«

»

dez 12 2011

Olhar o Passado para entender o Presente e tentar prever o futuro

por Resumidor de Obras, usuário do Fórum do Búfalo

Hoje existem muitas discussões no “ambiente” da REAL, todas basicamente relacionadas ao lado obscuro das mulheres nos relacionamento e a submissão dos homens (“manginismo”). Mas é muito raro ou até mesmo inexistente discussões a respeito de como surgiu e como se propagou no mundo o “manginismo” e a estrutura da sociedade no momento, que se baseia na forma de como o “manginismo” e a dominação feminina está inconscientemente relacionada aos eventos sociais atuais e como isso pode afetar o futuro dos Homens.

Primeiramente, analisemos o período pré-histórico da Terra, basicamente, o Homem (aqui, Homem, como macho) dedicava a maior parte de sua curta vida a caça e procriação, através da caça buscava a sobrevivência e a manutenção de seu grupo e a procriação como forma de manter esse grupo. Então basicamente o papel do Homem era manter o grupo vivo, seguro e o mais confortável possível, note que a descoberta do fogo e ferramentas visa unicamente à busca de conforto, pois proporciona uma maior facilidade e cumprir as tarefas diárias. Mas não pense que todos os Homens daquele tempo tinham condições, físicas e mentais (inteligência), para promover todo esse conforto. Então a partir desse raciocínio básico, as mulheres do grupo sempre tentavam se manter ao máximo perto do que provia o maior conforto e tentando ao máximo agradá-lo para poder partilhar do mesmo (nota-se essa atitude em animais, que no caso se assemelha ao exemplo, é uma atitude natural, não precisa fazer faculdade pra tomar esse tipo de atitude).

Nesse contexto, notamos então que, se as mulheres estavam sempre próximas e tentando agradar os provedores de conforto, os provedores sempre tinha acesso a sexo com maior frequência, enquanto os outros machos tinha que disputar por mulheres através de demonstração de maior condição de prover conforto, dava-se então a disputa entre os machos para se saber quem teria a maior condição de promover conforto e segurança, ou seja, quanto mais conforto e segurança, mais sexo, e com mais sexo, mais PODER. Essa é a busca diária do Homem durante toda a história e pré-história, acumular o máximo de poder, existe uma relação direta entre poder e satisfação sexual. A busca por poder resume o significado da existência humana, assim como explica a criação das ciências, guerras e estudos gerais, tudo leva a formas de conseguir poder, para conseguir conforto e segurança para que como consequência obtenha sexo com maior facilidade.

Até agora só relatei a trajetória dos Homens poderosos. E os que não conseguiam conquistar o poder? Esse simplesmente era fadado a viver uma vida de pouco conforto e prazer sexual, até porque o poder não é para todos. Deste modo, os Homens, que não conseguiam obter sexo de maneira regular, inventaram uma forma de ter uma regularidade na prática sexual, daí surgem os relacionamentos, que têm como base, para o Homem, manter uma regularidade sexual e garantir a procriação (gosto de dizer: “Se o Homem tivesse acesso a comida, segurança e sexo com maior facilidade, o mesmo permaneceria como o homem primitivo.” Têm se como exemplo alguns indígenas brasileiros, que mesmo tomando conhecimento da civilização, preferem permanecer em seu local de origem, pois tudo que necessitam está a fácil alcance).

Por esse motivo, a sociedade, desde os primórdios da história apóia a união entre o Homem e a Mulher. E é de extrema importância, para a sociedade, que você, Homem, se uma em matrimônio, para assim cumprir as regras sociais, para permanecer com a cultura e passar seus genes adiante. Por fim isso nos leva a compreender que, todo o nosso esforço em trabalhar, estudar e etc., tem como propósito conseguir o máximo de poder, para converter em conforto e consequentemente atrair fêmeas.

E o que isso tem a ver com a dominação feminina em relação ao Homem? É fato que, mesmo lendo o trecho acima e não refletindo, não será possível entender a situação atual. Ora, é simples. As mulheres têm o que queremos, capacidade de fornecer prazer sexual, e nós temos a capacidade de conseguir o que elas querem, conforto e segurança. Porém, assim como antigamente, atualmente ainda existem homens que não podem satisfazer às vontades do sexo masculino, então dessa forma, as mulheres acabam manipulando, através da oferta sexo (não significando que será atendido o desejo do Homem), o Homem, para que o mesmo entregue todas as formas de conforto e segurança, sem receber o equivalente em sexo, mantendo assim o Homem sempre a agradando, com objetos e atitudes de conforto e segurança, mas mantendo o mesmo sempre buscando o prazer sexual com a mulher.

Esse “jogo” ocorre inconscientemente e é difícil para a maioria dos Homens notar, alguns grandes observadores das dinâmicas sociais como, Nessahan Alita, Eliphas Lévi dentre outros sociólogos importantes como, Webber, Marx e Conte (que mesmo não focados no assunto de relacionamentos, através de suas leituras é possível retirar conhecimentos e adaptá-los com as dinâmicas entre Homem e mulher), conseguiram desmembrar e processar conhecimentos sobre o assunto. Então, essa foi a forma, criada pelas mulheres, de conseguir o máximo de conforto possível, através da dominação de vários homens, até que se encontrasse um Homem com poder suficiente para lhe proporcionar conforto e segurança para manter sua vida. E quais serão as conseqüências do futuro? Basicamente, em todo o mundo, a taxa de crianças criadas por mãe solteira é muito elevada e mesmo as que são criadas por pai e mãe, já sofrem o peso de serem criadas por uma dominadora de homens e de um dominado (Eu particularmente tenho vontade de ter filhos, mas para ter filhos é necessário um relacionamento, até aí tudo bem, as obras de Nessahan Alita estão aí para nos ajudar, porém imagine criar um filho, num futuro em que enquanto se tenta passar, dentro de casa, valores honrados para a vida da criança, a sociedade em geral a ensinará tudo ao contrário do que é passado no lar. Reflita sobre essa questão se deseja num futuro ter filhos), esse processo causa um aumento em progressão geométrica no surgimento de mulheres dominadoras e “manginas” (vide mangina como um macho lacaio do movimento feminista (chamado de “macho feminista”), que vê a mulher como superior ao homem e sempre abaixa a cabeça e concorda com elas na tentativa de obter alguma migalha ou favor).

Já se pode notar isso através da dominação da mídia, que expõe como símbolo sexual, por exemplo, Justin Bieber, Luan Santana, dentre outros e a constante visão de que a mulher é superior ao homem em tudo, vide algumas novelas brasileiras e séries dos E.U.A. como, por exemplo, “Sex And The City”.

E por fim, não deixe de refletir sobre o que acabou de ler, veja se realmente isso cabe a realidade e se possível critique, manifeste-se, crie uma opinião. “Desejo-lhe a vitória.”, como diria Nessahan Alita.

 

2 comentários

  1. Realista

    “note que a descoberta do fogo e ferramentas visa unicamente à busca de conforto, pois proporciona uma maior facilidade e cumprir as tarefas diárias. Mas não pense que todos os Homens daquele tempo tinham condições, físicas e mentais (inteligência), para promover todo esse conforto. Então a partir desse raciocínio básico, as mulheres do grupo sempre tentavam se manter ao máximo perto do que provia o maior conforto e tentando ao máximo agradá-lo para poder partilhar do mesmo (nota-se essa atitude em animais, que no caso se assemelha ao exemplo, é uma atitude natural, não precisa fazer faculdade pra tomar esse tipo de atitude).

    Nesse contexto, notamos então que, se as mulheres estavam sempre próximas e tentando agradar os provedores de conforto, os provedores sempre tinha acesso a sexo com maior frequência”

    – Só se elas queriam estes homens apenas como PROVEDORES pois estes homens eram BETAS. Como está no artigo publicado aqui no canal: http://canal.bufalo.info/2012/03/porque-machos-beta-existem/#.T9LVXuqGibg , a descoberta do fogo e a criação de ferramentas foi feita por machos BETAS. E como sabemos, mulheres ñ gostam de BETA. Sendo assim, os Alfas, ou seja, aqueles q se destacavam devido à sua força, “valentia”… tinham até mais mulheres do q estes betas provedores, claro q estes alfas era minoria (como sabemos, 20% da população masculina)…

    1. Fernando

      Foi somente graças aos homens betas que a humanidade conseguiu progredir tanto tecnologicamente, porque se dependesse dos alfas que são geralmente marginais e cafajestes que as mulheres adoram ainda estaríamos vivendo no tempo das cavernas,e isso que ocorre atualmente com a sociedade depois da liberação sexual das mulheres,pois como elas preferem os alfas que são na maioria escórias da sociedade a humanidade está começando a retroceder a idade da pedra,pois antes a religião e a família permitiam ainda os homens betas de se reproduzirem mais como hoje essas duas instituições estão sendo destruídas pela esquerda que promove o feminismo os homens betas estão começando a perder a oportunidade de procriar.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: