«

»

dez 06 2011

Acusadora de Strauss Kahn tem sua história desmontada por investigação

por The-Spearhead

De acordo com o New York Times, os investigadores do caso Strauss Kahn descobriram sérias inconsistências nas acusações de estupro contra ele. A acusadora Nafissatou Diallo supostamente mentiu repetidamente, e a justiça não estão acreditando mais em sua história. Para complicar ainda mais o caso, a srta Diallo tem problemas com a imigração e pode estar ligada ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Os advogados já estão discutindo a possibilidade de retirar as acusações, o que poderia fechar o caso.

Felizmente para Strauss Kahn, a investigação de seu caso foi feita com muito esmero, o que nem sempre acontece. Dado os julgamentos mal feitos baseadas em acusações falsas acontecidos nos EUA nos últimos anos que colocou tantos homens inocentes atrás das grades, podemos pensar se um Zé Ninguém teria a mesma chance de virar o jogo.

Também, tirando o fato que o criminoso neste caso é mais vítima que a acusadora, a imposição do anonimato de Diallo faz pouco sentido. Acusações falsas de estupro estão ficando tão comuns nos EUA que a única coisa que talvez pode desencorajá-las é a exposição total da falsa acusadora ao público. O anonimato para acusadores é uma relíquia dos tempos em que a virgindade era esperada antes do casamento, e deve ser repensada para prevenir acusações espúrias, como já acontece em todas as outras acusações criminais.

Se provarem que a srta. Diallo fez tal acusações com intenções maliciosas, esta mulher deve receber todo o peso da lei, e ser deportada por isto.

fonte: http://www.the-spearhead.com/2011/06/30/strauss-kahn-accuser-story-disintegrating-under-scrutiny/

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: