«

»

dez 09 2011

EastEnders – A novela favorita das britânicas, saiba porque – Final

Caso não leu a 1ª parte, clique aqui.

(Obs: só relembrando antes que algum idiota pergunte, NÃO, EU SOU TOTALMENTE CONTRÁRIO À VIOLÊNCIA DOMÉSTICA, TANTO CONTRA HOMENS OU MULHERES. Mas não é porque você é contra algo que você não pode tocar no assunto ou tentar analisá-lo sob outra ótica)

por Angry Harry 

Agora , gostaria de colocar algumas notícias que irão ajudar a compreender melhor o que quis dizer no artigo anterior.

Veja também… “Uma exelente leitura para as mulheres” – Uma história de ficção científica onde um estado totalitário força mulheres a terem um sexo sem emoção com os homens e que aboliu a propriedade privada e os empregos deles está surgindo com um dos livros que muitas mulheres estão achando revelador.” 

Contos falsos sobre a miséria – O recente aumento no interesse de livros que relatam a miséria começaram com os livros escritos pelo americano Dave Pelzer iniciados em 1995, com “Uma criança chamada “Isto”. Sam Leith

Dado a grande quantidade de livros que ficaram exagerados, se não inteiramente ficcionais, deve-se perguntar uma coisa. Este é um gênero onde o fator principal de venda é a verdade contada pelo escritor; e parece que esta verdade está sendo abusada sem parar, e com resultados espetaculares.

Consumidores da miséria são mulheres – O que é realmente interessante é que 80 a 90% dos leitores deste tipo de literatura são mulheres, com a grande parte das vendas sendo feitas em supermercados. India Knight

A série britância “Coronation Street” é uma dos programas de tv mais assistidos de 2003, graças a sua história envolvendo um serial killer.

Claro. Pessoas realmente adoram entreter suas mentes com este tipo de coisa em suas novelas – especialmente as mulheres.

Elas amam isto!

Sim, sim. Homens também procuram violência em suas atrações. Guerra. Carnificina. Gangsters. Aventuras Espaciais. Cabeças explodindo. Corpos despedaçando. E muito mais. Mas quando o assunto é violência doméstica – o que mais tem nas novelas ultimamente – são as mulheres que não se fartam disto.

EastEnders domina por 3 anos seguidos na Premiação de Novelas Britânicas em Londres.

Alex Ferns ganhou dois prêmios, por sua interpretação do ESPANCADOR DE MULHERES Trevor Morgan, nas categorias Melhor Ator Iniciante e Vilão do Ano.

A BBC defendeu a exibição de cenas de sexo e violência no recente episódio de EastEnders, depois de mais de 250 pessoas protestarem.

Uma das razões principais pela qual eu odeio esta novela é porque acredito que a única maneira de nós termos uma sociedade mais decente é não ficar incentivando a desonestidade, agressão e a violência.

Mas esta novela faz com que seus heróis sejam justamente os ignorantes, desbocados e agressivos – que fazem drama por qualquer coisinha – assim fazendo que a hostilidade entre pessoas e a podridão de caráter seja algo “legal” – algo que influencia milhões e milhões de britânicos através dos anos.

E ver milhares de jovens de classe média que nunca estiveram nem perto da região onde a novela se passa querendo imitar os sotaque exagerado, o tom de voz beligerante e comportamentos agressivos dos personagens da EastEnders é algo extremamente depressivo.

As novelas estão criando “vadias juvenis”

Press Association – 16 de abril de 2004

Personagens caluniadoras e promíscuas nas novelas estão ajudando a criar um clima de “agressão e intimidação”, um especialista afirma.

Drª Sarah Coyne acredita que programas como Emmerdale e EastEnders poderiam criar uma cultura de desonestidade, especialmente entre os jovens mais influenciáveis. Ela está desenvolvendo um estudo que demonstra que aparentemente crianças e jovens são fortemente influenciados por cenas de agressão na tv.

Tantos atos físicos ou verbais incentivam a “agressão indireta” em jovens de 11 a 14 anos. Outro estudo da Drª Coyne que episódios de desentendimentos – como comentários maliciosos, fofocas maldosas e outras calúnias – são destaque principal nas 29 novelas e sit-coms que são exibidas na televisão britânica.

Um estudo cobrindo 250 horas de programação de tv mostram que 92% dos programas continham traços de “agressão indireta”. Em 60% deles, era uma personagem feminina que exibia tal comportamento. Geralmente ela era atraente e era recompensada ou perdoada por tal ato.

Emmerdale, EastEnders e Coronation Street eram as novelas mais agressivas, mostrando cenas “vadias” a taxa de 14 a 15 por hora.

Em contraste, as novelas australianas Home and Away e Neighbours eram muito mais tranquilas, com apenas 4 ou 5 casos de agressão indireta por hora.

A draª Coyne, da Universidade de Lancashire Central em Preston, diz: “é claro, espalhar uma fofoca sobre alguém não é tão sério quanto explodir a cabeça de uma pessoa, mas as intimidações e as cicatrizes que isto pode deixar em inúmeras vidas são preocupantes.”

“Acredito que se a TV está promovendo tais efeitos em alguém isto deve ser investigado melhor. Isto cria um clima de intimidação e agressão.”

Fantasias femininas – 20 anos atrás, no livro o Jardim Secreto, ela descoriu as fantasias mais comuns entre as mulheres: 1 – Ser pega por um “estranho sem rosto” 2 – Fazer sexo em público (exibicionismo) 3 – Estupro ou “não fique aí parado, me ataque!” 4 – Dor e masoquismo, ou “ai, não para!” 5 – Dominação ou “que vergonha… obrigado!” 6 – A sexualidade do terror ou “socorro, estou fora de controle… graças a deus!” – A emoção do proibido/tabu ou “não, não devemos… aqui, deixe-me ajudar!” (o link aparentemente saiu do ar)

19/05/2002

Reino Unido – Porque tantas GAROTAS estão se cortando? O hábito de se cortar pode ser, como uma enfermeira de uma escola nos disse, “viciante”. Margot Waddell da Clínica de Tavistock, autora de “Inside Lives”, um livro sobre a adolescência, dizem que há “incentivos à auto mutilação” e “incentivos à anorexia” tão fortes que a tendência é a imitação deste comportamento. E Sue Sherwin-White, uma terapeuta que estuda o fenômeno, concorda: “Em algumas escolas, É LEGAL, EXCITANTE e até mesmo gera um espírito de competição – e com a vantagem de chocar também professores e pais. Nicci Gerrard

Isto deve acontecer porque estas jovens ainda não tem idade suficiente para provocar outros a “abusá-las”!

O jeito politicamente correto de descrever a necessidade feminina de ser abusada é falar que elas estão “implorando por ajuda”. A verdade é que elas manipulam os outros ao seu redor com lamentos de “coitadinha”.

E estas jovens que se auto mutilam ou ficam anoréxicas estão praticando uma forma de manipulação para que os outros as vejam como vítimas.

Resumindo, elas estão simplesmente se preparando para o comportamento padrão da mulher ocidental.

24/05/2003

As mulheres amam Scott Peterson – E sobre o caso Peterson, elas esquecem as evidências reveladoras do assasinato de sua esposa. E mesmo assim ele recebe dezenas de cartas de amor, cartões e flores todos os dias de mulheres de todo o país que desejam se casar com e ter um filho com ele porque ele é bonitão. Angela Fiori
(NT: Scott Peterson assasinou sua esposa grávida em 2002 e seu caso ganhou bastante atenção da mídia americana. Mais informações aqui:http://en.wikipedia.org/wiki/Scott_Peterson)

30/07/2003

Mulheres amam assasinos – Theresa Olson, uma advogada que admitiu ter relações sexuais com um cliente na sala de conferência da prisão, concordou em ser suspensa por um ano, seguida de um ano de liberdade vigiada, diz a Associação Prisional do estado de Washington. … ele viu Theresa Olson mantendo relações sexuais com Sebastian Burns, preso por 3 assasinatos em 1994. (link fora do ar)

22/06/2005

“Gangbangs” – uma mulher de 44 anos que é conhecida na Tribo pelo nome de Harriet (ela se recusa a dizer o nome real), descobriu que muitas mulheres que ela conhece tem fantasias secretas sobre serem estupradas por um grupo de homens. Mas como o tema é tabu, elas raramente falam sobre isto.

O prazer do “Abuso” – se você me perguntar, esta recente fascinação com o gênero do voyerismo e da pornografia, em que cada livro ganha força quando tem cada vez mais detalhes excitantes e grotescos. Sue William Silverman exemplifica “Porque eu lembro do terror, pai, eu lembro de você”, que recebeu 5 estrelas nas análises do site Amazon.com, com diversos elogios por seus relatos “gráficos sobre o abuso sexual”. – Alexandra Jackson

fonte:http://www.angryharry.com/esEastendersTheUKwomansFAVOURITEsoapopera.htm

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: