«

»

nov 30 2011

Sobre Problemas

por Oddy

Você provavelmente já depositou algum problema da sua vida na vilania de um outro ser ou objeto, tornando este o responsável pelo rolo compressor que destrói tudo aquilo que você poderia chamar de vidinha perfeita. Tudo bem, isso é perfeitamente normal. Faz parte da natureza humana polarizar os seres de seu ambiente como algo vil ou divino. E o Vil como sempre o legitimo culpado de não só a sua vidinha medíocre, mas como o aquecimento global e a pesca predatória de baleias.

Mas se você quer realmente resolver seus problemas, eu aconselho que você vá contra sua própria natureza. Fazendo o quê? A única coisa que lhe resta fazer:Arcando a culpa por TODAS as coisas que te acontecem de errado.

E eu vou explicar o motivo: Culpar o mundo exterior como responsável pela sua vidinha miserável é a atitude mais infantil e ineficaz que pode existir em um homem.

Nos 200.000 anos de evolução do homem apenas os mais adaptados a luta pela sobrevivência foram os responsáveis pela perpetuação dos seus genes. Isso significa que você HOMEM, possui em cada um dos seus genes uma arma preparada para combate, caça, luta e conquista. Não falo isso para tentar te deixar animadinho. Isso é um fato.

Se você já entrou em alguma crise existencial de adolescente, já deve ter percebido que a única coisa que nos mantém em sanidade mental não é o questionamento da vida em si. Nem a contemplação por coisas babacas, como uma flor de girassol. Mas o foco em resolver PROBLEMAS. Já procurou alguma vez fazer alguma atividade de grande esforço físico ou mental? Tente se lembrar de como foi. E o que você estava pensando naquele momento. Provavelmente não foi capaz de lembrar.

E eu digo com toda firmeza, aquele foi o momento em que toda aquela psicologia barata sobre dominar seus sentimentos para ser feliz foi por água abaixo. Naquele momento você não estava feliz, você não estava triste, você não estava angustiado, você não pensava na namorada que te trocou por um cafajeste. Nada te atrapalharia, a não ser uma insuficiência cardíaca.Naquele momento você estava cumprindo a atividade que foi arcada aos seus antepassados masculinos barbudos e poucos civilizados.

Você estava resolvendo problemas. E a recompensa mental que o cérebro devolve ao homem que pratica tal atividade é um estado zen onde nada existe a não ser o seu próprio objetivo.

E é por esse exato motivo que devemos encarar os desafios da vida como uma oportunidade de manter a nossa sanidade mental. Resolver problemas é o que nos torna vivos. Então se levante e vá resolver seus problemas. A sua vida deve estar cheia deles, como todo mundo.

3 comentários

  1. Danilo Felipe

    Percebi isso recentemente, no meu trabalho quando eu realizo uma tarefa maior que exige um pouco mais de esforço e de concentração no processo os pensamentos fluem numa energia boa o que da aquela sensação de vida.

  2. koem

    “Já procurou alguma vez fazer alguma atividade de grande esforço físico ou mental? Tente se lembrar de como foi.” cara,pior que é verdade…..eu pratico kung fu tradicional e a condiçao fisica e psicologica exigida é insana! Mas,é uma das coisas que eu mais amo e se deus quiser eu vou morrer fazendo isso….

  3. Ricardo

    Muito bom texto. Realmente, esse é o espírito da Real. Na verdade não tem muito a ver com as mulheres, que são apenas seres cheios de defeitos como nós, só que mais manipuláveis; nossa maior questão é a masculinidade a ser resgatada mesmo.

Deixe uma resposta

Switch to mobile version
%d blogueiros gostam disto: