«

»

dez 08 2011

Auto controle – Uma qualidade masculina

por The-Spearhead 

Tempos atrás, uma feminista que conheço veio contestar quem era contra o aborto em seu blog: “O que as mulheres que não desejam ter filhos devem fazer? Não abrir as pernas?” perguntava ela sarcasticamente.

Sim, porque não? Até as pedras sabem que se elas mantiverem suas pernas fechadas elas não engravidarão. E é precisamente esta mentalidade que tem os homens que negam uma transa mesmo quando já estão nas preliminares . Porque isto pode ser considerada algo tão absurdo?

Mas infelizmente é. Pois assim está dizendo que uma mulher também não poderia abandonar sua família por causa de um amante cafajeste. Feministas acham que se uma mulher está excitada, ela perde o controle. Suas roupas evaporam e suas pernas se abrem automaticamente. Se ela é casada, suas pernas, sem o controle da mulher, as levam até a cama do Ricardão e ainda agarram metade dos bens do antigo marido, sem ela ter o controle. Quando elas ficam molhadinhas, ela só pode seguir o que a vagina manda! Esperar que elas ajam feito gente quando elas estão exitadas é um absurdo!

Criminosas também não podem sair da vida do crime sozinhas. Uma mulher que faz falsas acusações de estupro é “alguém que precisa de ajuda”. Se 9 a cada dez incidentes de abuso infantil feitos por mulheres casadas com militares acontecem enquanto o marido está servindo, não é porque a mulher é menos moral, mas porque “mulheres deveriam ter mais apoio dos parentes”. Algum tempo atrás uma jovem incendiou uma igreja com 50 pessoas dentro. Mas é claro, não era culpa dela: “os bombeiros dizem que o objetivo é certificar que a jovem receba aconselhamento, e não uma punição”. Se uma mulher faz coisas más, é culpa de alguém que não a “ajudou” e “deu suporte” o suficiente.

Esta é a base da teoria feminista: mulheres nunca são responsáveis por seus atos, então os homens e as crianças ao redor delas tem que se precaver contra qualquer loucura que venha dela, como abortos, ataques físicos, empobrecimento por causa de ações injustas de divórcio, etc – e protegê-las de suas próprias ações.

E claro, feministas acham que homens tem auto controle ilimitado. As leis de estupro, por exemplo, dizem que ter relações sexuais com uma mulher alcoolizada é estupro, mesmo se ela já estava bêbada antes de se encontrar com o estuprador. E não há alívio na pena se o homem estava bêbado também. Então, é reconhecido legalmente que mulher não tem o mínimo auto controle quando bebem ou talvez as leis reconheçam que elas são tão estúpidas que não percebem que se elas continuarem a encher a cara isto vai prejudicar o julgamento delas, mas um homem na mesma situação tem que manter seu discernimento para poder descobrir se a mulher que está se jogando nele está bêbada ou não.

Quando postei um tempo atrás o quanto mulheres se veem no direito de provocar alguém além dos limites uma feminista comentou: “não se pode aliviar a barra de alguém que agrediu o parceiro (a não ser que seja por legítima defesa). Você não pode fazer alguém “ficar nervoso o suficiente” … para bater. Adultos são responsáveis por ter controle de seus atos e se eles escolhem agir violentamente, ele fez esta ESCOLHA e se ele fez tal escolha, merece uma punição. Basicamente você diz que “garotos agirão como garotos” é uma grande besteira.”

Veja que a comentarista não fez nenhuma menção que Katherine Hepburn deveria ter controlado seus modos e não ter destruído a propriedade de Cary Grant. Auto controle é coisa de homem!

Homens, pelo jeito, tem que suportar toda a sorte de provocação, traições e abusos sem nem ao menos piscar. Mulheres, ao contrário, estão tão a mercê de seus impulsos que podem matar seus próprios filhos se assim der na telha, ter outras pessoas presas por não ter cuidado da princezinha enquanto ela estava bêbada e ser aconselhada ao invés de ser punida se elas cometem algum crime em que outras pessoas são feridas ou até mesmo mortas.

As feministas acreditam que os homens tem infinitamente mais auto controle do que as mulheres. Para a sorte delas, estão certas.

fonte: http://www.the-spearhead.com/2009/10/21/self-control-a-masculine-quality/

 

 

3 comentários

  1. DEATH ADDER

    ser humano é basicamente um vampiro psicológico. ter autocontrole é o maior desafio da minha vida, espero chegar la algum dia, pois nunca tive vida social nem relacionamento, não tenho habilidade de conversas coisas do tipo.

    1. Barãozin

      Procure ajuda profissional.

      Uma sugestão por onde começar: http://canal.bufalo.info/2015/09/ansiedade-antecipatoria/

  2. Estragado HR

    A cada dia que passa, a mulheres modernas se aproximam mais de uma existência irracional e amoral. Sofrem extrema aversão a responsabilidade.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: