«

»

dez 13 2011

Evite ser ferrado por cavaleiros brancos, feministas e manginas – Proteja seus dados e tenha provas ao seu favor

leia a introdução aqui.

por John The Other

Abaixo, recomendarei algumas ações para que você possa evitar ser ferrado. Lembrando que este é um “manual” incompleto e aberto à sugestões. Algumas sugestões não eram do artigo original, eram comentários que leitores do artigo fizeram e fiz por bem adicioná-los ao artigo, pois também são dicas valiosas.

Veja o que seus inimigos estão falando de você

Quando usar isto: o tempo todo

Use o Google Alerts: http://www.google.com/alerts

Esta é uma ferramenta online que monitora conteúdos que tenham a ver com termos escolhidos por você que a ferramenta de indexação do Google encontra.

No mínimo, seu nome e seu usuário online devem ser vigiados – assim você saberá quem está mentindo sobre você, e quando ele fez.

Grave certas conversas telefônicas

Quando usar isto: antes de uma transa, depois de uma transa, antes de uma separação, durante uma separação.

Se a lei do país/estado/cidade permitir fazer isto, você pode gravar ligações feitas em seu celular usando uma miríade de programas.

A plataforma Android faz isto facilmente com um programa chamado “sanity”, feito por Cristiano Tagliamonte:

http://www.appbrain.com/app/sanity/cri.sanity

Use isto cada vez que você transar com uma mulher pela primeira vez. Ligue para ela logo depois, na verdade faça isso imediatamente depois que sair. Não dê chances que ela não responda. Fale mansinho, pergunte a ela o quanto ela gostou, seja doce. E não se esqueça: GRAVE A CONVERSA, porque esta conversa pode ser usada no futuro para livrar sua barra contra uma falsa acusação. Se ela resolver te acusar falsamente de estupro, esta gravação pode salvar o teu rabo.

Quando legalmente possível, use um gravador.

Uma miríade de programas para celular podem ser usados para fazer gravações – mas infelizmente celulares são mantidos em bolsos, o que pode atrapalhar na gravação da conversa. Um microfone externo disfarçado pode reduzir este problema.

Mantenha um diário do seu relacionamento

Quando usar isto: antes, durante e depois de se relacionar com uma mulher.

Isto pode ser muito útil em divórcios, separações e brigas domésticas.

Se você se encontrar numa guerrinha com sua mulher ou namorada, um mero diário com a história do seu relacionamento pode te salvar de ir para a cadeia. Um histórico anotado anteriormente pode revelar os motivos de um ataque aparentemente sem sentido de uma ex. Use um caderno que não seja aqueles de espirais, para não ter as páginas facilmente removidas por alguém inescrupuloso. Aliás, nunca arranque páginas de seu diário, pois isto pode ser usado contra você como manipulação e ocultação de fatos.

Faça backups importantes em mídias removíveis

Quando usar isto: o tempo todo.

Você é cuidadoso e se protege guardando provas como emails, mensagens de texto e gravações. Mas se você perde acesso ao pc que isto estava gravado de nada vai adiantar, não é?

Guarde estes arquivos numa mídia removível – e o guarde em um local separado.

Um disco rígido externo de alguns terabytes não custa mais que algumas centenas de reais.

Jamais compartilhe senhas de suas contas e mantenha seus dados e arquivos seguros

Quando usar isto: o tempo todo.

Este é um erro que é feito por muitas pessoas aparentemente inteligentes e é fácil de ser evitado só por entender a natureza de contas digitais. Por contas digitais estou falando de email, msn, indentidades online, internet banking, senha de cartão de crédito, contas do google e outras tantas.

Uma conta digital com um usuário e senha é uma identidade, e se são usuário e senha seus, então é SUA indentidade. Se sua mulher fosse pegar seu dinheiro no banco disfarçada de você seria um crime, mesmo com a sua autorização. Se você compartilha senhas, você está encorajando ela se passar por você. Mesmo num bom relacionamento, isto é uma péssima idéia. Sua identidade digital é sua identidade.

Não enteder este conceito simples pode levá-lo pra cadeia. Ou perder dinheiro, contrair dívidas e até mesmo perder suas posses.

Não compartilhe seu computador. Pode ser difícil isso. Muitos casais compartilham apenas um computador, na maioria das vezes. A resposta é contas separadas. Se você é dono da máquina – NÃO PERMITA que ninguém além de você tenha acesso as funções administrativas, um usuário com permissões básicas já é mais do que suficiente – e é mais do que e dou para aqueles que usam o meu computador.

E se você compartilha um pc com contas separadas, sempre dê log off quando se ausentar do computador por um tempo, e não compartilhe sua senha.

Se você acha exagero, pense neste cenário bem provável: sua namorada está nervosa contigo, ou está te trocando por outro, ou você está trocando ela, o que a faz ficar cheia de ressentimento e vingativa. Ela usa o seu pc, acessa algum site de pedofilia, baixa algum material ilegal e o deixa em alguma pasta do seu computador. Depois ela liga para a polícia e inventa que você batia nela. Enqaunto a políca está fazendo o BO, ela “sem querer” fala de seus estranhos hábitos pornográficos.

Agora você está ferrado, com uma bela acusação de agressão – e pior – e de pedofilia nas costas, porque você achava antes de se separar que um “relacionamento é feito sobre a confiança”. Na verdade é, mas se você tem isto em mente quando compartilha contas de usuáruo, bem, você está ferrado.

Ainda acha que compartilhar senhas não tem nada a ver?

Observem também que se seu pc é formatado em FAT32 você NÃO PODERÁ impedir os outros de acessarem suas coisas. O hd deve ser formatado em NTFS, pelo menos, já que ele tem uma gama bem maior de permissões que podem ser aplicadas aos arquivos, como quem pode acessá-los, modificá-los, apagá-los, etc.

Se você não sabe como fazer isto, pode pedir para algum técnico salvar todos os seus arquivos, formatar o pc novamente para NTFS e até pedir para ele já adicionar algumas permissões. E aprenda também a lidar com as permissões de arquivo do NTFS, há diversos guias por aí.

Caso ela venha questionar o porque disto, diga que o NTFS é um sistema de arquivos melhor, mais estável e mais rápido que o FAT32 (tudo verdadeiro). Você não tem que ficar falando os reais motivos disto e se ela tentar acessar informações protegidas, provavelmente ela não vai ficar reclamando que não conseguiu (e se assumir como bisbilhoteira).

Você também pode usar um disco/partição encriptado por programas como o TrueCrypt, que é um programa free e open source. Com este programa você pode ter 2 senhas diferentes, no caso de precisar “provar” que não há nada demais ali. Uma senha só irá liberar alguns arquivos que você deixar, e o outro irá liberar todo o resto que você quer proteger.

Mantenha senhas grandes, de 10 a 14 caracteres e usando caracteres diferentes. Uma frase como senha como “a aguia pousou” ou uma sigla como hdd@mrutc (hickory dickory dock…) é melhor que coisas que podem ser previsíveis, como p@$$w0rd. Uma palavra sem noção como 0rang3tlg3r também é algo interessante.

Outra idéia interessante é usar um sistema operacional portátil, como o Ubuntu, que pode ser instalado num Pendrive e ser carregado junto contigo. Ainda unindo as vantagens que você carrega o seu sistema aonde quer quer vá e não deixa traços no pc que você vai usar. É uma boa maneira de proteger seus dados e sua integridade.

Clique aqui para ler a última parte do artigo.

fonte: http://www.avoiceformen.com/mission-and-values/dont-get-fucked/

1 comentário

  1. Fernando

    Ótimas dicas para se proteger cada vez mais de falsas acusações contra homens nessa maldita sociedade misândrica,isso me faz lembrar de um fato que aconteceu comigo no meu trabalho onde uma mulher me acuso falsamente de agressão mais o que me salvo foi a gravação das câmeras da empresa que verificou que não houve agressão coisa nenhuma e o resultado foi que a vadia que me acusou injustamente foi punida por mentira.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: