você já foi moldado para ser o homem que é e jogado em alguma das duas categoria. Você pode ter um pouco das duas categorias, mas sempre você terá mais tendência a ser uma das duas. No fim, de um ponto de vista crítico e institucional, você será marcado queira você ou não. Você terá status, para melhor ou para pior, baseado em sua educação, suas habilidades sociais e um pouco de sorte.

O problema com este conceito de machos alfa e beta é que estas características são parcialmente baseados em superioridade/inferioridade e são bastante restritivas e se unem com as restrições padrões da masculinidade (a inabilidade de mostrar emoções, ter que ser chefe de família, ser o provedor da casa, etc.). É te dado um código de conduta, e dependendo de quão bem você desempenha o seu papel determina o teu resultado final. Falando de um modo mais tradicional, ou você joga este jogo ou você perde por padrão. Não há muitas opções, e mesmo os machos alfa estão presos aonde eles estão. Não importa onde você esteja, sempre terá um desejo por liberdade e mudança.

Muitas vezes quando se tem poucas opções, as pessoas tendem a ser mais felizes, já que elas não tem que pensar “poderia ter escolhido as opções X, Y e Z ao invés do que eu fiz…” Mas, na maioria dos casos quando não se tem opções isto nos trás uma grande dor.

Especialmente quando você vê a liberdade que outras pessoas tem.

Uma das coisas que o feminismo talvez fez certo foi dar uma abundância de opções para as mulheres. Quando os homens se compararam a esta situação, eles perceberam o quanto suas vidas eram uma droga. Os homens também querem opções.

E assim o macho zeta começa a surgir dos escombros da imagem abalada da masculinidade.

A masculinidade zeta é auto didata e desafia as estruturas sociais tradicionais. A Teoria Zeta tende a nos dar a opção de nos “abster” do jogo. Você não perdeu, mas também não está jogando. Os machos zeta não tem a inteção de se dobrar às vontades da sociedade por causa de papéis impostos, mas sim fazer o que ele deseja. Isto não é necessariamente se abster de ter uma moralidade ou uma ética, mas mas simplesmente “pular fora” e se alguém vier te mandar fazer algo só porque você é “homem”, você simplesmente responde NÃO.

As expectativas sociais tantos para alfas e betas (ser provedores, ser cavalheiros, etc) são deixadas de lado, e nos recusamos ser vistos como inferiores por isto. Estamos fazendo o que queremos, comandando as nossas vidas. As noções mandatórias tradicionais da masculinidade está a nossa mercê.

As idéias tradicionais de masculinidade se transformarão em argila em nossas mãos. A teoria do Macho Zeta nos permite moldar estas instituições sociais de acordo com nossa vontade. Mas primeiro temos que ter um objetivo: derrubá-la.

Os papéis de gênero são altamente institucionalizados na nossa sociedade, e como todas as instituições, elas foram criadas. Elas podem muito bem ser derrubadas, e em longo prazo, este é o objetivo. Não é simplesmente escolher um novo caminho e seguí-lo, mas sim abrir todos os caminhos para todos.

Os machos zeta tem a intenção de mudar a sociedade, e reformá-las da forma que melhor os servir. Como podemos ver a masculinidade em sua forma ideal? Liberdade.

A liberdade de ser o que você quiser sem medo, escolher a carreira profissional e a formar a família que desejar sem ser visto como menos homem por isto.

Na verdade você nem queira ser visto como um homem, o que é valido também. Desde que você seja quem você quer e mantenha sua cabeça erguida com orgulho você estará seguindo este novo design. Para pior ou para melhor, não há arrrependimentos no que você decidiu ser desde que você se sinta feliz com isso.

Nãpo queremos mudar por causa de mulher, especialmente quando o assunto é relacionamentos. Se uma pessoa não quer ficar com você pelo que você é, então ela não nos respeita, e não queremos alguém assim do nosso lado. Posso dividir meu tempo com você, mas minhas paixões não morrerão por sua causa.

E não são apenas as mulheres culpadas por isto. Homens também são por tentar forçar papéis de gênero desvantajosos para os outros. Nós podemos te ajudar a sair do buraco, mas não vamos deixar que vocês nos puxem de volta. Não iremos contribuir para um sistema em que 80% dos suicídas são homens. Queremos que você escape com a gente. Nossas mãos estão ao seu alcance para você segurar e sair daí, ou prefere ficar onde está?

Se ALGUM homem, mulher ou criança reclamar? Calem-se, e saiam da nossa frente. Somos machos zeta, e não estamos indo a lugar nenhum.

fonte: http://riseofthezetamale.blogspot.com/2011/05/so-what-fuck-is-zeta-male-anyways.html

Acesse a página do Facebook do blog do autor.

12 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Pedro Antonio

    Na verdade pelo que vi aqui, muitos dos conceitos que vcs atribuem ao macho zeta, são na verdade do macho Alfa. como não ser oprimido pelo sexo oposto e se posicionar de acordo com suas convicções.

    A unica coisa diferente é que vcs estão taxando o macho Alfa, como um maniaco pelo poder! Quando na verdade não é isso. Ser Alfa é saber o que quer e buscar isso, não ser influenciado pelo outros ou seu ambiente. Essa questão da liderança do Alfa não é dessa forma como descrevem, o Alfa lidera sua vida do jeito que ele deseja!

    Vcs falam do macho Alfa como se ele estivesse dentro de um jogo? pow se é Alfa como vai deixar ser influenciado?

    ta meio confusa essa teoria….

    1. Carnal

      Ele é ou se considera alpha por causa da sua posição no jogo social. O Zeta, ao contrário do alpha, não se preocupa em almejar status social em decorrência do cumprimento das metas sociais.

    2. Lazarus

      Você falou uma coisa importante, mas errada: “ser alfa é saber o que quer e buscar isso”, mas a verdade foi dita por Schopenhauer “O homem pode fazer o que quer, mas não pode querer o que quer”. O alfa acha que sabe o que quer, mas o querer dele é ditado pelo das mulheres. A distinção básica entre o alfa e o zeta é este efetivamente escolher o que quer.

  2. DEADHAMMER

    o ideal do macho zeta da REAL pra mim ta muito além dos valores conservadores. eu vejo o macho zeta como aquele que faz o que realmente quer fazer e usa todo o conhecimento sobre as relações entre humanos a favor dele. o macho zeta sabe que o casamento é uma merda, pois é um meio de escraviza-lo financeiramente, onde ele é visto como um mero beta provedor e a mulher que ele sustenta vai se divertir com pitboys marginais. o ZETA tambem não tem vida social e amigos porque pra ter vida social é necessário se padronizar, se vestir na moda, cortar o cabelo etc ZETA é misantropia acima de tudo. não sei se voces vão aceitar meu comentario, mas eu acho que a REAL ta muito além do conservadorismo. a REAL realmente me deixa com repudio por mulheres, vida social e amizades, pra mim a REAL tem que ficar lado a lado com a misantropia e o macho zeta tem que criar o próprio mundo dele, e tem que viver de acordo com os pro´prios valores criados e não de acordo com o qu]e a sociedade quer.

    1. Barãozin

      Aí já é misantropia.

      Não é pq vc vai adotar certos procedimentos para evitar problemas que você vai se isolar do mundo também…

      Eu msm me encaixo em boa parte do paradigma do “Zeta” e nem por isso tenho repúdio de ninguém não.

  3. revouker

    Não quero ter filhos! logo serei um zeta?

  4. doido666

    Foda-se a sociedade. Fodam-se os papéis de gênero!

    Mas, sinceramente, se eu lesse este artigo em outro lugar, poderia julgar que se trata de um artigo feminista. Praticamente algo feminista em módulo, mas com sentido contrário.

    Alguém discorda?

    1. Leonel

      Também achei parecido…

      1. Lucas

        Também senti um pouco de cheiro de feminismo na parte em que fala que a sociedade impõe padrões e papéis de gênero. As feministas adoram isso. Mas em suma, o texto está muito bom

  5. Leo Philalethes

    Já sei como denominar a ideologia que defendo em meu blog: “Macho $eta”!

    Isso porque também apoio que o homem rompa com as imposições amorosas da sociedade, mas ao mesmo tempo defendo uma postura altamente mercenária.

    Sou um Macho $eta! heheehehehehehehehe…

  6. Renato

    Interessante, não conhecia essa terminologia.

  7. Richard White

    Cara, sou Macho Zeta e nem sabia. Kkkkk

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: