«

»

nov 29 2011

Taxa de suicídos no mundo

Olhando a Wikipédia hoje, me deparei com este artigo, com alguns dados bem interessantes:

http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_countries_by_suicide_rate

No quadro, é mostrado as taxas de suicído em 106 países. As informações estão defasadas, mas mesmo assim algo interessante a notar é sempre a tendência da taxa de suicído masculino ser bem maior que a de suicídios femininos. Essa vai pra quem fala que ser homem é algo fácil…

Uma pena que é praticamente impossível ter estatísticas definindo a causa dos suicídios. Algo me diz que um dos principais motivos (se não a principal) seriam as desilusões amorosas, ou seja, o lado mais perverso da “matrix” em ação. É por essas e outras que devemos ser gratos por saber como o mito do amor romântico pode ser algo perigoso.

Cuidado para não cair de volta na matrix, senhores leitores!

Taxa de suicídios pelo mundo - os países em tons mais escuros são onde as taxas são maiores (Clique na imagem para aumenta-la)

2 comentários

  1. Ricardo D

    Pelas taxas de suicídio conforme o gênero, percebe-se que os homens se matam muito mais que as mulheres. Mesmo nos países muçulmanos, embora a desproporção seja menor. O único índice com um país em que suicidam mais mulheres que homens, São Tomé e Príncipe, são de 1987 e não confiável.
    Também é possível se verificar que lugares frios são mais propensos ao suicídio. Um homem sozinho em uma noite gelada tem uma chance maior de se matar que uma mulher nas mesmas condições.

  2. andre

    tbem acho que o maior causador seja decepções amorosas , o mito do amor romantico a visão da pureza feminina tudo isso é doença.
    4 casos de suicidios na minha cidade 03 eram por questões amorosas.
    é como digo o homem moderno é programado a ser fragil docil cor – de –
    rosa, tem homem que ao ver um revolver 38 é capaz de ter um infarto d e tão bixesco é o coitado, tem cara que aguenta firme a morte d e um filho da sua mãe, do seu pai, mas não aguenta uma decpção amorosa.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: