«

»

dez 06 2011

Marcha das Vadias em Nova Deli?

por The-Spearhead.com

Para demonstrar como a cultura ocidental (desta vez a parte mais aberrante dela) penetrou de vez na India, Umang Sabarwal, uma jovem de Nova Deli, decidiu seguir suas irmãs ocidentais “poderosas” e está orgranizando uma “Marcha das Vadias” em sua cidade natal.

Sabarwal, que é uma bonita jovem de 19 anos, reclama:

“As coisas estão ficando cada vez piores em Nova Deli para as mulheres e não está sendo feito nada relativo a isso. Você está no metrô e os homens começam a te olhar feito animais, como se você fosse um pedaço de carne. É esquisito e ainda a maioria das mulheres se calam perante isso.”

Parece que o conceito de enxergar estupro em todo o lugar chegou de vez na India, onde a pobre Umang está sob o jugo opressivo dos olhares tarados masculinos. É claro, sua idéia de promover uma “Marcha das Vadias” na India chamou muito a atenção, a maioria dela vindo do Ocidente, obviamente. Até agora, por volta de 12 mil dizem que vão participar disso na página do evento no Facebook.

Entretanto, nem todas as indianas estão de acordo com isso. Uma jovem indiana diz:

“Mulheres são responsáveis pelas consequências de se vestirem desse jeito… É um assunto muito sensível… Há outras formas de emancipação. Nós estamos regredindo a 5 mil anos atrás. Como quando os homens começaram a andar nas ruas, expostos. Vamos todos fazer que as ruas virem um lugar interessante.”

Nova Deli é realmente um lugar mais perigoso para as mulheres do que em Mumbai, tendo mais denúncias de estupro. Entretanto, Pavan Kumar, um inspetor de polícia de Nova Deli, diz que por volta de 50% destas denúncias são falsas; é o resultado de mulheres mentindo a suas famílias para esconder suas pisadas na jaca.

Isto deveria ser algo preocupante para os indianos, por causa que mulheres jovens são sucetíveis as más sugestões e à histeria do estupro. Eventos como esta Marcha das Vadias em Nova Deli pode resultar num aumento de falsas acusações de estupro e inflar exageradamente nas mulheres a sensação do perigo de estupros, o que é um crime bem menos comum do que as feministas insistem em dizer.

fonte: http://www.the-spearhead.com/2011/06/13/slutwalk-new-delhi/

1 comentário

  1. Abigail Pereira Aranha

    Até no favelão indiano? Gente, lá ficou importante, pode ter certeza. No Marrocos elas não fazem a marcha a ré não, né?
    http://www.estadao.com.br/noticias/internacional,suicidio-de-jovem-forcada-a-casar-com-estuprador-causa-protestos,848822,0.htm

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: