«

»

dez 09 2011

A igualdade entre homens e mulheres não é possível – Final

Caso não leu a 1ª parte, clique aqui.

por Angry Harry 

Se algum dia os homens tiverem que cuidar de casa e das crianças, as feministas magicamente irão descobrir que cuidar da casa não é opressão, mas um prazer!

Se algum dia os homens tiverem que cuidar de casa e das crianças, as feministas magicamente irão descobrir que cuidar da casa não é opressão, mas um prazer!

“Isto é ridículo”, elas diriam, “estas pobres mulheres estão trabalhando enquanto os homens ficam em casa vendo TV e na maior tranquilidade com seus filhos!”

Acho que você já entendeu como funciona a cabeça dessas malucas. Elas são movidas pelo ódio ao homem. Este ódio é a única coisa que as une e a única explicação plausível que explica o que elas dizem, pensam e fazem.

Por exemplo, num discurso Hillary Clinton numa conferência de violência doméstica em San Salvador, ela diz:

“Mulheres sempre são as principais vítimas numa guerra. Elas perdem seus maridos, pais e seus filhos em combate…”

Mas se no caso de mais mulheres do que homens fossem as casualidades de uma guerra, será que Hillary Clinton falaria que os homens é que seriam as principaisvítimas numa guerra?

Claro que não.

Ela iria enfatizar o grande número de mulheres mortas em combate, fariam uma musiquinha e dançaria em homenagem a elas.

Estas feministas misândricas sempre acharão um jeito de promover o ódio contra os homens, não importa a situação. Não importa se é porque eles ganham mais ou se eles morrem mais, estas monstrengas usarão qualquer diferença que elas tenham e mãos para propagar o ódio contra o masculino.

Assim, se uma mulher matou seu parceiro, era porque ele era violento. Mas se foi ele quem a matou, é porque ele também era violento.

E mesmo se a maioria dos divórcios iniciam por iniciativa da mulher, a mensagem que a mídia e os políticos passam é que os homens é que estão abandonando a família . Mas se fossem mais homens que iniciassem os divórcios, seria dito também que é eles que estão abandonando suas famílias.

Se garotos se saem melhor que as meninas nas escolas, irão dizer que há preconceito contra elas no sistema educacional. Se forem as meninas a se saírem melhor, será dito que é proque elas são mais inteligentes ou mais esforçadas.

Feministas sempre irão arrumar um jeito de demonizar e rebaixar os homens.

E isto basicamente por duas razões.

Primeiro porque a grande maioria das feministas são mulheres com disfunções psicológicas ou mesmo lésbicas misândricas. E nos dois casos, é só analisar o discurso delas e o seu histórico que elas DETESTAM homens – em alguns casos, talvez  por causa de sua experiência com eles podem ser a justificativa.

(Notem bem que não tenho nada contra lésbicas ou o lesbianismo. Ao contrário: acredito que a intimidade entre duas pessoas é algo bom e ninguém tem nada o que fuçar nos assuntos pessoais dos outros.)

E segundo, agora temos bilhões de dólares, impérios inteiros e milhões de empregos que dependem da idéia que mulheres precisam de ser defendidas dos homens de alguma forma. E as feministas (juntas com muitos outros) só poderão manter estes privilégios por criar continuadamente o ódio – e o medo – contra os homens.

Finalmente, vale enfatizar que você nunca irá alcançar a “igualdade” entre duas coisas que não são iguais por definição. Por exemplo, você pode ter igualdade entre “pessoas”, mas não entre “homens” e “mulheres”.

E não há um jeito de se criar igualdade entre homens e mulheres a não ser que não seja feita nenhuma distinção entre homens e mulheres.

Declaração Idiota de Alerta

“Igualdade de oportunidade é fácil de se obter.”

Sério?

Tente falar isto para jovens negros de guetos e vejam o quão “iguais” são as “oportunidades” deles comparados com aqueles que vivem em bairros nobres e que foram educados em escolas de elite.

Tente dizer isto para a mulherzinha atarracada que quer se tonar uma dançarina de balé.

Tente falar isto para garotos que tem sua educação prejudicada para poder direcionar mais recursos para as garotas e muitas vezes saem da escola sem nem saber ler direito.

Ah é. Igualdade de oportunidades é algo tããããão fácil de ter!

De fato. É só gastar bilhões e bilhões de dólares para poder ter esta igualdade, e gastar zilhões de horas em discussões sobre como alcançar a igualdade, e gastar mais de 30 anos de propaganda incessante sobre “igualdade de oportunidade” que jamais serão realizados, não é?

Assim, a noção de ser algo “fácil de se obter” é risível. Para dizer o mínimo.

Na verdade, levar o homem à lua, desvendar o genoma humano, contruir os mais complexos supercomputadores e tecnologias, e talvez até mesmo a geração artificial de vida, parece muito mais fácil!

Então, porque a igualdade é tão difícil de ser alcançada? Dei a resposta lá em cima.

É impossível ter igualdade entre duas coisas que não são fundamentalmente iguais!

E a inútil procura por uma solução deste problema é gerada principalmente por mulheres extremamente amarguradas que dependem de gerar o ódio contra os homens para ganhar seu dinheiro.

De fato, a maioria das feministas querem mesmo que esta guerra de gêneros seja eterna. Sem esta guerra, elas iriam evaporar, porque não teria razão delas existirem. Feministas e grupos de defesa das mulheres precisam de manter esta guerra de gêneros para garantir seu ganha pão, e é claro para manter sua posição de poder. E com mais poder, recursos e pessoal que eles querem ter, mais e mais guerra entre gêneros eles tem que fomentar.

Na verdade, qualquer coisa que mine – ou que gere insegurança – as relações heterossexuais é algo que as feministas sempre encorajarão e darão suporte.

Qualquer coisa que promova o casamento homossexual (para minar o casamento tradicional), tirar mulheres do mercado de trabalho, pagando elas com bolsas governamentais para encorajarem elas a largarem seus maridos, sempre estimulando elas a acharem que estão sendo abusadas de algum jeito e a acusarem seus parceiros de alguma coisa para eles terem que pagar pensões injustas, demonizando os homens, encorajando o lesbianismo, o objetivo é o mesmo. Atrapalhar o máximo possível que homens e mulheres tenham relações estáveis. Inutilizar o homem nestes relacionamentos o máximo possível e se assegurar que se o relacionamento acabar, o homem que tenha que pagar por tudo.

Concluindo: feminismo não tem nada a ver com igualdade. É sobre impor o ódio contra o masculino; não importando se este ódio é justificado ou não.

E por causa que a “igualdade” jamais pode ser alcançada, esta imposição de ódio ao masculino só irá continuar; a não ser que as feministas sejam desmascaradas e seja exposto todo o mal que elas provocam.

E se você parar para ver a motivação dessas feministas e outros grupos semelhantes, verá que apenas uma emoção as une – um forte ódio e o desejo de infligir o máximo de dano aos homens.

E você nem precisa analisar o movimento feminista todo para perceber isto. Apenas reflita: “o que eu faria se eu odiasse algo e desejasse espalhar este ódio por aí?”. E a sua resposta provavelmente seria semelhante ao que muitas feministas já dizem atualmente.

Finalmente, dê uma olhada neste pequeno artigo para ver os “benefícios” que o feminismo tras para as sociedades: Os Benefícios do Feminismo. Não precisa ser muito esperto para ligar os pontos por si mesmo.

Onde está a igualdade nisto?

Resumindo: O feminismo ganhou força ao seguir uma estratégia muito simples.

Alegar (geralmente com mentiras) que achou alguma diferença entre homens e mulheres, e fazer um grande barulho por causa disso tudo.

Se homens ganham mais, alegue que mulheres são discriminadas por ganharem menos.

Se elas é que ganham mais, alegue que elas estão sendo passadas para trás porque elas pagam mais impostos.

Se homens morrem mais, alegue que as verdadeiras vítimas são as mulheres que sobreviveram sem nenhum arranhão.

Se forem mulheres que morrerem mais, alegue que as mulheres que é que são as vítimas.
Continue inflando as massas com a histeria e a raiva – por anos a fio – sobre qualquerdiferença entre os sexos que você encontrar ou inventar simplesmente para promover o ódio ao masculino e assim atraindo o apoio de milhões de mulheres.

Minta, exagere, engane e distorça o quanto puder para maximizar os efeitos.

Então sente na sua poltrona e aproveite todo o poder e os recursos que virão disso tudo – assim como todos os inúmeros brindes gerados pela desarmonia social entre homens e mulheres que foi causada por isso tudo.

E é claro, as feministas e seus cãezinnhos amestrados (NT: manginas e homens feministas, ou seja, meros “companheiros de viagem” que poderão ser descartados quando suas funções cessarem) jamais irão parar de fazer tudo isso.

Porque eles iriam parar? Todo mundo ali sai ganhando!

Tudo porque a igualdade é algo impossível de ser conquistado, e assim será no futuro e para sempre.

A não ser que eles sejam impedidos.

Finalmente…

“Homens ocidentais morrem em média 5 anos antes do que as mulheres. Eles sofrem mais de doenças do que elas. E mesmo assim, muito mais recursos são investidos pelo governo na saúde da mulher do que na saúde do homem.

Atualmente os homens também estão sofrendo desvantagens em sua educação em comparação com as mulheres; com o currículo, os métodos de ensiono e os recursos sendo utilizados para poder atrair muito mais o público feminino do que os homens.

Homens compõem 80% dos desabrigados. Eles estão cada vez mais dependentes do governo. Há muitas vezes mais homens sendo presos e sofrendo punições injustas. Há 5 vezes mais chances deles perderem seus filhos quando eles se separam, 4 vezes mais chances deles perderem suas casas, 4 vezes mais chances de cometerem suicídio, 20 vezes mais chances de morrerem ou sofrerem alguma lesão no trabalho, 20 vezes mais chances de serem presos e provavelmente 100 vezes mais chances de serem ridicularizados, denegridos e humilhados pela grande mídia.

Homens também pagam muito mais impostos do que mulheres mas recebem bem menos benefícios do que elas do governo.

Resumindo, comparado às mulheres, homens estão com uma grande desvantagem quando o assunto é saúde, expectativa de vida, guarda das crianças, pagamento de impostos, na lei, no sistema de apoio governamental e até mesmo quanto a segurança pessoal.

Também estão sofrendo preconceito pesado no ambiente de trabalho.

Então, como é possível que as mulheres serem mais “oprimidas” que os homens?

Em quais áreas?

Onde?

fonte: http://www.angryharry.com/esEqualityNotAchievable.htm

2 comentários

  1. Interessado

    Maravilhoso o texto. Parabéns Barão e Angry Harry. E como nosso amigo aí em cima disse. Temos que escrachar esta contra-cultura que, a despeito de tão pouco tempo introduzida na sociedade ocidental. Já gerou muitas feridas irreversíveis em muita gente. Especialmente homens. Homens que só queriam ser felizes. Mas acabaram esbarrando e sendo vencidos pelo ódio desses segmentos sociais. Feministas, marxistas, anti-racistas, anti-homofobicos. Todos bebendo do mesmo pote. Sangue inocente alimentando a todos eles. PORCOS. Foram homens que deram tamanho poder a estes crápulas. Podem ser manginas, afemindaos, ou o escambau. Mas foram os homens. Ou seja, sem nós, não seriam nada. Eu lembro que este tipo de discurso começava na escola: ” Atrás de um grande homem sempre tem uma grande mulher.” Até quando se referiam a grandes cientistas. Ao próprio Einstein, que tratava a mulher dele como uma cadela. E que fez um belo papel por sinal. Tanto em prol da Ciência quanto pela moral.

  2. andre

    MAS ESSA FILOSOFIA FEMINISTA ESTA COM SUAS ESTRUTURAS RACHADAS, O NOVO HOMEM ESTA SURGINDO O GUERREIRO DA REAL O DESBRAVADOR. ALGUEM AI ACHA A DILMA GOSTOSA OU A ANA MARIA BRAGA OU OUTRA FODONA. MULHER TEM UMA PODEROSA ARMA QUE SE CHAMA JUVENTUDE APOS OS 30 QUAL VANTAGEM QUE ELA POSSUI?
    ATE UM CHIPANZE COM MAL DE ALZEIMER CONSEGUE SER CHEFE D E ALGUMA COISA POIS O CONFORTO QUE O MUNDO POSSUI QUEM CRIOU FOOI OS HOMENS É SO TER UMA GUERRA GLOBAL E A HUMANIDADE SE AFOGAR EM UM CAOS QUE AS FEMINISTAS MELAN A CALCINHA DE MERDA…
    QUEM ALIMENTA O F EMINISMO É O MANGINISMO.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: