«

»

dez 09 2011

[Pragakham] Sobre o casamento atual

por Pragakham

Achar mulher é igual cerveja em buteco, tá espalhada aos milhares. Difícil é achar uma que quer ser uma mulher honrada, que quer cumprir com o papel de mulher.

Primeiro ela passa o mel na sua boca, fica redondinha com a buceta coçando. Depois, ela começa a se interessar pelo seus bens materiais, vasculhando sua vida, vendo se você tem carro, bens, imóveis. Ai ela coloca aquela saia justinha, passa aquele perfume fedorento da avon, e começa a desviar a vadiagem pro seu lado. Nisso, você de bililiu durim, já acha “vou comer!” e ela começa a encher o saco todo dia com coisas mentirosas, tipo te amo, te gosto, te meto sei lá. Nisso ela já pensa “vou mandar um boneco nas costas deste pijamão!” Ela já pensa em pensão, divisão de bens. Ai a mamãe pilantra dela já fala “filhinha, pega esse homem pra você, porque ele tem grana!”

Veja o exemplo da mamãe que casa com seu papai pobre. Hoje tá esse bagaço ai. Ai como ela é vadia não vai querer seguir o exemplo da vovó, ela usa a arma perigosa e peluda contra o cara, e o banana não aguenta e mete o boneco na pilanta. Nisso, já se enrrolou todo. Mas acho que ainda existe mulher pra casar. Se você ver alguma voando por aí, mande o telefone dela pra mim!

MEU AMIGO, SE VOCE QUER CASAR, CASE COM SEU SUCESSO! CASE COM SEUS ESTUDOS, TRABALHOS, FAMÍLIA. Se achar uma mulher decente case com separação de bens, garantia de vida, e tudo mais, porque se não voce estará aqui nos fóruns contando a vida real.

Mulher depois que casa, ela peida, ela caga de porta aberta, ela fica barriguda, ela fica mais nojenta, ela tem caspa, menstrua sempre, e toda hora que você vai dar um cagão no banheiro ou um mijão se depara com aquele monte de modess cheio de vinho de vagina, calcinha com freada de bicicleta espalhada pela casa, perfumes fedorentos avons ou natura, celulite, varizes, aquele jabuti do seu lado, depois você começa ver as gostosas na rua e aquele pedaço de fumo do seu lado. Bonecos catarrentos, ciúmes de jabuti, brigas com a muié jaca, muié te pedindo dinheiro pra comprar modess, shampoo, roupa, tudo sempre é ela. E nisso você vai sendo sugado pela vida do casamento, envelhecendo, e ela metendo o reboco com seu dinheiro suado, dando pra outro pedreiro. Mulher não lava a bunda de preguiça depois que casa, cheira peixe na virilha, bacalhau as axilas. Tudo em troco de um miserável sexo.

Com o sucesso você pega quantas vadias quiser, quando não aguentar mais arruma uma companheira pra você e pronto. Viaja, conheça o mundo, pega mulher japonesa, africana, espanhola, inglesa, francesa, bom demais!

Agora se casar vai empacar, vai entulhar o monte de lixo gordo dentro de casa. Pior coisa que tem é o cara pagar pensão pra muié feia e gorda, além de ter um bagulho minando o seu financeiro, mulher depois do casório vira PORCA PRA ABATE, fica que nem aquelas leitoas chatas, fedendo, cara de buceta azeda, você perde sua liberdade.

Se há algo de legal nisso, me conte aí.

8 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Fernando

    Boa tarde, tenho uma pergunta,, no texto esta escrito “case com seus estudos, trabalho, FAMILIA” que familia????? se ninguem mais casar nao vai existir familia! voces tem familia???? se a resposta for sim,, (e creio que será, o texto afirma que pelo menos o autor tem uma), como ela foi constituida???? de um homem (pai de voces) um otario, e uma vagabunda, pilantra, safada, sem vergonha????? cara…. acho escroto o idiota apaixonado, meloso, mas tudo tem limite, acho que nao é por ai… fica a dica…

    1. Barãozin

      No passado não era essa putaria de hoje.

      Simples assim.

      1. Fernando

        A é? e quando a “natureza” feminina passou a ser assim entao?? porque ao ler artigos comparando mulheres com macacas, eu penso que o comportamento delas esta enraizado em uma “natureza” em um “instinto”, se bem que eu nunca vi um macaco assinando um contrato… entao comparar seres humanos com animais me parece que retira o poder de decisão e escolha deles, e se a pessoa QUISER ser honesta? e SE “no passado nao era essa putaria de hoje” o que é que “existia” no passado que agora nao existe mais?? o caminho nao seria resgatar essa “coisa” do passado que fazia com que as pessoas e principalmente as mulheres nao fossem tao filhas da puta? ao invés de procurar argumentos para trata-las como objetos??? Abraço

        1. Barãozin

          Meu, o caminho é vc ser livre e vc saber identificar os perigos e ameaças ao seu redor. A partir daí vc faz o q bem entender.

          E no mais, quem tem q se preocupar com bom comportamento ou não da mulher é a própria mulher. Eu é q não vou gastar meu tempo me preocupando com isso. Não ganho nada me preocupando com isso. Prefiro pensar em como me proteger deste novo ambiente e por fim, como lucrar com ele.

          Pode espernear, pode reclamar, chorar à vontade. Mas eu e tantos outros caras, como posso notar pelo aumento no nº de leitores daqui, fazemos o q considerarmos melhor para NÓS.

          Oh! Somos menos “homens” por isso, por não nos preocupar? Quero mais é q se foda.

  2. Anna Carla

    Essa foi a coisa mais infeliz que li na vida. Infelizmente, você provavelmente deve ter passado por experiências não tão agradáveis nos seus relacionamentos, então está certo, você só pode lamentar e ter como referência a vida medíocre que você descreveu.
    O que fica óbvio, é que a sua unica preocupação é comer vadias, e portanto, quando se cogita a possibilidade de um relacionamento sério, as vadias não tem o que oferecer, e simplesmente sugam o seu dinheiro e virilidade.
    Talvez se você procurasse as coisas certas nas pessoas certas, não teria esse ponto de vista.

    1. Barãozin

      Ahhhm q gracinha. Como não sabe rebater o texto, só pode falar “ai ai ai ui ui, ele só comi as erradas, não as certas como eu, ai ai ai ui ui.”

    2. Humberto

      Afff sério mesmo,já tem uma exessão aqui? Agente procura as coisas certas nas pessoas certas,o problema é que as pessoas certas,não existem mais,ou moram só na internet,onde podem falar a m. que quiserem,ser hipocritas e tudo oq agente já sabe.

  3. Gustavo

    Como que são as coisas há uns anos atrás eu via um homem na televisão solteiro,30 anos,E ria dele,pensava que ele era bobo de não se casar,falava comigo mesmo, com essa idade estou bem casado e feliz, rsr.

    O que a Real não faz com a gente.Tudo para abrir os olhos dos inveliszes.
    Hoje penso com 30 anos estou solteiro,comendo mulheres sem compromisso,morando sozinho,com minha grana só para mim,com tranquilidade e paz interior.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: